quinta-feira, abril 19, 2012

[ Quinta Em Outra Língua #11 ] Twenty Boy Summer - Sarah Ockler

Quinta em Outra Língua é um  meme criado pelo blog Amount of Words, com o objetivo de fazer resenhas ou comentar sobre o lançamento de livros estrangeiros às quintas-feiras. Todo blog pode participar - saiba mais aqui!




Título:
Twenty Boy Summer
Autora:
Sarah Ockler
Editora:
Little,Brown and Company
Onde Comprar:
Book Depository | Amazon

"Não se preocupe, Anna. Eu vou dizer para ela, okay? Só me deixa pensar sobre a melhor maneira de fazer isso."
"Okay."
"Promete? Promete que você não vai dizer nada?"
"Não se preocupe." Eu ri. "É o nosso segredo, certo?"

De acordo com sua melhor amiga Frankie, vinte dias na casa de praia em ZanzibarBay é a oportunidade perfeita para ter um caso de verão, e se elas conhecerem uma garoto por dia, há uma grande chance de Anna encontrar seu primeiro romance de verão. Anna alegremente concorda com o jogo, mas há algo que ela não contou a Frankie - ela já teve esse tipo de romance, e foi com o irmão mais velho de Frankie, Matt, pouco antes da sua morte trágica um ano atrás.
Lindamente escrito e emocionalmente honesto, este é um romance de estréia que explora o que realmente significa  amar alguém e o que significa o luto e, finalmente, como tirar o máximo partido de cada momento que este mundo tem a oferecer.

Anna, Frankie e Matt são amigos desde crianças, e há muito que Anna é apaixonada por Matt. No dia de seu aniversário de 15 anos, ao soprar a vela do bolo, ela  repete o pedido que tem feito desde que se apaixonou por Matt, aos dez anos: que Matt finalmente a beije. Depois da guerra de bolo que Matt iniciou, os dois vão à cozinha se limpar, e então o desejo de Anna se torna realidade, num beijo que a fez esquecer de tudo e transformou Matt em algo mais que um amigo. Mas Matt prefere contar ele mesmo à Frankie sobre isso, da melhor maneira possível, e assim eles vivem durante um mês um romance secreto. Pena que ele não tem chance: um falha em seu coração escolheu se fazer notar durante um passeio de carro, e Matt não sobreviveu ao ataque cardíaco.

Um ano depois, Anna ainda mantém sua promessa e guarda o segredo de seu amor por Matt,sofrendo em silêncio. Frankie está mudada e propõe um desafio: conhecer vinte garotos nos vinte dias que passarão na praia, para Anna poder finalmente ter seu primeiro romance. Mal ela sabe...

Ai gente, eu chorei silenciosamente durante a maior parte desse livro. Ele é lindo e é quase impossível não sentir empatia pelos personagens. Eu me coloquei no lugar de Anna e foi como eu sentisse a dor dela, a mágoa pela injustiça, por não ter podido viver seu amor por Matt, por não poder demonstrar seu sofrimento e ter que fingir ser forte na frente dos outros. Agora mesmo, ao escrever essa resenha, eu começo a lagrimar. 

Já seria muito sabe, para um menina de quinze anos perder seu melhor amigo em um acidente assim, mas é muito mais difícil por causa de tudo que eles se tornaram uma para o outro em tão pouco tempo e principalmente por ter perdido a oportunidade de ser feliz com ele. Anna pensa em muitos 'ses': e se eles não tivessem ido à sorveteria? E se elas não tivessem desejado sorvete em primeiro lugar? E se eles não estivessem tão alegres no carro? Será que o coração de Matt teria durado mais? Será que ele teria uma chance de estar com ela agora?

Passam muitas coisas na cabeça de Anna: culpa, remorso, dor ,saudades, e é realmente muito tocante acompanhar essa período de sua vida. A autora escreve de tal maneira que em certo ponto estamos revoltados e comovidos a ponto de culparmos o próprio Matt e até o Deus das estórias. Frankie também tem sua grande parcela de dor e sofrimento para lidar, e é essa jornada das duas amigas através do sofrimento da perda de alguém que elas amavam muito que nós acompanhamos nesse livro.

É um jornada triste e dura, mas que traz muitas reflexões sobre a vida, a oportunidade que nos foi dada de viver enquanto tantos outros estão morrendo, e o que nós devemos fazer com essa oportunidade. Será lançado no Brasil pela Novo Conceito, e eu espero sinceramente que seja logo, pois quero muito poder comentar a estória com outras pessoas. Vou terminar com uma frase de outro livro:

"A vida me ensinou a dizer adeus às coisas que amo, sem tirá-las do meu coração." (Harry Potter - JK Rowling)

3 comentários:

  1. ounnnn quero tanto ler esse livro!! A capa é tão cute! Sei que vai ser lançado pela Novo Conceito, mas quero ler em inglês \o/

    Beijinhos,
    @CamilaCandomil
    | Seleção Literária | http://selecaoliteraria.blogspot.com.br |

    ResponderExcluir
  2. Sabe aquela história de julgar pela capa? Dessa vez nem isso eu fui capaz de fazer. Olhei pra capa. para o título e não me vinha nada referente ao livro. Quero dizer, não tinha a menor ideia do que se tratava. Com a resenha tudo ficou claro e confesso que não esperava que fosse nada nem parecido assim com um romance e essas coisas da vida que nos faz pensar, refletir, como você colocou. Olha que fiquei com vontade de ler "Twenty boy summer". Acho que é daqueles que vale a pena. Vamos ver quando e "se" chega ao Brasil, não é?

    ResponderExcluir
  3. A capa não é tão bonita assim, a sua resenha ficou muito boa fiquei com uma vontade de lê-lo.
    Adorei a resenha.

    ResponderExcluir

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo