terça-feira, novembro 20, 2012

Eu Li: Um Romântico Incorrigível - Devan Sipher


Título:
Um Romântico Incorrigível
Autor:
Devan Sipher
Editora:
Verus
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

Ele é um romântico incorrigível e também profissional, pois escreve uma coluna sobre casamentos para um importante jornal, cobrindo festas espetaculares de costa a costa do país. Mas há uma linha tênue entre ser um repórter bem-sucedido com uma matéria para escrever e ser um cara sozinho num sábado à noite, no casamento de um desconhecido. Tudo muda na primeira noite do ano, quando Gavin conhece Melinda, uma jornalista de viagens com um espírito aventureiro. Mas Melinda vai embora e parece ter desaparecido sem deixar rastros.Gavin inicia então uma jornada por Nova York em busca dessa intrigante mulher. E aprende que há algo pior do que perdê-la: ter que escrever um artigo sobre o casamento dela.

Neste livro conhecemos Gavin, um jornalista que escreve para a coluna de casamentos para um importante jornal. Ele é um romântico incorrigível e as vezes se sente uma fraude por ser uma pessoa solteira, escrevendo sobre sentimentos e momentos importantes na vida de outros casais, tendo ele mesmo nunca vivido algo assim. Como alguém poderia escrever sobre algo como o casamento sem nunca tê-lo vivenciado? Pois é...

Mas num bela noite tudo pelo que ele esperava parece estar prestes a acontecer. É que ele conhece Melinda, que está meio bêbada e tem medo de altura, e é tudo o que ele sempre quis. Depois de momentos únicos de cumplicidade ele a deixa ir sem nem mesmo perguntar seu telefone. Depois que percebe a oportunidade que perdeu ele passa a procurá-la na rua, no google, em todo lugar, até... até que ele é chamado para cobrir um casamento, e nas entrevistas  para a coluna descobre que a noiva é, bem, Melinda, e que ela conheceu seu atual noivo três dias depois de conhecer Devin. 

Ah, se Devin pudesse voltar no tempo! Se ele tivesse pedido o telefone de Melinda quando pôde, talvez fosse, ele, ELE, o noivo agora. E agora Gavin vai lutar contra o tempo e contra o tempo e contra a própria consciência para tentar ter uma chance com Melinda.

O livro é meio lento no começo, mas muito divertido. Devin é uma figura! Adorei ter acompanhado seus dilemas sobre a credibilidade de sua coluna, sobre sua vida, ou falta de vida, amorosa, sobre seu medo de ser demitido na crise do jornal... Ele aprende muitas coisas sobre si mesmo e amadurece bastante em sua jornada para encontrar Melinda e amadurece muito mais quando finalmente a encontra e se vê diante de mais um dilema: " se declarar ou não para ela?" "impedir ou não que ela se case?". Enquanto isso a crise no jornal continua e talvez não haja um futuro para ele como colunista....

Adorei, só há um porém. O livro é mais focado na jornada de amadurecimento dele do que no romance em si, e o reencontro com Melinda só acontece bem depois do meio do livro, o que me fez achar o desfecho um pouco rápido demais e sem muito romance, o que é irônico. Mas eu gostei muito e recomendo ;)



9 comentários:

  1. Fiquei a little bit desanimada com algumas coisas que li na resenha, eu imaginava que o livro explorasse mais o romance do que, pelo visto, explora. Mas ainda assim parece ser uma história legal.
    e gostei da capa *-*
    parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  2. Fiquei a little bit desanimada com algumas coisas que li na resenha, eu imaginava que o livro explorasse mais o romance do que, pelo visto, explora. Mas ainda assim parece ser uma história legal.

    e gostei da capa *-*

    parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  3. Este livro deve ser bem divertido e fácil de ler. Gostei muito da história. O personagem principal me lembra o TED, da série How I Met Your Mother (que eu adoro!).
    Quanto ao dilema dele, de se declarar ou não, acho meio complicado. Se a mocinha escolheu outro e está feliz com este outro, é meio egoísta tentar acabar com tudo só porque você queria ela, né? Sei lá.
    Mas curto muito histórias de amadurecimento e nestes casos, o romance é só um fator extra, que dá mais "sabor" ao livro.
    Estou louca para saber o desfecho!
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Parece ser um livro e tanto! Uma pena a história só se desenvolver a partir da metade do livro... Sempre parece que o escritor que socar mais conteúdo do que o possível :((

    Linda a capa do livro, não? :))
    Beijos.
    http://croissantparisiense.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Parece ser bom o livro mas tenho que dizer que não me interessei muito nele já que esperava mais romance ... mas acho que posso dar uma chance ^^ Otima resenha mana !

    ResponderExcluir
  6. Isso me lembra aquele filme Vestida para Casar... O caso do Kevin Doyle, ele é escritor e trabalha em um jornal na sessão de casamentos. Mas ele é solteiro e não acredita em amor e etc.

    Mesmo que o romance só apareca (de fato) na metade do livro, eu gostei do enredo.

    ResponderExcluir
  7. fofo esse livro! Queria demais ler, achei muito bonitinha a história dele.

    ResponderExcluir
  8. Ate que eu gostei messe livro, a historia é legal. Mas nao estou tão desesperada para ler ele, vou colocar na lista.

    ResponderExcluir
  9. terminei hj de ler esse livro , simplesmente encantador, eu recomendo

    ResponderExcluir

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo