quarta-feira, junho 06, 2012

Eu Li: A Floresta de Mãos e Dentes - Carrie Ryan




Título:
A Floresta de Mãos e Dentes
Autora:
Carrie Ryan
Editora:
Underworld
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva  | FNAC

O mundo de Mary é um mundo de verdades simples. A Irmandade sempre sabe o que é melhor. Os Guardiões protegem a todos. Os Esconjurados jamais descansam. E você deve sempre tomar cuidado com a cerca que percorre o perímetro do vilarejo; a cerca que protege o vilarejo da Floresta de Mãos e Dentes. Mas, lentamente, as verdades de Mary estão se desintegrando. Ela está aprendendo coisas que nunca quis saber a respeito da Irmandade e seus segredos, dos Guardiões e seu poder, e dos Esconjurados e seu desespero. Quando a cerca é violada e seu mundo é atirado no caos, Mary deve escolher entre sua vila e seu futuro - entre seu amado e o homem que a ama. E ela deve enfrentar a verdade a respeito da Floresta de Mãos e Dentes. Pode existir vida em um mundo cercado por tanta morte? 


Pensa num livro cujo nome me atrai! Sério, esse título Floresta de Mãos e Dentes me chamou tanta atenção que eu fiquei recitando ele em minha cabeça por um bom tempo depois que ele foi anunciado. Ele é poético, bem como a escrita da autora....mas apesar desses aspectos me agradarem muito, a protagonista eu não consegui digerir (mais bonito que 'engolir' né? rsrsr) .

A Mary é irritante até o ultimo fio de cabelo com essa obsessão dela pelo mar. Entendam, em vários momentos ela tem a chance de construir uma lembrança feliz, mesmo em meio ao caos da quebra da cerca, do medo dos zumbis, da incerteza do futuro. Mas ela estraga esses momentos com sua obsessão maluca de querer ver o oceano. Tudo bem, pra alguém que viveu presa de um lado de uma cerca por todo sua vida, ter a chance de sair e descobrir se existe algo bonito em meio a tanto horror é realmente atraente, mas estragar tudo por causa dessa loucura? Ah não, passou dos limites pra mim.

Assim, Mary, a grande sonhadora e fanática por saber se o oceano realmente existe, acaba arriscando sua vida e a vida dos outros por causa disso. Não preciso dizer que tive vontade de esganar ela durante boa parte do livro né? 

Mas o livro é bonito. A escrita é bonita e poética. O ambiente te transmite uma sensação muito difícil de explicar. É como se você tivesse lá dentro e estivesse sentindo o mesmo que os personagens, a mesma insegurança, esperança, medo, desolação, tudo misturado....A autora tem um jeito com as palavras....só lendo para entender. Ela criou uma estória de zumbis que é muito mais do que isso. Fala de sentimentos também, de sacrifícios.... 

Os outros personagens não recebem um foco tão grande quanto Mary, mas quando eles aparecem é significativo. Eles tem sua dor para carregar, seus medos para superar, escolhas difíceis para fazer, e isso só aumenta o sentimento de tragédia e desolação que a narrativa traz. Há zumbis fora e dentro da cerca, de um jeito ou de outro. Tirando a Mary, muito bom =D


16 comentários:

  1. Adorei a resenha, sempre tive curiosidade de ler esse livro, talvez ele esteja na minha próxima listinha de comprar! ;P
    Bjs,
    Stefie Ferreira
    ~Degustando Livros

    ResponderExcluir
  2. não sei, tenho vontade de ler esse livro, mas vejo comentários positivos e outras negativos. boa boa boa me parece que não é, mas fica a curiosidade. 

    ResponderExcluir
  3. Sou doida por esse livro mas infelizmente ainda não tive a oprtunidade de ler ! Tentei ja ganahr o livro em promo ou compra mas não dou sorte ! ¬¬ Otima resenha !

    ResponderExcluir
  4. Como vc gosto muito do título deste livro...mas não sei... ainda não sinto aquela vontade de ler , talvez seja o fato da protagonista não conseguir me conquistar..pelos comentários que li ela é chata...vou deixar passar...bjs Biah 

    ResponderExcluir
  5. Ótima resenha, como sempre, né? srsrsr Bem, eu sou suspeita para falar pois a temática zumbi é uma das minhas favoritas,  eu amei o título tbm *___* e a capa transmite bem o clima do livro. Eu achei a Mary muito irritante as vezes, mas acho que  foi isso que eu gostei no livro, como as pessoas não podem ser perfeitas, e agir "fodásticamente" ( ficou estanho O.o) em situações como essas. As pessoas mentem, as vezes são egoístas, as vezes erram, as vezes são fracas.Eu chorei em algumas partes do livro, mas principalmente nessa, que me deu um nó na garganta: "...me pergunto se algum dia já existiu um mundo mais cruel do que este que nos força a matar as pessoas que mais amamos."

    ResponderExcluir
  6.  Verdade, me emocionei nessa parte também. O livro me deixou uma sensação bem difícil de explicar, isso é o melhor dele .

    ResponderExcluir
  7. O título do livro e a temática dele me atraíram bastante, mas ainda não tive oportunidade de ler. Pra ser sincera, acho que o único livro sobre zumbis que eu li foi Sangue Quente e eu gostei muito, por isso, creio que leria este numa boa. Contudo, só o fato de você dizer que a protagonista é chata, eu morguei um pouco. Odeio aquelas personagens egoístas que prejudicam todo mundo para conseguir o que querem. No mais me parece ser uma boa leitura.


    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Ai Biah,
    não sei se ou aguentar essa Mary, sério... sou muito tolerância zero com personagens chatas T.T
    O título do livro é mesmo atraente, agora a capa... sei lá... me lembrou aqueles filmes estilo "pânico na floresta" rsrs
    Gostei dos pontos positivos que você citou, acho que a escrita do autor algo muito importante, mas por enquanto, "A floresta de mãos e dentes" ainda não vai entrar com prioridade na minha lista de leitura, mas não descarto a possibilidade de ler o livro em breve.

    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  9. Gostei da capa e gostei do nome do livro,e até da Mary eu gostei kkkkkkkkk entendo o lado dela em querer aproveitar tudo o que não podia,gostei da sua resenha,foi objetiva, e me deixou com agua na boca pra conhecer esse livro rs

    ResponderExcluir
  10. Pelo visto a autora caprichou nos detalhes e nos sentimentos que rodeiam a historia né?
    Ah não, outra personagem chatinha em minha estante não! (como se não bastasse a Ever Bloom e suas amiguinhas antipáticas argh!)
    Creio que só o leria caso ganhasse ou pegasse emprestado (ou por milagre divino, acha-lo no chao e o dono não é encontrado hehe).
    E a trama é isso? A garota quer achar o oceano?????? "WTH?"

    ResponderExcluir
  11. haha depois que ela descobre que há algo mais depois da cerca que A Irmandade colocou ao redor do vilarejo para protege-los dos zumbis, achar o Oceano é quase tudo em que ela pensa. Mas tem muita gente que adora a Mary, então só lendo mesmo para saber! =D

    ResponderExcluir
  12. Eu nunca havia ouvido falar nesse livro antes, sinceramente. Nem sequer tinha visto essa capa! E com certeza eu me lembraria se tivesse visto, porque o nome realmente chama muito a atenção! Simplesmente não consigo nem sequer adivinhar do que se trata!

    Obsessão pelo oceano? hehehe com certeza deve consumir uma boa parte do livro e deve fazer a gente estranhar né. Quando as mocinhas só pensam no mocinho, por exemplo, já me irrita (embora eu entenda), imagina então pensar tanto no oceano!
    Hmmmmm zumbis, é, não sou fã de zumbis. hehehe Tenho um pouco de medo (poxa, todo mundo tem medo de alguma coisa né). E acho que tenho medo de zumbis porque no Resident Evil eles explicam como se fosse possível reanimar um cadáver com um pouco de energia que sobra nele (eu sei que não é, mas me deu medo auehauehae).
    É ótimo quando um lembro é bem recheado de sentimentos, prefiro autores que sabem construir personagens sentimentais e não apenas heróis. Me faz admirá-los muito.

    Parabéns pela sua resenha, muito boa!
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Esse é um livro que está nos meus desejados faz um tempinho já! adoro livros e filmes com zumbis. Obrigada pela resenha, adorei saber mais uma opinião!
    Bjos

    ResponderExcluir
  14. Adorei a mary !!!!
    Otima resenha, meu deixou com muita vontade de ler-lo,
    e a personagem principal me encantou.....
    Adicionando na minha listinha !!!!

    ResponderExcluir
  15. Sempre falo nos comentários que adorei as suas resenhas, mais acredite é a pura verdade. Toda vez que leio uma resenha de um livro bom quero logo compra-lo rsrs... (desse jeito vou falir Kkk), mais me encantei com a história. quero lê-lo em breve.

    ResponderExcluir
  16. Confesso que não entedi muito... quis saber mais sobre o pq essa floresta é tão perigosa, o pq das cercas e tal...
    Esse foi um livro que não me agradou na sinopse, não me chamou atenção e a capa também não ajuda muito...
    Não gosto de escritas poeticas, então passo pra outro.
    Bj

    ResponderExcluir

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo