terça-feira, maio 07, 2013

Eu Li: Um Ano Inesquecível - Ronald Anthony


Título:
Um Ano Inesquecível
Autor:
Ronald Anthony
Editora:
Novo Conceito
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

Você acredita que o amor pode durar para sempre? Jesse Sienna não. O casamento de seus próprios pais era respeitável mas sem paixão; e sua própria história romântica indica que o amor queima ardentemente antes de desaparecer por completo. Então, quando seu pai, Mickey, muda-se para sua casa e parece não compreender o relacionamento superficial de Jesse com sua atual namorada, mas Jesse não lhe dá atenção.
É apenas um exemplo do quão diferente eles são e fica mais evidente que ele e seu pai nunca terão uma ligação mais profunda.
Mas a verdade é que Mickey Sienna conhece mais sobre amor do que a maioria das pessoas conseguem aprender na vida toda.
Há mais de cinquenta anos, ele encontrou o amor mais verdadeiro que a vida pode oferecer. Ele sabe das infinitas recompensas de investir seu coração e sua alma em alguém... E conhece o prejuízo devastador de deixar esse alguém perfeito escapar.
Quando Mickey percebe que Jesse não está dando valor a uma mulher extraordinária, decide que é hora de contar a história que nunca contou para nenhum de seus filhos a Jesse. Durante os meses seguintes, Mickey mostra seus momentos mais particulares e felizes para seu filho... e muda a percepção de Jesse em relação ao amor e as possibilidades de um relacionamento duradouro para sempre.


Sabe quando você olha para o livro e apenas respira fundo com o pensamento "e lá vamos nós..."? Então, "Um ano inesquecível" a priori entrou nessa categoria, mas deu uma reviravolta em poucas páginas. Foi realmente uma surpresa agradável. O livro tem personagens legais, um teor narrativo fácil e fluído e uma boa história. 

Mickey tem 83 anos e vive só em sua casa, depois da morte de sua esposa. Depois de um acidente doméstico, ele vai morar com Jesse, seu filho caçula, (contra sua vontade, claro) para evitar mais preocupações. 

As diferenças entre Mickey e Jesse sempre foram gritantes. Eles nunca se relacionaram muito bem, e Jesse sempre foi o ~excluído~ da família, mas ao conviver com Jesse mais intimamente, Mickey começa a conhecer coisas novas no filho; inclusive pontos em comum. Principalmente, quando ele conhece Marina, namorada de Jesse. Mickey vê algo especial nela. Neles. Mas parece que Jesse está com medo de se comprometer. Então, seu pai vai lhe contar uma história, que mudará toda sua perspectiva. 

"Um ano inesquecível" é uma história de amor no presente com flash vívidos do passado. A história de Mickey é interessante, por não ser obvia e é realmente cativante. Paralelo à isso, a história de Jesse e Marina também chama atenção. Deve constar que achei a história de Mickey um pouco moderna demais para os anos 40, mas posso estar enganada (não seria a primeira vez). 

Por mais que o livo tenha um ar clichê, a história foge das fórmulas feitas. É um livro fácil, leve e rápido, e quem curte romance deve gostar. A narrativa é dividida por Mickey e Jesse, em 3° e 1° pessoa respectivamente, o que também achei atípico, mas até que deu certo na história. Os românticos de plantão podem chegar, pois "Um ano inesquecível" é para vocês.

"... Se tiver sorte, vai ser abençoado com um grande amor na vida, uma pessoa que torne o mundo completamente diferente para você (...)"




Fernanda Karen Estudante de Serviço Social com o coração no curso de Letras. Apaixonada por séries, dramas e café. Bookaholic irrecuperável e promiscua literária. Eventualmente estou trocando um de meus rins por livros muito desejados. (Qualquer coisa é só entrar em contato). Amo YA, ficção-fantasia, clássicos (brasileiros, portugueses, ingleses, latinos etc), chick-lits... Perceberam que meu preconceito literário é zero? Ops, quase zero; não leio auto-ajuda.

5 comentários:

  1. Oi, tudo bom?
    Passando para deixar um comentário rsrs
    Ai meu deus , essa resenha
    ta ótima ..
    Adorei a capa :]
    Beijos*-*
    Território das garotas
    http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu, como uma boa leitora de romance, me interessei pelo livro!

    Ana.

    http://umlivroenadamais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Já faz um tempo que tenho o livro mas ainda não li. Passo outros na frente e ele vaia ficando. Mesmo com esse ar clichê, às vezes é bom ler algo nesse estilo, até para dar uma mudada de ares na leitura. Vou tentar ler em breve.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Primeiramente parabéns pela resenha! Bem, essa capa não me atrai muito, para ser sincero eu não achei não de especial, mas pela resenha eu gostei da historia e eu acho que o livro é bom. Pois ele fala da relação de pai e filho, e esse tipo de historia sempre me atrai, não gosto de coisa muito sobrenatural não, gosto de livros assim mais puxada para realidade.

    ResponderExcluir

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo