Eu Li: O Duque e Eu - Julia Quinn


Título:
O Duque e Eu
Autora:
Julia Quinn
Editora:
Arqueiro
Onde Comprar:

Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo.
Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta.
Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.

Os romances de época têm um lugar especial no meu coração. Sempre admirei a atmosfera em que são construídos, com aqueles vestidos enormes e armados, com seus bailes e carruagens, e com seus romances lindos, onde casamentos são para sempre e, apesar de sua inocência, as protagonistas têm personalidades um tanto incomuns para a época, entre tantas outras coisas. Esse tipo de romance é cativante, e tão lindo que é difícil desagradar ao leitor. 

Em O Duque e Eu não é diferente. Como a estória deles poderia ser ruim? Como a personalidade de Daphne unida aos problemas de Simon poderia dar errado? Daphne sonha em ter uma família grande com muitos filhos, mas sua personalidade amiga não está ajudando-a a atrair os melhores partidos. Talvez fingir estar sendo cortejada por um duque seja a solução, mas se apaixonar por esse duque definitivamente não, principalmente por que ele não pretende se casar, muito menos ter filhos. E Simon por mais que esteja atraído por Daphne, não arruinaria a vida dela ao lhe oferecer menos do que ela deseja. Muito nobre, não é? 

Como ninguém manda no coração, em meio aos comentários maliciosos de Lady Whistledown, uma figura anônima que utiliza um jornal próprio para falar da vida alheia e aos ciúmes dos irmãos mais velhos de Daphne (três irmãos! Imaginem a confusão!), Simon e Daphne acabam dominados pela atração e sentimentos que surgem. 

É um livro lindo, com direito a muitos suspiros, e engraçado também. Os comentários de Lady Whistledown, que abrem cada capítulo do livro, são bem afiados e adequados ao momento da estória. Não pude deixar de dar risadas com alguns deles. E pelo que eu li na internet, esse tipo de humor é uma característica dos livros da Julia, o que só me faz acreditar que eu vou adorar todos os livros dela! Não são todos que conseguem unir humor, romance e cenas eróticas em um único livro de uma forma tão perfeita assim.

- Você pensava em mim? - perguntou Daphne num arquejo, sentindo o corpo se excitar com essa ideia. - Pensava nisto?
A mão que segurava seus quadris apertou mais.
- Todas as noites. Sempre antes de dormir, até minha pele começar a queimar e meu corpo implorar por alívio.

Daphne sentiu as pernas fraquejarem, mas ele a sustentou.

- E depois, quando eu caía no sono...- Sua boca foi até o pescoço dela, acariciando-o não só com os lábios, mas também com os arquejos. - Era aí que eu ficava realmente safado.

Daphne deixou escapar um gemido estrangulado, incoerente e cheio de desejo. 

E o romance me deixou dando suspiros por um dia inteiro, apesar de ter começado e terminado o livro durante a espera de uma consulta médica. Foram umas duas horas de espera, durante as quais eu mergulhei totalmente no romance dos dois. E que romance lindo! Eu amei acompanhar o sentimento deles nascer e crescer, a superação dos obstáculos, e o aprendizado de ambos, até entenderem o que o amor é a força mais poderosa que existe, capaz de superar qualquer coisa. Tudo em meio a coisas hilárias, algumas tristes, e sempre contando com a presença dos outros membros da família Bridgerton, o que só me deixou mais ansiosa para ler os próximos livros e conferir suas estórias.

Eu leio romances de época e, romântica incorrigível como sou, fico morrendo de vontade de ser transportada no tempo e viver uma romance lindo assim. Andar de carruagem, usar vestidos enormes e lindos, e encontrar um Simon na minha vida kkkkk Torci por eles, ri deles e me apaixonei por sua estória. Adorei as provocações, os beijos roubados, suas conversas inteligentes, as cenas hot. Mais um romance de época que vai ficar guardado no meu coração ♥♥


Formada em administração de empresas, tem fascinação por aprender idiomas (nem sempre é bem sucedida, mas vale a tentativa). É apaixonada por livros, fez muitos amigos por causa deles, e os usa para conhecer novos lugares e realidades. É também uma ARMY orgulhosa.

Recomendado Para Você

Comentários