segunda-feira, setembro 12, 2011

Eu Li: 4 de Julho - James Patterson

Título :
4 de Julho
Autor : 
James Patterson
Editora:
Arqueiro 
Onde Comprar:
Saraiva  |  Submarino  |  FNAC

Lindsay Boxer é uma policial exemplar. Chefe do Departamento de Homicídios da Polícia de São Francisco, a tenente recebeu várias medalhas e menções honrosas durante seus 10 anos de serviço. Ao fim de um cansativo dia de trabalho, Lindsay se encontra com Claire Washburn e Cindy Thomas num bar. As três amigas compõem o Clube das Mulheres contra o Crime, grupo que tenta solucionar os casos ocorridos na cidade. Após alguns drinques, a tenente recebe uma ligação do inspetor Warren Jacobi. Ele acaba de localizar um veículo suspeito, visto na cena de um crime. Em poucos minutos Lindsay está no carro de Jacobi, cruzando a cidade na cola de um Mercedes preto. Depois de uma longa perseguição, a abordagem policial acaba fugindo do controle. Os dois adolescentes que estavam no carro reagem, descarregando suas armas contra a dupla de policiais. A tenente atira em legítima defesa, mas o resultado é uma menina morta e um garoto tetraplégico. Lindsay é acusada, entre outras coisas, de má conduta profissional e se vê num lugar que nunca imaginaria ocupar: o banco dos réus. Será o fim do Clube das Mulheres contra o Crime? A jovem advogada Yuki Castellano conseguirá provar a inocência da tenente? Enquanto aguarda o julgamento, Lindsay decide passar uma temporada em Half Moon Bay. Mas a pacata cidade vem sendo palco de crimes brutais e a polícia parece não fazer nada. Mesmo de licença e fora de sua jurisdição, a tenente resolve investigar os assassinatos, com a ajuda de Claire e Cindy. Para sua surpresa, ela encontra ligações entre aquelas mortes e um caso ocorrido 10 anos antes, que ainda é uma mancha em sua carreira. O Clube das Mulheres contra o Crime é uma das melhores séries de suspense de todos os tempos. Escrito de maneira ágil e envolvente, 4 de Julho comprova por que os livros de James Patterson sempre chegam ao topo das listas de mais vendidos nos países onde são publicados.


Como eu disse no vídeo do Chegou Pra Mim #29, sempre achei difícil resenhar romances policiais justamente pela dificuldade de não dizer spoilers. Sei lá, pra mim, em romances policiais, qualquer coisa dita pode influenciar na leitura, nas suspeitas das pessoas que estão lendo e por aí vai. Falar dos personagens então é limitadíssimo. Mas vamos lá!

Eu estava achando o começo do livro meio devagar. Eu estava esperando entrar logo no mistério principal, mas quando percebi que estavam contando uma história paralela antes eu fiquei meio desanimada. Na verdade eu ainda não tinha entendido que o livro conta duas histórias, ambas envolvendo Lindsay, ao mesmo tempo. 

Uma dessas estórias envolve uma operação policial que resultou na morte de uma adolescente, e por causa disso Lindsay terá que passar por um julgamento, com a possível pena de afastamento da polícia e indenização de 50 milhões de dólares aos pais e irmão da adolescente morta. Esse caso mexerá com a opinião pública, e tocará na ferida do 'abuso policial' levando Lindsay a ter que se afastar da cidade e ir morar em uma cidade próxima, na casa da irmã.

É nessa cidade que a outra história é contada. Há muito tempo atrás Lindsay se deparou com uma vitima que tinha sido degolada e açoitada nas nádegas. Agora, de volta à cidade onde o crime ocorreu, ela se vê diante de novos assassinatos, com o mesmo padrão daquele assassinato de dez anos atrás, e começa uma investigação particular. E os culpados são surpreendentes!!

Depois que a gente o pega o ritmo da história, e concilia as duas histórias do livro, o slogan de James Patterson, 'As páginas viram sozinhas', se torna perfeitamente adequado. Quando eu percebi já estava nas páginas finais! 

Apesar de ser o 4º livro da famosa série de James Patterson, O Clube das Mulheres Contra o Crime, não senti dificuldade na leitura, pois apesar de serem as mesmas personagens, Lindsay, Cindy e Claire, os casos são diferentes. Muito legal mesmo! Não vejo a hora de ler mais aventuras desse clube de mulheres fortes e determinadas!




4 comentários:

  1. Ei Biah...

    Noooossa o livro parece muito bom mesmo heim? Eu não sabia que se tratava de uma serie. Amoooo suspenses policiais \o/ Dica anotadissima para uma futura leitura!

    fato que eu tbem fico meio perdida qdo temos estorias paralelas, mas acho que isso contribui pra que o suspense seja bom né? Pq se tudo vier explicadinho logo de inicio perdi um pouco da graça kkk

    Adorei sua resenha,parabéns e beijos

    ResponderExcluir
  2. Não sou muito fã de romances policiais então essa não é uma das minhas prioridades :)

    Beijocas,
    Thais P.
    http://thaypriscilla.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Livros que abordam estórias paralelas tendem a ser muito interessantes!
    Ainda mais quando elas começam a se interligar e convergem para um ótimo desfecho.
    Pelas boas referências só posso imaginar que James Patterson soube conduzir os personagens e as estórias com propriedade!
    Há alguma previsão pro lançamento dos próximos livros da série??
    Ótima resenha! :)



    obs: protagonista mulher e policial...super me lembra Eve Dallas xD

    ResponderExcluir
  4. Oi ..

    Este livro está aqui comigo e deve ser uma das minhas próximas leituras. Não sou muito fã de suspense policial, mas o livro deve ser realmente muito bom.
    Quero comprovar o slogan do Patterson: "As páginas viram sozinhas".

    Ótima resenha.

    João Victor
    http://amigodolivro.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo