quinta-feira, abril 12, 2012

[ Quinta Em Outra Língua #10 ] Trilogia Fifty Shades - E.L. James

Quinta em Outra Língua é um  meme criado pelo blog Amount of Words, com o objetivo de fazer resenhas ou comentar sobre o lançamento de livros estrangeiros às quintas-feiras. Todo blog pode participar - saiba mais aqui!



Achei melhor fazer um post só para toda a trilogia, já que resenhas de segundos e terceiros livros de séries são mais difíceis, por causa dos eventuais spoilers.




Títulos: 

#1 - Fifty Shades of Grey
#2 - Fifty Shades Darker
#3 - Fifty Shades Freed
Autora:
E L  James
Editora:
The Writer's Coffee Shop Publishing House
Sinopse do primeiro livro: 
Quando a estudante de Literatura Anastasia Steele é convocada para entrevistar o jovem e bem sucedido empresário Christian Grey para a revista da universidade, ela o acha atraente, enigmático e intimidador. Convencida de que sua entrevista com ele correu mal, ela tenta tirá-lo da cabeça - até que acontece de ele aparecer na loja de ferragens da cidade onde ela trabalha em tempo parcial.
Erótico, divertido, e profundamente envolvente, a Trilogia Fifty Shades é um conto que vai possuí-lo, obcecá-lo e ficar com você para sempre.


O que faz uma pessoa devorar três livros em 5 dias? Uma estória bem escrita, cativante, linda, romântica, triste e OUSADA. Realmente ousada. Ou você vê diversos romances por aí cuja trama gira em torno de um personagem sadomasoquista? De um dominador e uma submissa? A verdade é que até há, mas normalmente eles são marginalizados. São lidos escondidos, como se o leitor tivesse vergonha do que está lendo, e não são muito comentados. Nunca soube de uma série com esse assunto que ficasse em primeiro lugar no New York Times, como Fifty Shades ficou. E ao mesmo tempo em que tem uma legião de fãs, também tem uma legião de 'odiadores'.

Christian Grey tem 27 anos, é CEO de sua própria empresa, bilionário, um verdadeiro caso de sucesso. É um homem forte, frio, e está acostumado a estar no poder e no controle de tudo. Anastasia Steele tem 21 anos, é estudante de Literatura Inglesa e para ajudar uma amiga que está doente aceita fazer a entrevista para a revista da Universidade com o grande empresário Christian Grey. Anastasia não tem o menor jeito para isso e sua timidez e reações contrastantes, sua ousadia misturada com sua cautela, interessam sobremaneira Christian. Em seu jogo de conquista. Christian irá mostrar a Anastasia novas formas de utilizar seu corpo, formas condenáveis e assustadoras para muitos, mas que despertarão em Anastasia sensações que ela não sabia existirem.

A verdade é que por trás de todo esse poder e esses gostos 'excentricos' há um homem com um passado sombrio, que o moldou no que é hoje, um Dominador, um homem que não gosta de ser tocado. A inocente Anastasia se vê envolvida por Christian, e ao mesmo tempo em que quer descobrir o que Christian tem a oferecer, também quer descobrir mais sobre ele, seu passado, e quer que ele a ame e não que a tenha somente como uma Submissa. É a estória dessa relação, desse amor, dessa superação de obstáculos que acompanhamos nessa série.

A verdade é que essa estória me surpreendeu e muito. Se você está pensando que só por que esse assunto é abordado no livro que só há cenas fortes, está muito enganado. Essa estória é muito mais do que só falar dos desejos e necessidades de um sadomasoquista. Fala do passado, de traumas, de amor, de fé em si mesmo, de enfrentar o passado, pensar no futuro. Se adaptar aos outros, amar incondicionalmente. Fala da determinação de um mulher em entender o homem que ama e ajudá-lo a se aceitar, a se perdoar, a perdoar seu passado e superar seus traumas, a se entregar....

Eu nunca senti tanta empatia por personagens antes. Eu ri, chorei, fiquei triste, ri (as trocas de email entre os dois são hilárias e te deixam com um sorriso meio bobo no rosto) e senti afeição pelos personagens como se eu mesma fizesse parte da estória. Foi impressionante, nunca tinha gostado tanto de um romance como eu gostei deste. Sim, muitos livros bons já passaram por minhas mãos, mas Fifty Shades deixou uma marca diferente e que eu ainda não consigo entender completamente. Eu já reli o epílogo da série umas 15 vezes e sempre sinto a mesma emoção. É com certeza uma série que eu vou reler.

Muita gente vai deixar de ler uma grande estória por preconceito, ou contra o assunto em si ou mesmo contra o gênero. Não façam isso. Não percam um estória linda por opiniões pré-concebidas. Se disponha a ler e aí sim critique. Tenho certeza que ninguém abordou esse tema e os obstáculos de um casal assim tão bem antes. Para você ver como essa série tem um potencial muito grande de ganhar mais fãs pelo mundo, a Intrínseca, que pelo que eu sei não publica estórias do tipo, ganhou o leilão dos direitos da série, pagando para isso 500.000 dólares, um valor tão alto para algo do tipo que teve destaque em uma das edições da revista Veja. 

Eu A-D-O-R-E-I e virou favorita! Dê uma chance. Vale à pena.


19 comentários:

  1. arrepiei só de ler. parece ótimo principalmente porque os personagens não se assemelham muito ao clichê de sempre. nunca tinha ouvido falar nessa série, mas agora fiquei curiosa, mais ainda pra descobrir em que a relação desses dois personagens culmina! e as capas também são show.
    Demorou pra lançar aqui no Brasil, hein? ;D
    beijoo!

    ResponderExcluir
  2. Eu quero muuuuiiito ler essa série e não vejo a hora da Intrínseca lançá-la( fiquei muito impressionada quando soube o preço que a editora pagou pela série O.o) Depois de ler essa resenha, eu fiquei com algo dentro da cabeça que me diz que não vai passar enquanto eu não ler essa série. Eu me interesso muito por coisas polêmicas, que muitas vezes julgamos sem nem menos conhecer direito sobre, e adoro esses livros que nos fazem entender o outro lado, o lado de quem vive aquilo, e não de quem julga. #ohmeudeuseuqueroleresselivroagora

    ResponderExcluir
  3. Realmente parece ser uma história forte e sobre um tema que não é abordado com frequência. Mas é interessante variar os estilos de leitura e deu pra perceber que você ficou bem impressionada com a história.

    ResponderExcluir
  4. Muito impressionada! Não é uma das melhores escritas do mundo, mas estória compensa!

    ResponderExcluir
  5. Eu também não vejo a hora de lançarem!!!!  Vou comprar e reler. Na verdade to pensando em comprar em inglês mesmo e depois em português rsrsrsr

    ResponderExcluir
  6. Nunca tinha ouvido falar dessa série mais adorei a resenha.
    Capas lindas e bem diferentes né?
    Só uma pena que eu sou péssima no inglês tomara que a Intrínseca lance logo.

    bjs
    Tais
    http://www.leitorafashion.com.br

    ResponderExcluir
  7. Esse, sem dúvida, é um casal diferente. Os livros devem ser muito interessantes. E pra intríseca pagar tudo isso... deve valer muito a pena!
    Adorei a resenha Biah!
    fiquei muito ansiosa para ler o livro!

    ResponderExcluir
  8. Quando tu falastes desses livros no sábado eu já fiquei curiosa, mas depois de ler tua resenha fiquei quase desesperada pra ler!!!
    A paixão nas tuas palavras tornam os livros mais intrigantes, e imaginei o quão difícil seria escrever sobre eles, mas ficou muito legal!!
    E realmente, não parece muito com os padrões da Intrinseca, mas que bom que eles compraram! huahuahuahua
    Agora vou ficar aqui, na vontade de ler logo!!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Ai eu já queria muito ler esse livro, e só estava esperando uma resenha para ter certeza. E depois da sua, nossa eu quero muito esse livro!
    A Intrínseca já tem previsão de lançamento? Não sei se espero ou leio em inglês, mas a ansiedade está tanta...

    Adorei a resenha ;D
    Beijitos
    http://www.bookpetit.com/ 

    ResponderExcluir
  10. Sabe como são os nomes desses livros em portugues?

    ResponderExcluir
  11.  Não, pois a editora não anunciou nenhum nome, e eu também não vi ninguém arriscar uma tradução por aí =D

    ResponderExcluir
  12. Eu li a história, quando ainda era uma fic, e sem dúvidas eu irei comprar quando sair em português. É muito bem contada, tem uma história envolvendo os personagens, não é apenas S&M.
    Sem dúvida será um grande sucesso!!!

    ResponderExcluir
  13. Olá!

    Eu estava dando uma voltinha no bookdepository buscando um livro para eu comprar. Escolhi alguns e vi essa trilogia, mas achei mais legal buscar uma referencia antes (para o caso de ser uma bosta) e você me convenceu que merecem ma chance. rsrs

    Bem legal você não postar sobre os outros livros por causa de spoilers...

    beijos

    ResponderExcluir
  14.  Tem sim amore, previsão de lançamento para agosto/setembro =D

    ResponderExcluir
  15. A série tão comentada, quero ler todos rsrs... resenha muito boa curti

    ResponderExcluir
  16. Achei que eu fosse a única que ama as trocas de email dos dois AHAUHAUHAU A história é realmente ótima. Terminei Fifty Shades Darker hoje pela manhã e tô procurando loucamente por Fifty Shades Freed aqui na Internet. Me senti muito envolvida pelo Christian hahaha era como se eu fosse a Ana. Todas as emoções que ela sentia, eu entendia completamente. O medo, o desejo que ela tinha por ele haha. É uma série que eu também, definitivamente, vou reler. =)

    ResponderExcluir
  17. O que é o livro Fifty Shades of freed? eu sei q deve ser uma continuação da saga mais eu consigo achar traduzido ?

    ResponderExcluir
  18. Eu me senti da mesma maneira em relação a trilogia desse livro. NUNCA fiquei tão viciada em uma saga como essa ! Estou ansiosa e com grandes expectativas em relação ao filme .

    ResponderExcluir

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo