segunda-feira, agosto 06, 2012

Eu Li: A Filha da Minha Mãe e Eu - Maria Fernanda Guerreiro



Título:
A Filha da Minha Mãe e Eu
Autora:
Maria Fernanda Guerreiro
Editora:
Novo Conceito
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

Sensível e tão real a ponto de fazer você se sentir parte da família, A filha da minha mãe e eu conta a história do difícil relacionamento entre Helena e sua filha, Mariana. A história começa quando Mariana descobre que está grávida e se dá conta de que, antes de se tornar mãe, é preciso rever seu papel como filha, tentar compreender o de Helena e, principalmente, perdoar a ambas. Inicia-se, então, uma revisão do passado – processo doloroso, mas imensamente revelador, pautado por situações comoventes, personagens complexos e pequenas verdades que contêm a história de cada um.


Mariana descobre que está grávida e percebe que antes de tentar ser uma boa mãe precisa entender por que que sua própria mãe não parecia boa o suficiente para ela durante sua infância e adolescência. A partir desta decisão, Mariana começa a recordar sua vida e as situações que vivenciou com sua mãe que fizeram com que o relacionamento das duas não fosse dos melhores.

Preciso dizer que estava com um pouco de medo do que eu iria encontrar nesse livro. A sinopse promete algo bem dramático envolvendo Mariana e sua mãe Helena, mas eu não achei tudo isso não. Na verdade eu não me identifiquei com a Mariana, em momento algum do livro. Deu para perceber pela descrição de Helena que ela não é uma mulher muito fácil de lidar, mas eu fiquei com a impressão constante de que Mariana exagerava na sua revolta. 

Eu sei que o relacionamento entre mães e filhos deveria ser especial sempre, mas qual a família que não tem problemas, cujos pais brigam, em que um irmão não teve, em algum momento, ciúme do outro? Eu achei as situações pelas quais Mariana passou difíceis, concordo, mas nada que pudesse causar um revolta tão grande. Sei lá, como eu disse, não me identifiquei com a Mariana e a visão que ela tinha das atitudes da mãe.

Eu não vi problemas na escrita da autora, é simples, fácil de ler e transmite emoção. Eu não me identifiquei com a protagonista, mas talvez você já tenha passado por alguma das situações pelas quais ela passou e goste mais do que eu gostei ;)



15 comentários:

  1. Esse foi um dos livros da Novo Conceito que não me chamaram muito a atenção pelo tema em si (afinal nenhuma família é perfeita), mas quero ler por ser de uma autora nacional. Ao ler a sinopse também me vem a cabeça muito drama entre mãe e filha. É extremamente complicado quando não nos identificamos com os personagens, o livro perde muitos pontos.

    ResponderExcluir
  2. Esse foi um dos livros da Novo Conceito que não me chamaram muito a atenção pelo tema em si (afinal nenhuma família é perfeita), mas quero ler por ser de uma autora nacional. Ao ler a sinopse também me vem a cabeça muito drama entre mãe e filha. É extremamente complicado quando não nos identificamos com os personagens, o livro perde muitos pontos. Parabéns pela sinceridade ;)

    ResponderExcluir
  3. Eu ja ganhei esse livro numa promo mas ate agora ainda não chegou e tenho que ser cincera que eu não me interessei muito pela história . E eu não sabia que era de autora nacional *o* Mas como ja ganhei pe claro que eu vou ler !

    ResponderExcluir
  4. Oii
    ainda não pude ler esse livro..Estou pensando em comprá-lo no dia da bienal, que a autora vai estar lá autografando os livros, e é bem no dia que eu vou :S que emoção...estou louca para ler esse livro, já li muuitas resenhas dele e adorei
    bjs
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Nunca tive nenhum conhecimento sobre esta autora, o livro me parece ser bem interesante por se tratar de relacionamento familiar. Sua resenha me deu uma leve curiosidade para ler este livro.

    ResponderExcluir
  6. esse livro não chamou muito minha atenção, não pretendo lê-lo agora, quem sabe lá pra frente...
    mas gostei de ler a resenha, valeu conhecer um pouco da história.
    bjss biah

    ResponderExcluir
  7. Estou a algum tempo querendo ler esse livro. Gosto de leituras que nos façam refletir.

    Um leve bater de asas para todos!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Desde o lançamento, esse livro não me chamou a atenção. Não é um enredo que eu gosto. Esses dramas familiares não me prendem, não consigo me interessar pela história. Mesmo sendo de uma autora nacional, esse livor não está na minha lista de leituras futuras.

    ResponderExcluir
  9. Eu tenho muita vontade de ler A filha da minha mãe e eu.Quando eu fui na bienal a autora já tinha ido embora :(


    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Achei esse livro muito bom, por se tratar de conflito dentro de familia, me falaram que esse livro emociona muito quem os le. quero muito esse livro para ver se realmente é o que dissem por ai.

    ResponderExcluir
  11. Nossa, eu quero ler esse livro, adoro drama.
    Principalmente entre mãe e filha, mas não sei se esse livro promete tanto não.
    Achei a capa linda, a Novo Conceito sempre capricha nas capas.


    @linny_xx

    ResponderExcluir
  12. Bianne!
    Acabei de ler esse livro e tive identificação total com a Mariana. Era bem assim lá em casa, tudo para meu irmão... só não teve o lance das drogas, mas de resto é bem parecido mesmo.
    Gostei demais! Helena é uma vencedora...
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  13. Noss. Esse livro parece ser muito bom. Sou mais de romance, mas esse parece ser uma história muito boa.

    ResponderExcluir
  14. Eu tenho muita vontade de ler A filha da minha mãe e eu.Quando eu fui na bienal a autora já tinha ido embora :(


    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo