Eu Li: Amor de um duque - Lorraine Heath

Título:
Amor de um duque
Autora:
Lorraine Heath
Editora:
Harlequin
Ano:
2019
Série:
Sins Of All Seasons #2

Adicione ao Skoob


Gillie Trewlove sabe o valor da bondade de desconhecidos, já que foi abandonada ainda bebê na porta da mulher que a criou. Quando se depara com um homem sendo agredido em sua própria porta — ou melhor, no beco próximo da sua taverna —, ela não hesita em ajudá-lo. Porém, o homem é tão bonito que não pode pertencer a um lugar como Whitechapel, muito menos à cama de Gillie, na qual ele precisa ficar para se recuperar.O duque de Thornley está tendo um péssimo dia. Ser abandonado no altar é humilhante, ser salvo de bandidos por uma mulher — ainda que uma mulher linda e corajosa — é mais ainda. Após ajudá-lo a se recuperar, Gillie concorda em acompanhá-lo pelas ruas sombrias de Londres em busca da noiva.
No entanto, cada momento juntos os leva ao limite do desejo, e faz o duque repensar sua escolha a respeito do casamento. Gillie sabe que a aristocracia nunca iria aceitar uma duquesa como ela, mas Thorne está disposto a provar que nenhum obstáculo é insuperável diante do amor de um duque.

Admito que não conhecia essa autora, mas ela tem ganhado de pouquinho em pouquinho o meu coração com os enredos mirabolantes dos romances de época dessa série em especial. No livro de hoje, meus amados, leitores nós temos uma mulher de negócios no poder, Srta. Gillie Trewlove, dona de uma das tavernas mais respeitadas da cidade. Mas antes de chegar nessa parte, vale a pena lembrar que este é o segundo livro de uma série, e a meu ver há prejuízo na leitura se você ler fora de ordem.

Vamos aqui relembrar que no contexto dessa trama, no subúrbio de Londres existia a casa de uma viúva chamada Trewlove, onde alguns nobres levavam seus filhos fora do casamento para desaparecerem do mapa, por uma quantia a ser discutida. Não vamos entrar muito no esquema geral e nefasto da transação. Digamos que a partir de um determinado fato, a Sra. Trewlove passou a adotar esses filhos sem mãe. E assim temos, muitos anos depois, uma família poderosa chamada Trewlove onde cada um dos filhos se destacou em suas carreiras se tornando assim excelentes empreendedores.

No primeiro livro conhecemos o Sr. Mick Trewlove, dono do maior e mais luxuoso hotel da cidade. Um homem que sempre se dá bem nos investimentos especulativos, o filho mais velho da família Trewlove. Que por meio da vingança acaba conhecendo o amor. E neste primeiro livro vamos ser brevemente apresentados a cada um dos irmãos, que se não me engano são 6 ou 7 ao todo. No segundo livro, que é justamente a resenha de hoje, vamos conhecer a temida Srta. Gillie Trewlove, uma mulher muito humana às dores dos outros, e que com mãos de ferro consegue manter a taverna da qual é proprietária. 

Desde cedo Gillie começou a aprender aqui e ali o que era a rotina de uma taverna e observava a gestão dela. Trabalhando desde sempre, Gillie não vivenciou devidamente sua infância e amadureceu muito rápido. Nunca chegada a vaidades e luxos, possui o cabelo cortado fora dos padrões de moda para que atendam às suas necessidades pessoais. Sempre usando uma faixa ao redor dos seios para não chamar atenções indesejadas. Vestindo roupas que atendam as demandas da taverna, pois ela precisa sempre estar disposta para trabalhar em várias funções. Mesmo amando muito seus irmãos, eles não interferem na gestão da taverna ou vida dela. Tanto é que ela vive sozinha em um apartamento próximo a taverna.

Certa noite Gillie estava fechando seu empreendimento quando foi surpreendida por assaltantes espancando um homem no beco. Bastou ela gritar com eles para que reconhecessem a voz dela e corressem de medo. Gillie não conseguiu reconhecer inicialmente os ladrões, mas era uma questão de tempo até desvendar aquele mistério, por hora acolher a pessoa deixada no chão era mais urgente. Com a ajuda do pequeno leva e traz da taverna ela conseguiu levar o jovem homem até seu apartamento e chamou o médico para cuidados imediatos. 

O médico aconselhou a ela que o paciente permanecesse em total repouso pois levou pontos e estava muito fragilizado, e assim ela resolveu manter aquele estranho desacordado em sua casa. Deu um jeito de deixar a taverna funcionando na noite seguinte para que permanecesse auxiliando nos cuidados do homem. Não demorou muito e ele acabou acordando e se revelando como o nono Duque de Thorney, Anthony. Não logo de cara, mas a questão foi inevitável depois de um tempo, Gillie acaba por descobrir que Anthony estava ali procurando sua x-noiva que o abandonou no altar e fugiu da casa de seus pais. 

Anthony não consegue enxergar direito o rosto de sua salvadora, apenas vai descobrindo com o tempo que não é uma mulher muito usual, mas firme, decidida, inteligente e sábia. Depois de um tempo de cuidados ele se viu mais forte, mas não o suficiente para encarar uma viagem de carruagem pelas ruas intrépidas de Londres. Gillie faz de tudo para conseguir esconder dos irmãos a existência de um homem praticamente nu em seu apartamento pois como consequência de interações ela meio desenvolveu certo sentimento de posse, e quer viver isso até a partida dele.

Depois de algum tempo aos cuidados de Gillie, Anthony parte para sua casa com as melhores recordações da dona da taverna. Então não foi nada estranho alguns dias depois ele surgir já recomposto na taverna dela, já munido de seus óculos, e vestimentas mais apropriadas a um Duque e reconhece quase que de imediato Gillie mesmo sem ter conseguido ver o rosto dela com nitidez nas outras vezes. Após tentar de todas as formas pagar seu debito com ela, e ser recusado. Anthony e Gillie acabam entrando em um acordo e juntos passam a procurar pela noiva em fuga.

Anthony não quer forçar ninguém a ficar com ele, ele apenas está preocupado que ela tenha se escondido com medo dele forçar este casamento indesejado. Para ele a honra da família é tudo, mas não as custas da felicidade de alguém. Ele precisa de uma esposa perfeita para ser Duquesa, mas o conceito de perfeição vai ganhando outras proporções quando ele vai conhecendo cada vez mais Gillie. E passa a ponderar qual honra vem em primeiro lugar: para com o título e sua família ou para com seu coração e felicidade? No final dessa jornada ele vai mesmo conseguir voltar a viver como se não tivesse conhecido uma mulher maravilhosa como Gillie?

As narrativas da autora Lorraine Heath são muito envolventes, pois ao mesmo tempo que você é cativada pela trama do romance você fica se perguntando o que aconteceu para a ex-noiva ter fugido na surdina do altar e onde ela está? A narrativa também é fluida e os diálogos são apaixonantes. A Gillie é uma mulher grandiosa para a trama. Gostei muito de conhecer a história dela.

Espero que tenham gostado da resenha e fica a dica!




Assistente Social por amor a profissão, descobriu em 2013 uma nova paixão: ser blogueira literária. Desde então vem se apaixonando mais a cada novo livro lido. Descobriu através de Jose de Alencar e só reafirmou ao ler Jane Austen, que Romances de Época são imprescindíveis para a sua vida assim como respirar. Adora intercalar suas leituras com momentos em família, séries de tv, doramas, música, bujo, fotografia, saídas com amigos e seus cachorros lindos. Encontra na literatura uma forma de desbravar o mundo e fazer novos amigos.

Recomendado Para Você

Comentários