segunda-feira, abril 01, 2013

Eu Li: A Seleção - Kiera Cass


Título:
A Seleção
Autor(a):
Kiera Cass:
Editora:
Seguinte
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

Para trinta e cinco garotas, a “Seleção” é a chance de uma vida. Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China, e mais recentemente a Illéa, um país jovem com uma sociedade dividida em castas, a competição que reúne moças entre dezesseis e vinte anos de todas as partes para decidir quem se casará com o príncipe é a oportunidade de escapar de uma realidade imposta a elas ainda no berço. É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha.
Para America Singer, no entanto, uma artista da casta Cinco, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás Aspen, o rapaz que realmente ama e que está uma casta abaixo dela. Significa abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes.
Então America conhece pessoalmente o príncipe. Bondoso, educado, engraçado e muito, muito charmoso, Maxon não é nada do que se poderia esperar. Eles formam uma aliança, e, aos poucos, America começa a refletir sobre tudo o que tinha planejado para si mesma — e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que ela nunca tinha ousado imaginar.


Estou me perguntando até agora por que eu não li esse livro antes....sério, ele estava na minha lista de “Livros para comprar na pré-venda”, por que desde que os comentários lá fora começaram eu fiquei doidinha por ele. Aí eu adiei tanto a compra que ele passou da lista de pré-venda para lista de lançamentos, depois para a lista de “comprar mês que vem” e foi ficando nisso até ele ser lançado no Brasil. E mesmo assim eu não comprei, mas sim troquei pelo skoob. Conseguem sentir o tamanho da minha culpa ao recontar a saga? RS

É uma estória muito, muito legal! É uma distopia ( A-M-O distopias!!!) em que os EUA, depois de ter sido invadido pela China e lutado contra, se transformou em uma país chamado Illéa , que por sua vez é dividido em 8 castas. America pertence à quinta casta, a casta dos artistas. Ela é apaixonada por Aspen, um rapaz da sexta casta, onde estão os empregados, que por consequência é ainda mais pobre que ela. Tanto Aspen quanto a mãe de America fazem uma chantagem emocional básica com ela e ela acaba se inscrevendo para participar da Seleção, uma competição para escolher a futura esposa do príncipe Maxon , mesmo sem esperança – nem vontade – alguma de ser escolhida. Mas é, e agora solteira – depois de uma briga com o orgulho de Aspen – ela parte em busca de um sonho que não é dela, mas que pode vir a ser depois que ela conhece o Lindo, Charmoso e M-E-G-A fofo Maxon.

Ahhhh, já deu para sentir para quem eu estou torcendo?? Maxon!!!!!! Ele é um gentleman, com um jeito inexperiente com mulheres que me conquistou desde o início. Ele é muito correto com America da primeira vez que eles se encontram, e isso amoleceu mais ainda meu coração ahahaha. Já Aspen não tem quase nada na vida, mas não deixa o orgulho de lado, e isso me irritou muito! A America fez uma coisa super-romântica pra ele e ele agradece terminando com ela para ela poder ser feliz. Que desculpa esfarrapada!

Maxon a certa altura do livro também estava disposto a deixar America ir, mas não me pareceu algo para manter seu orgulho intacto, e sim para que ela tivesse liberdade pra escolher e voltar, se quisesse, e isso faz muita diferença. Falando em America, ela é ótima! Não está interessada nem na fama, nem nas joias, nem na coroa que poderia ser sua, e sim em ficar tempo suficiente para conseguir que sua família tenha uma vida melhor. Ela não muda sua personalidade ao entra no programa, e até se oferece para ajudar o príncipe a escolher sua futura esposa. America é 10! Maxon também é 10, e é por isso que eles são perfeitos uma para o outro.

Outra coisa legal é que a história de como os EUA se tornaram o que são não deixa de ser contada, pelo contrário, e ainda é feita de uma maneira criativa, sem que fique maçante para quem está lendo, sendo introduzida no contexto da competição. Os ataques rebeldes são outra coisa interessante, e sinto que ainda descobriremos segredos bem legais sobre esses ataques.

Amei, amei e preciso de A Elite para ontem!!!!


12 comentários:

  1. Amei o livro!!! Team Maxon até o fim, mas sabe o que é mais engraçado é que no final das contas quem está realmente "selecionando" é a América, pois o TDB do Maxon já deixou claro que a escolhida dele é ela <3, o Aspen me dá nos nervos e para mim ele vai se meter com os rebelde.

    Contando os dias para A Elite!

    ResponderExcluir
  2. Amei o livro!!! Team Maxon até o fim, mas sabe o que é mais engraçado é que no final das contas quem está realmente "selecionando" é a América, pois o TDB do Maxon já deixou claro que a escolhida dele é ela <3, o Aspen me dá nos nervos e para mim ele vai se meter com os rebelde.

    Contando os dias para A Elite!

    ResponderExcluir
  3. Eu nunca leio trilogias sem ter todos os livros na mão para poder ler de uma vez só, por isso esse livro ainda está na minha lista de desejados e não estou com muita pressa de adquirir, tenho lido várias resenhas elogiosas sobre ele e o segundo livro já saiu, por isso prevejo que ele vai entrar na minha lista de prioridades muito em breve, sorte você ter conseguido uma troca no Skoob, é tão bom quando eu consigo algum livro que quero muito em uma troca.

    ResponderExcluir
  4. Também acho que el vai se meter com os rebeldes!! Só não citei na resenha pra não dar um futuro spoiler, talvez, rsrs

    ResponderExcluir
  5. já leu o conto, pela visão de Maxon?


    esperava mais ;/
    ainda assim tô louca pelo A Elite, e mais louca ainda pra ver o seriado que a CW tá preparando pra ele.
    Adoro!

    ResponderExcluir
  6. Eu adoro A Seleção, é uma distopia bem legal, apesar de ser bem focada no romance, eu gosto muito do Maxon (principalmente em a Elite) e eu amo o Aspen, mas eu não sei se eu quero que algum deles fique com a America, ela me irritou muito no segundo livro, enfim, vou parar por aqui senão vou soltar spoliers que eu sei que você não quer.


    beijos, Lu
    Lendo ao Luar

    ResponderExcluir
  7. Eu também gostei muito de A Seleção, apesar de que no início eu achei tão parecido com Jogos Vorazes. Só que em vez da Arena era o Castelo. Enfim, acho que das distopias que li foi a que mais gostei. E Team Maxon!

    ResponderExcluir
  8. Caraba , estou doido para ler esse livro, todas as resenhas que eu leio só flam bem dele. sem falar que o desing da capa é lindo

    ResponderExcluir
  9. Eu e o livro A Seleção tivemos um caso de amor a primeira vista, logo que vi amei a capa e depois fui lendo mais e mais resenhas sobre ele e me apaixonei completamente. Sempre amei contos de Fada e essa mistura distópica que a autora fez, me faz querer cada vez mais esse livro, que infelizmente ainda não tenho e não pude ler.

    ResponderExcluir
  10. Tô louca p ler esse livro!! haha Adorei a resenha, bjs.

    ResponderExcluir
  11. Ainda não li A Seleção! D: Comecei a me animar a ler com os comentários de lançamento de A Elite! E agora depois de ler várias resenhas preciso muito acompanhar a série!
    Não sabia que é uma distopia! Então com certeza esse será o primeiro livro nesse gênero que vou ler!

    ResponderExcluir

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo