quarta-feira, junho 13, 2012

Eu Li: Conselho de Amiga - Siobhan Vivian



Título:
Conselho de Amiga
Autora:
Siobhan Vivian
Editora:
Novo Conceito
Onde Comprar:
Submarino | Saraiva | FNAC

Ruby está completando 16 anos... mas o dia especial não é tão doce quanto foi planejado. Seu pai desaparecido há muito tempo aparece e Ruby não quer ter nenhuma relação com ele. Ao contrário, ela quer sair com seus amigos — a leal Beth, a perigosa Katherine e a fofoqueira Maria. Elas dão muitos conselhos a Ruby — sobre garotos, seu pai e como ela deve se vestir e como deveria estar se sentindo. Mas, na verdade, ela não sabe o que pensar ou sentir. Especialmente quando um novo garoto entra em cena... e Ruby descobre que algumas de suas amigas não são tão verdadeiras quanto dizem.


Ruby está completando 16 anos e no meio da sua festa, composta dela mesma, sua mãe e suas amigas Beth, Maria e Katherine, chega seu pai, Jim, que ela não vê há anos. Ruby tenta agir como se não se importasse, mas acaba fugindo de sua própria festa para se divertir em outro lugar. Ela recebe muitos conselhos de suas amigas, desde os mais descolados (Maria), até os mais revoltados (Katherine) e  os que mais parecem ordens (Beth). Mas esses conselhos só servem para deixar Ruby mais confusa, pois antes de tudo ela precisa descobrir o que quer e quem é.  A única que está com ela desde antes de seu pai ir embora é Beth. Foi ela quem a apoiou e ouviu suas lamentações durante esses anos e por isso ela se sente no direito de tomar certas.. atitudes.

Essa estória é bem clichê: adolescente confusa com sua vida, amiga(s) falsa(s), pai ausente, um garoto que aparece e começa a mudar as coisas, etc, etc. Mas esse clichê é muito bem utilizado em diversos livros por aí, por isso que isso nunca me impediria de ler. Mas nesse livro não foi bem isso que aconteceu.  Eu lia esperando um abordagem diferente e interessante para esses fatos, mas o que eu consegui foi uma narrativa arrastada e sem surpresa alguma.

Quando eu pensava que alguma coisa ia acontecer e o livro ia ficar legal de ler eu só me decepcionava. Nunca demorei tanto na leitura de um livro dessa espessura (220 páginas). Eu não me identifiquei com nenhuma das personagens. Parece que a autora quis criar uma identidade para cada mas não foi bem sucedida. As meninas são confusas,  suas personalidades se misturam, não dá pra saber direito o que tal personagem fará depois. Além do mais elas pareciam ter 13 anos, não 16. E o final? Aff, o mais frustrante de todos. Há livros que se safam pelo final, que transmite algum coisa que realmente te dá a sensação de que valeu à pena ler, mesmo que só pelo final, mas (surpresa!) não foi o que aconteceu. Foi rápido, confuso, e não dá a sensação de final. Ficou faltando alguma coisa.

Eu acho que esse livro deveria estar no selo Jovem da Novo Conceito, por que ele é daqueles que pode não agradar aos jovens-adultos, mas que podem muito bem agradar os mais jovens. Eu já passei dessa fase de ler livros cujas personagens brigam por causa de uma ter escolhido determinada fantasia para o Halloween, e não a fantasia que a outra sugeriu, romances bem inocentes e coisas do tipo. Mas isso é bem subjetivo.

Esse livro é para ser lido como distração, então não espere grandes dramas e romances. Se você gosta do tipo, então vá em frente. Ah, e não deixe de ler Não sou este tipo de Garota, da mesma autora e editora, e que recebeu nota 4 =)

8 comentários:

  1. Eu não fui muito com a cara desse livro auehaue Não gostei mesmo. A capa é bem comum e o título então, nem se fala. Depois de ler a sua resenha minha disponibilidade para lê-lo ficou nula. Não gosto deste tipo de livro, nem todos os Y.A. me agradam, imagina esse então que parece ser mais para jovens.
    parabéns pela resenha, bem verdadeira e clara
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Eu comentei antes, mas a caixa de comentário estava diferente e eu não sei se foi Oo
    Não fui com a cara desse livro desde o começo. A capa é muito comum e o título então, nem se fala. Depois de ler a sua resenha minha disponibilidade para ler este livro é praticamente nula. Já não consigo gostar de todos os Y.A.s que eu leio, imagina então de livros para mais jovens ainda! hehe
    Parabéns pela resenha, bastante verdadeira e clara
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Seio so isso nanota ? Mas o livro parece ser tão bom ! O.o to chocada mas acho que todo mundo tem sua opinião ! ^^ bem vou lr o livro pra ver se concordo !

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Biah, obrigatóriamente este livro não vai para minha lista de desejados...voce foi bem clara a respeito do livro: é uma estória fraca..portanto estou fora...bom domingo..bjs

    ResponderExcluir
  5. Ahh livros assim eu passo!! rsrs Só de olhar a capa já vejo que não é bom! uahuhauahu pois é... eu julgo pela capa mesmo :p

    ResponderExcluir
  6. Esrou mais ansiosa para ler não sou esse tipo de garota do que conselho de amiga, ando lendo criticas não tão boas sobre o livro...
    E eu achei ele um pouco bobo e juvenil !!!! Não o leria por agora....

    ResponderExcluir
  7. Achei a sua resenha bem interessante, no comentário vc foi bem sincera, apesar disso fiquei com vontade de ler o livro.

    ResponderExcluir
  8. Já vi muita resenha negativa desse livro, sério, tanto que ele saiu da minha lista de desejados, agora quero mesmo só pra completar a coleção da autora...

    Clichê quando é bem desenvolvido fica maravilhoso e sinto que ela não tenha sido assim...
    Obrigado pela sinceridade.
    Bj

    ResponderExcluir

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo