terça-feira, agosto 14, 2012

Eu Li: Bem Mais Perto - Susane Colasanti



Título:
Bem Mais Perto
Autora:
Susane Colasanti
Editora:
Novo Conceito
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

Quando Brooke descobre que o amor de sua vida, Scott Abrams, está se mudando do subúrbio de New Jersey para Nova York, ela decide segui-lo até lá. Viver com o pai ausente e se adaptar a uma escola totalmente nova são desafiantes para ela — e as coisas ficam ainda piores quando ela descobre que Scott já tem uma namorad.a. Mas como ela aprende a sobreviver na cidade grande, começa a descobrir todo um novo lado de si mesma e percebe que, às vezes, o amor pode te encontrar mesmo quando você não está olhando para ele



Há protagonistas e protagonistas, assim como há bestices e bestices. Quando eu ouço ou leio em algum lugar que determinada personagem é besta eu procuro saber em que sentido estão falando, de que tipo de besteiras estão falando. Algumas são aceitáveis para mim e não diminuem a personagem diante dos meus olhos, mas outras....

As atitudes de Brooke se encaixam no 'outras'....A garota gosta de um rapaz há dois anos, mas mal trocou palavras com ele em todo esse tempo, porém movida pelo que ela chama de 'Saber' resolve mudar de cidade e ir viver com o pai com que não fala há anos somente por que o rapaz em questão, Scott Abrams, se mudou também. O 'Saber' diz a ela que eles tem uma conexão e pertencem um ao outro, e baseada nessa conexão, Brooke deixa tudo para trás para ir atrás dele em Nova Iorque. Tem mais: ela é um gênio, sabe quase tudo de todas as matérias, mas decidiu se revoltar contra o sistema e por isso tira notas baixas de propósito. A-F-F-E !

Ler sobre a sua convicção no 'Saber' é irritante. O menino mal lembra dela, mas quando ele ri de uma coisa que ela fala, ela passa a acreditar mais firmemente de que foram feitos um para o outro. Sério, só por que ele riu? Affe ² E a sua insistência em tirar notas baixas, sem se preocupar com o futuro nem nada? Ela só pensa em Scott, na conexão, e nada mais.

Faltando umas cem páginas para acabar é que a estória começa a melhorar, quando parece que a Brooke realmente deixa de ser besta e acorda para uma vida nova, mais pé-no-chão e consciente. Ela realmente pareceu crescer, amadurecer mais nessas páginas do livro. Foi legal, dá para tirar uns quotes legais, pena que na minha pressa por terminar o livro eu não marquei =X 

Apesar de ter achado que o final aconteceu rápido demais. Sim, ela amadureceu e tudo estava indo bem quando de repente eu viro a página e não tem mais nada. Fiquei meio "Oi?" Enfim, o livro é bom só por essas cem últimas páginas que salvaram o livro, mas foi preciso muita paciência para chegar nesse ponto. Eu adoro romances YA, mas não tenho mais paciência para 'dilemas' estilo Brooke, não depois de ter lido livros realmente bons com dilemas realmente importantes. Achei muito mais jovem do que adulto. 



7 comentários:

  1. Todas as resenhas que li sobre esse livro se focaram nas atitudes da Brooke. Concordo que é complicado quando a protagonista mais irrita do que agrada, e essa história de não se importar com as notas me irritou bastante (ainda mais por não estar na sinopse). Comprei esse livro de presente de aniversário e já estava pensando em colocar no fim da minha lista de leitura, mas sua resenha me animou um pouco (as tais das últimas 100 páginas), então talvez leia antes do que previ a principio.

    ResponderExcluir
  2. Bem já vi muitas resenha parecidas com esse livro ! E tenho que concorda que é muito chato quando o personagem principal irrita o leitor que faz me lembrar de outro livro que so terminei a serie pra não ficar na curiosidade ! Bem mas adorei a resenha e mesmo depois de varias resenhas eu ainda vou ler esse livro porque tenha muita curiosidade ! ^^

    ResponderExcluir
  3. Sinceramente gostei do livro, apesar da personagem ser muito dramtica com assuntos pequenos, mas em fim, eu adorei a sinopse e gostei da capa do livro. Mas ainda continuo com a curiosidade de ler esse livro.
    Ps: Gostei da sinceridade ne resenha.

    ResponderExcluir
  4. Honestamente, não tenho paciência pra personagens como Brooke. Claro que isso não vai ser me fazer descartar o livro oficialmente, mas não pretendo colocá-lo na minha lista de leitura.
    Aliás... esse tema me lembrou um pouco o filme 'Legalmente Loira' hsuahsuahu
    (com a diferença de que a menina lá se esforçava para melhorar!)


    Biah, gosto muito da sua sinceridade nas resenhas, continua assim :) Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Legal da sua parte em ser sincera sobre a protagonista ser irritante e não ter gostado dela. Isso nos deixa com vontade de ler só para descobrir o quanto ela é realmente chata.

    Um leve bater de asas para todos!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Gostei bastante da sua resenha, bem sincera. Na verdade eu nunca me interessei em ler esse livro justamente por conta de algumas resenhas que li e pela sinopse, que não me chamou a atenção. Concordo como você, temos dilemas mais importantes para ler.

    ResponderExcluir

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo