terça-feira, janeiro 29, 2013

Eu Li: Um Porto Seguro - Nicholas Sparks


Título:
Um Porto Seguro
Autor:
Nicholas Sparks
Editora:
Novo Conceito
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

Quando uma mulher misteriosa chamada Katie aparece repentinamente na pequena cidade de Southport, na Carolina do Norte, questionamentos são levantados sobre seu passado. Linda, mas discreta, Katie parece evitar laços pessoais formais até uma série de eventos levá-la a duas amizades relutantes: uma com Alex, o viúvo, com um coração maravilhoso e dois filhos pequenos, a outra com sua vizinha muito franca, Jo. Apesar de ser reservada, Katie começa a baixar a guarda lentamente, criando raízes nessa comunidade solícita e tornando-se próxima demais de Alex e de sua família. No entanto, quando Katie começa a se apaixonar, ela se depara com o segredo obscuro que ainda a assombra e a amedronta: o passado que a deixou apavorada e a fez cruzar o país para chegar no paraíso de Southport. Com o apoio simpático e insistente de Jo, Katie percebe que deve escolher entre uma vida de segurança temporária e outra com recompensas mais arriscadas... e que, no momento mais sombrio, o amor é seu único refúgio.

A sinopse de Porto Seguro me lembra muito um fanfic que li há muito tempo atrás chamada Holding Out For You. Ela tratava de um viúvo com dois filhos que se apaixonava por uma  viúva com um filho. Claro, em Porto Seguro não há uma viúva com filho, mas a perspectiva de um romance mais maduro, em uma cidade litorânea, com aquele velho conflito de lealdade entre o antigo e o novo amor me deixou muito sedenta para ler o livro. 

Katie fugiu da cidade onde morava por um motivo que não conta para ninguém e foi parar em Southport, uma pequena cidade litorânea. Lá ela trabalha em um bar em todos os horários possíveis para assim juntar dinheiro suficiente para uma fuga repentina, se for necessário. Fuga de que ou de quem, ninguém sabe. Sua única amiga é Jo, que se mudou para o chalé vizinho e se tronou sua única confidente. 

Alex é viúvo, tem dois filhos, é o dono de um pequeno supermercado local. É um membro conhecido e querido da comunidade. Ele começa a prestar atenção em Katie quando ela passa a frequentar seu supermercado e desenvolver um agradável relacionamento com sua filha mais nova. Aos poucos os dois vão começando a se conhecer melhor, mas a sombra do passado de Katie sempre a impede de se entregar totalmente ao sentimento que surge entre os dois.  Ela tem medo que seu passado volte para atormentá-la e precise fugir de novo, ou pior, colocar quem ama em perigo.  E claro, como um bom livro de Sparks, que o passado volta com tudo para acabar com a felicidade do casal. E agora? 

Eu gostei muito do livro, era bem o que esperava, tirando alguns detalhes. Às vezes o autor exagera no drama, mas isso é uma característica dele, e foi usada de maneira bem moderada até. Ele realmente tem trabalhado mais essa lado melodramático dele e se dedicado a outros tipos de sentimentos em suas estórias. Eu gostei do romance, da relação dos dois, dos flashbacks sobre a vida de Katie, das crianças. Não me identifiquei muito com nenhum dos protagonistas, e eu nem sei dizer direito o porquê,  mas isso não tirou pontos. 

Também gostei muito da parte espiritual da estória. Eu me emocionei por causa disso e derramei algumas lágrimas, confesso. O grande mérito do autor é desenvolver a narrativa de um modo tão fluído que um livro relativamente grande pode ser muito bem devorado em um dia apenas. Os momentos de tensão em relação ao passado de Katie quase me fizeram retomar a leitura em momentos um tanto inconvenientes de tão curiosa que eu estava. Eu estava para me esconder no banheiro para continuar lendo rsrsrs. Não, não é um estória magnifica e OMG OMG, mas para quem curte o estilo será uma experiência bem legal :)



5 comentários:

  1. sou suspeita pra falar de Nicholas Sparks, porque apesar do lado melodramático e do supersentimentalismo (e da tendência pra mortes dramáticas, vamos combinar!) eu gosto muito de todos os livros dele. Acho todos perfeitos. Ainda nem li Um Porto Seguro, mas eu já sei que vou gostar porque é feito da mesma fórmula que me levou a amar todos os outros :P
    Beijocas


    http://nossosromancesadolescentes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Estou curiosa sobre este livro mas ao mesmo tempo sei que não vou conseguir ler um livro do Nicholas no momento :( Drama demais pra mim!

    Beijinhos,

    Thais P.

    http://thaypriscilla.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Acho o Nicholas um autor maravilhoso. Ele consegue juntar histórias lindas (e muitas vezes, bem realistas), com personagens que cativam e convencem de tão bem elaborados.
    Tenho certeza de que vou gostar de Um Porto Seguro. Pode não ser a melhor história de todos os tempos, mas se te faz querer voltar ao livro, é sinal de que tem algo a mais.
    Quanto ao drama, isso faz parte do estilo do autor mesmo. Só não consigo ver problema nisto. A vida não é fácil para a maioria das pessoas e quase todos nós temos alguma coisinha do passado que nos bloqueia em determinadas situações. Mas concordo que este dramalhão todo não é indicado para quem está numa fase difícil, não deve ajudar muito a melhorar.
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Sou apaixonada por Sparks e seus dramas...não sou de me emocionar facilmente, mas gosto muito das historias dele. Tenho esse livro, mas ainda não li. Tenho certeza de que vou gostar. Spark tem uma escrita unica. Amo seus livros. Bjkss

    ResponderExcluir
  5. Tô tao curiosa com esse livro Biah, vc nem imagina, rsrs.


    Até agora só li bons comentários a respeito.


    Bjo!

    ResponderExcluir

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo