segunda-feira, fevereiro 04, 2019

Lançamento: Princesa Implacável - Mary Oliveira

Título:
Princesa Implacável
Autora:
Mary Oliveira
Editora:
Independente
Ano:
2019
Formato:
E-book

Adicione ao skoob

Encontre na Amazon


Hannah é princesa de uma sociedade machista, possui uma coroa que não lhe dá poderes, é a única herdeira de uma dinastia e o maior problema com o qual o Conselho de seu principado precisava lidar... até se livrarem dela com um casamento.

Privada de sua liberdade e escolhas, ela é obrigada a se casar com Henry, que a surpreende em sua noite de núpcias, oferecendo um acordo.
O problema inicia quando ela começa a descobrir os perigos e conspirações que estavam por trás de seu casamento, entende os motivos que levaram Henry a oferecer-lhe aquele acordo e admite que o sorriso dele a desestrutura com mais facilidade do que consegue impedir.
Escolher entre sua liberdade, suas responsabilidades com seu povo e seu casamento parecia simples... até seus sentimentos e desejos entrarem em conflito.

Que tal começar a semana com um surto "fã girl"?

Para você que acompanha as resenhas e posts no blog não vai ser estranho encontrar novamente o nome "Mary Oliveira" por aqui, afinal de contas, em outubro do ano passado, tive meu primeiro surto sobre o trabalho dessa mesma autora. Não sei como ela passou a ter esse poder todo para que com palavras consiga despertar esse meu lado deslumbrado! 

Quem já leu essa duologia (veja aqui a resenha desses livros) vai entender e saber porque como ela passou a ser uma de minhas autoras contemporâneas nacionais favoritas.

Tive a oportunidade de conhecê-la antes da Bienal do ano passado, aqui em Belém, e depois ganhei de presente na Bienal a Duologia Trust lançada lá em sampa. Chique, né?

No decorrer da leitura, no ano passado, eu perturbei tanto, mas tanto mesmo, essa autora que realmente acreditei que ela tinha ficado bem assustada com meu comportamento fã girl, afinal de contas eu mandava direct toda hora KKKK, sem falar que li muito rápido os dois livros!

Fora isso, a repercussão de seu trabalho foi tão bom, que depois de algum tempo lançou um e-book para um dos personagens do livro que acabou se destacando e merecia um final pontual. E aí ela lança "Sexy e impulsivo" para complementar a história iniciada em "Intenso e misterioso" e logo após vem "Atraente e perigosa".

Parabéns à sua capista também porque amei as todas as capas de Trust!

Então, para minha completa surpresa e alegria insana, há alguns dias atrás a autora me procurou no instagram do blog e ofereceu uma "degustação" de um novo livro que seria lançado em fevereiro deste ano, chamado "Princesa Implacável". Me senti extremamente honrada em receber parte do livro antes mesmo do lançamento, mas já imaginava que o livro me cativaria tanto quanto os livros anteriores. Afinal de contas ,a Mary é quase uma especialista em criar personagens femininas badass!

No livro "Princesa Implacável" tudo começa por causa de um casamento. Na verdade, começa bem antes disso, mas não dá para sair dando spoiler do livro logo de cara, né?

Somos apresentadas a Hannah, uma jovem mulher que tem uma personalidade forte e não confia facilmente nas pessoas, principalmente se essas pessoas forem homens. Ela, na verdade, é filha do rei de um pequeno país que faz fronteira com a Inglaterra. E esse país possui uma política interna muito machista e elitista, o que sempre incomodou muito Hannah, de forma que desde cedo tentou participar das reuniões do conselho junto com seu pai para tentar mudar a forma arcaica de pensamento, mas ela sempre foi jogada para 'escanteio'. Depois de anos tentando fazer a diferença sozinha, ela acabou se conformando em parte. 

Até o dia em que seu pai chegou e disse que ela estava de casamento marcado com o príncipe de outro pais, pois os dois reis eram muito amigos desde sempre e queriam uma aliança mais duradoura desses laços, assim como a certeza de que uma pessoa preparada estaria à frente do trono dos dois países. Nem preciso dizer que isso tirou Hannah do sério, mas como toda princesas sabe, além de seguir seus sentimentos, ela deve levar em consideração suas decisões pois seu povo depende dela.

E assim Hannah começa a contar sua história a partir do momento que se encontra em sua lua de mel. O que ela não deixa claro logo de cara é que, na verdade, não sente toda antipatia que mostra por seu marido. Na verdade, ela sempre teve um crush nele, mas a imagem que tem dele sofreu um certo abalo depois de certas fofocas. Henry inicialmente parece um homem muito decente e procura não se mostrar muito para Hannah afim de não influenciar as decisões dela, então em um momento muito constrangedor Hannah e Henry firmam um acordo. Se durante alguns dias ela se convencer de que ele é um péssimo marido, vai dar o divórcio a ela sem muito drama.

Depois de debaterem sobre o assunto, até porque Hannah é uma mulher extremamente desconfiada, ela aceita e, assim, seguem educadamente sua farsa de lua de mel. Mas o que parecia ser só um acordo entre os reinos começa a se mostrar muito complexo pois Hannah descobre o que ficou em jogo quando se casou com Henry. E que tudo tem dois lados!

O pouco que li do livro me deixou bem intrigada sobre como Hannah vai conseguir tomar as rédeas da situação, e para uma princesa ela parece ter um gênio muito "descabido" em algumas situações. Mas as formas que acha de dar certas alfinetadas são INCRÍVEIS! Estou adorando a leitura e espero ter mostrado um pouquinho da minha empolgação durante essa leitura.

O livro iria ser lançado oficialmente hoje, mas ainda pouco recebi uma mensagem da autora me informando que já se encontra disponível na Amazon, então corre lá que você não vai se arrepender! E para os assinantes do Kindle Unlimited o livro está disponível para download de boas.

Só acho que é meio difícil abrir mão de um crush como Henry mas, vejamos, o que Hannah vai fazer sobre a confusão entre sentimentos e politica!



Um comentário:

  1. A autora aqui gostaria de dizer que adora os surtos pelo instagram ��❤️ continue à vontade!! ��❤️
    Cara, tô boba com esse post, como lido? ��
    Hannah é uma mocinha forte, sim, mas tem seus momentos de fragilidade, seus medos de ser machucada e ainda mais oprimida, não consegue se controlar e ficar em silêncio, quieta e resignada ao ver injustiças ou quando se sente ameaçada. Isso é complicado pra ela. E para quem convive com ela.
    Vejamos como Henry lidará com isso e como ambos vão decidir o que fazer com esse casamento e com seus povos.
    Fiquei muitíssimo feliz em saber que gostou do que leu até aqui, apesar de eu ter sido má com o final do arquivo que te enviei ������
    Espero de coração que esses personagens e a história continuem te conquistando.
    Obrigada pelo post lindo, por cada palavra, elas com certeza tornaram meu dia melhor, mais feliz��

    Beijooos ����

    Att,

    ResponderExcluir

Quer fazer essa equipe de blogueiros feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena!

Muito obrigada por comentar! Volte sempre!

P.S: Comentários ofensivos serão deletados.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo