Eu Li: Acorda pra vida, Chloe Brown - Talia Hibbert

Título:
Acorda pra vida, Choe Brown 
Autora:
Talia Hibbert
Editora:
Paralela
Série:
As irmãs Brown
Ano:
2021



Uma deliciosa comédia romântica que mostra que coisas incríveis podem acontecer se você se abrir à descoberta — de si mesmo e do mundo ao seu redor.
Depois de quase ser atingida por um carro em alta velocidade, Chloe Brown se deu conta de que seu obituário seria um tanto entediante. Para reverter essa situação, ela decide montar uma lista de atividades necessárias para finalmente "acordar para a vida".
Mudar assim não é nada fácil, mas, para sua sorte, Chloe encontra alguém que — mesmo a contragosto — pode ajudá-la nessa missão. Seu vizinho Red Morgan é um motoqueiro misterioso, que tem várias tatuagens e mais sex appeal que uma estrela de Hollywood.
No entanto, um acordo leva Chloe e Red a se aproximarem e perceberem que suas primeiras impressões um do outro estavam erradas. E que, mesmo com traumas do passado e receios quanto ao futuro, o amor nunca perde a chance de surpreender.


Nesses últimos dias o blog fez uma imersão em romances de época e fantasia, perceberam?
Por mim está mais do que maravilhoso pois somos mulheres apaixonadas por romances neste espaço e isso é facilmente perceptível.
Inclusive, hoje venho humildemente SUSPIRAR por este que também é um romance, porém contemporâneo.
Um conteúdo de qualidade com tudo que temos direito: amor à segunda vista, tensão sexual nas alturas e a boa e velha putaria soft. É disso que a gente gosta!

*Lendo romance* 


O livro se inicia com a nossa protagonista morrendo. Ou quase. 
Sim, Chloe Brown não foi atropelada por pouco e isso trouxe à ela um processo de reflexão, afinal, se tivesse morrido o que estaria em sua lápide? O que Chloe teria levado para o além, senão lembranças de uma vida monótona e sem graça? 
A reflexão sobre vida e morte é um processo poderoso, meus caros. 
Depois disso, Chloe Brown decide que vai fazer as coisas de maneira diferente e monta a sua lista para acordar para a vida. 
Dentre diversas aventuras, Chloe decide sair da casa dos pais e morar sozinha. Para vocês pode até não ser nada demais (o que acho corajoso, afinal, vocês já viram o preço da carne???) mas para Chloe é apenas o primeiro passo de uma nova vivência intensa e, claro, para acordar para a vida. 

O seu novo apartamento é quase perfeito. Quase. 
Afinal, tem a presença do sempre sorridente zelador Redford Morgan. Ele é simpático com todos, o verdadeiro amigo da vizinhança, mas o santo de Chloe Brown não bateu com ele de primeira. 
Para ele, Chloe é apenas uma menina rica e mimada. Para ela, ele é apenas um intrometido que parece estar em todos os lugares ao mesmo tempo, sempre sorrindo, claro. 
Para nós, leitores, esse é o inicio de uma história tórrida e instigante! 

Apresentado o roteiro principal, é importantíssimo constar que essa história é riquíssima nos detalhes. 
Chloe tem uma doença crônica, fibromialgia, que se caracteriza com dores terríveis o tempo inteiro então ela se acostumou a um estilo de vida confortável para si mesma. A sua família é incrível, porém seus amigos não ficaram. Desta forma, Chloe tem uma rotina organizada que consiste em analgésicos, fisioterapia, trabalho e chás. 
Red Morgan é homem em processo de superação de um antigo relacionamento que impactou negativamente diversos aspectos de sua vida, de profissional à pessoal. Ele é um artista talentoso, porém inseguro. Ele é um homem maravilhoso, porém machucado. 
O encontro desses dois será repleto de sarcasmos, tensão sexual e tesão acumulado. Também será completamente envolto em suporte e superação. 
É uma história maravilhosa de se acompanhar! 

"Acorda pra vida, Chloe Brown" é um livro encantador, querides! Tem uma narrativa divertida, envolvente, além de ser uma leitura rápida e confortável. 
Além disso, como supracitado, é uma história que entrega nos detalhes. 
Chloe é uma protagonista negra que ama e é amada. E vocês que me desculpem, mas não são muitos os livros que entregam um romance soft para as mulheres negras, então, querida Talia Hibbert, obrigada.
A narrativa é em 3ª pessoa porém com muitos diálogos, o que deixa o fluxo de leitura bem dinâmico. Isso significa que é facilmente um livro de categoria: ler numa sentada. 

Para quem está em busca de um livro leve, apesar do conteúdo adulto (sim, palavras de baixo calão, cenas calientes, mas ainda um livro fofo), "Acorda pra vida, Chloe Brown" é uma ótima pedida! 
Estou ansiosa para que a editora Paralela traga as histórias das outras irmãs Brown, que já conhecemos neste primeiro livro e já se mostraram personagens com ótimos potenciais.

Se vocês lerem essa indicação, voltem aqui para conversamos, hein! 
Até a próxima! 

Leiam


Assistente social apaixonada por livros. Militante da transformação social através da literatura.

Recomendado Para Você

Comentários