sexta-feira, novembro 02, 2012

Eu Li: Leviatã - Scott Westerfeld


Título:
Leviatã - A Missão Secreta
Autor:
Scott Westerfeld
Editora:
Galera
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

Scott Westerfeld, autor da série Feios, reinventa aqui a Primeira Guerra Mundial em uma narrativa steampunk. Em lados opostos, mekanistas lutam com aparatos mecânicos movidos à vapor e darwinistas usam imensos animais geneticamente modificados, e adaptados para a batalha. Alek Ferdinand, príncipe do império austro-húngaro, está sem saída. Perdeu seu título e o apoio do povo, restando apenas um imenso ciclope Stormwalker e um grupo leal de homens. Por outro lado, Deryn Sharp é uma jovem plebeia que se disfarça de homem para ingressar na Força Aérea Britânica. Os caminhos dela e de Alek se cruzarão de maneira inesperada, levando-os a bordo do Leviatã para uma viagem que mudará suas vidas.


Leviatã é o primeiro livro da trilogia homônima de Scott Westerfeld. Esses livros são de um gênero chamado Steampunk, cujas obras são ambientadas em uma época anterior da história humana (comumente na era vitoriana), porém onde já havia tecnologia avançadíssima com os recursos da época, como vapor, madeira e engrenagens, resultando na construção de aviões movidos a vapor, por exemplo. O gênero é muitíssimo interessante e é tema ou inspiração de muitas obras, tanto na literatura quanto no cinema. Vale super à pena pesquisar mais sobre ele, por que é muito, muito legal!!!

Na estória criada por Scott, o mundo está às portas de uma Primeira Guerra Mundial diferente da que conhecemos. Nessa guerra lutam em lados opostos mekanistas e darwinistas. Os primeiros usam suas imensas maquinas movidas à vapor e darwinistas usam os mais diversos animais geneticamente modificados (como uma baleia gigante e habitável, nada mais nada menos). Envolvidos nessa guerra estão Alek, príncipe do império austro-húngaro que está sendo perseguido por seu próprio povo e aliados, e Deryn, uma garota que se passa por garoto para poder participar da Força Aérea Britânica, onde é conhecida como Dylan.

Depois de uma série de acontecimentos, desde fugas noturnas a voos descontrolados sobre o céu de Londres, eles se verão juntos em uma aventura a bordo de uma grande criatura darwinista, o Leviatã, e ajudarão uma doutora muito misteriosa com sua carga mais misteriosa ainda.

Essa foi a primeira obra steampunk que eu li, e o que eu esperava ser um pouco difícil de assimilar, com todas as particularidades do gênero, foi abordada de uma forma muito habilidosa por parte do autor, de forma que qualquer vozinha que pudesse surgir em minha mente para dizer que tudo era muito surreal fosse logo tomada pela sensação de que aquilo era totalmente normal e perfeitamente crível. E esse gênero é fascinante!

Eu adorei o livro! Deu um ótimo resultado a união de um gênero tão interessante com a imaginação e a escrita de um autor como Scott. Eu conseguia visualizar as máquinas, os animais, todas essas criações fantásticas enquanto estava lendo. Não foi nem um pouco difícil imaginar uma Londres darwinista, com aquele mesmo clima que todos imaginamos quando ouvimos falar de Londres, mas dessa vez habitada pelos animais modificados mais interessantes. E as máquinas grandiosas dos mekanistas?

Eu adorei os personagens e a Daryn disfarçada de Dylan é a melhor! O Alek estranhando os movimentos e as falas exageradas do Dylan e se perguntando se todos os meninos londrinos são assim é muito hilário! O Conde Volger e sua rabugice e lealdade também é ótimo! Eu só não achei muito interessante a tal da missão secreta. Ela, presumindo que seja essa a missão secreta de que trata o subtítulo, não me deixou muito curiosa a respeito. Eu estava mais interessada em conhecer outras invenções fantásticas do gênero steampunk. Acho que no segundo livro ela será mais bem desenvolvida e me deixará curiosa, pelo menos eu espero ;)

E eu preciso elogiar as ilustrações por que elas são absolutamente muito bem feitas e lindas e com a ajuda delas é muito mais fácil imaginar todo o universo criado para essa trilogia. Tem ilustrações de momento engraçados, momentos tensos, do Leviatã, do andador de Alek, de outros seres e máquinas. É um grande diferencial do livro, que além de mostrar esse universo novo para muitos, ainda te ajuda a visualizar como tudo seria. Super recomendado!



7 comentários:

  1. Não estava sabendo dessa nova (é nova?) série dele. Putz, você me deixou com vontade de conhecer, principalmente a parte das ilustrações, que acho que criam um diálogo com a história muito legal, quanto bem feitas, e parece que esse é o caso. Mas Biah, tô com uma pilha ENORME pra ler e acho que vou deixar na fila de espera ;)

    ResponderExcluir
  2. Nunca li nada do gênero, nem ouvi falar. E acho que não faz muito o meu estilo.
    Ao ler a resenha achei tudo muito esquisito, tanto a ambientação e época, quanto os "seres" apresentados.
    Não sei se leria não!
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Achei bem interessante esse livro contando o fato que eu nunca tinha lido algo desse genero enão acho que se fosse pra começar a ler eu leria esse livro ^^ Otima resenha

    ResponderExcluir
  4. Procura no google imagens por 'leviatã scott westerfeld' que aparece uma enxurrada de imagens do livro. São lindas e eu nem pensei em tirar fotos para colocar u.u Sorry :D

    ResponderExcluir
  5. Nossa quanta criatividade por parte desse autor! Sério, pareceu confuso a primeira vista mas eu leria do mesmo jeito (achei a capa um tanto escura, embora a ilustração tenha ficado ótima)
    Confesso que nunca li algo como Steampunk (se li... não me lembro XP) Tem ilustração nas páginas? (queria ver um exemplo... T.T)
    sei que pode parecer nada a ver... Mas o leviatã me lembrou o navio do Capitão Gancho (voando sobre Londres e voos descontrolados... hehe)

    ResponderExcluir
  6. O primeiro ponto que me chamou atenção foi se tratar de fatos históricos e quando envolvem qualquer das duas grandes guerras, o interesse já dobra. Realmente pareceu que tem uma pegada bem diferente do que estou acostumada e por isso mesmo fiquei com bastante vontade de conhecer esse estilo.

    ResponderExcluir
  7. Gostei desse livro, amo historia e ele traz isso (me lembrou a primeira revolução industrial) e alem do fato que é batalhas (eu acho). A capa tambem é linda!

    ResponderExcluir

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo