sexta-feira, junho 16, 2017

3 Motivos para ler Academia de Vampiros

Olá, queridos!
Hoje vim tirar suas vidas da escuridão que é não conhecer "Academia de Vampiros".
Infelizmente, essa série de 6 livros não é tão conhecida como eu gostaria. 
Aí vocês estreitam os olhinhos e sussurram mentalmente "Aff, mais vampiros! Essa moda não vai acabar nunca?!". Vocês deveriam ter cuidado com o que pensam. Uma estaca pode parar em seu coração do nada e você nem vai saber de onde veio.
Estacas?! WHAT?! Sim, meu bem. Estacas. Batalhas. SANGUE! Mas claro que também tem amor. 
Vou expôr o porque você deve ler "Academia de Vampiros" nesse post. Podem me agradecer nos comentários.

Olar, Dimitri e Rose 


Sobre a autora: 

Richelle-diva-Mead é uma cidadã americana, casada, tem dois filhos e é ninja pois até o presente momento, não sei sequer os nomes de seus filhos. Ela tem 3 graduações: uma Bacharel em Estudos Gerais pela Universidade de Michigan, uma Mestrado em Comparação Religiosa pela Universidade Western Michigan, e uma Mestrado em Ensino pela Universidade de Washington. (E eu sofrendo para conseguir pagar minha primeira pós, tsc.) Ela é bastante twittera e vive nos fazendo sofrer quando está em processo de escrita. 

Richelle-ruiva maravilhosa-Mead é autora de antologias e 5 séries, sendo que 3 adultas:
Georgina Kincaid - 6 livros;
Dark Swan - 4 livros;
Age of X - 2 livros;
E 2 séries YA:
Vampire Academy - 6 livros;
Bloodlines - 6 livros;
Sou uma fangirl muito dedicada e obviamente que já li quase todas as suas séries; só me falta começar Age of X e Soundless, um stande alone que saiu recentemente
Praticamente todos os seus livros foram publicados no Brasil, com exceção da continuação de "Dark Swan" e o 2° livro de "Age of X". 

Porém, já como nosso papo aqui é sobre "Academia de Vampiros", então vamos à ele!

Resumo da série:

Aaaah

O universo de Academia de Vampiros se passa na escola St. Vladimir (e daí o termo academia), onde só estudam vampiros. Porém, há vampiros de 3 tipos, acompanhem:
Moroi: são os vampiros puros sangue. Eles tem presas e precisam se alimentar de sangue e são muito frágeis a luz do sol. Em tese, deviam ser os ~vampiros bons~. Eles manipulam elementos como águaar, terrafogo e um ainda desconhecido e raro que é chamado de espírito. Já que são pacíficos, não usam seus "poderes" para batalhas.
Dampiros: são os mestiços. Seus pais normalmente são moroi/dampiros ou moroi/humanos. Os dampiros não procriam entre si, ou seja, eles precisam dos moroi para que sua espécie sobreviva, então é esse o trabalho deles: defender os moroi.
Os dampiros tem o melhor das raças: são fortes, velozes, super resistentes, não tem problema nenhum com o sol e não precisam de sangue em sua dieta. Dampiros são fodas.
Strigoi: são os vampiros do mal que os fãs de Dráculas e haters de "Crepúsculo" vão adorar. Strigoi são criaturas malignas que só vivem a noite, pois morrem se forem afetados pelo sol. Se alimentam de sangue e seu tipo favoritos são os dos moroi. Os strigoi se transformam no que são, ou seja, um strigoi já foi moroi, dampiro ou humano. Eles são imortais; a não ser que alguma estaca os encontrem pelo coração e panz.

A narrativa é da perspectiva de Rose Hathaway. Ela é uma dampira cujo o objetivo maior é proteger sua melhor amiga e moroi da realeza, Lissa Dragomir.
Essas duas são amigas desde infância e um fato interessante as fará ter um laço psíquico, porém de mão única. Rose consegue ver e sentir coisas através de Lissa e isso não é muito legal. Lissa é uma das usuárias do elemento espírito, que é quase desconhecido, e ela sofre vários efeitos colaterais.
O espírito age de dentro para fora. Ele mexe com a sanidade. Lissa não sente coisas boas e passa tudo para Rose através do laço.
Lissa é a única integrante viva da sua família real e sua segurança é muito importante.
Como se não bastasse lidar com o conflito interno da melhor amiga, Rose ainda precisa se readaptar a escola. As atividades físicas são importantes, pois Rose está sendo treinada para ser uma guardiã. E ela quer ser especificamente a guardiã de Lissa.
Paralelo a relação das duas amigas, Rose se pega suspirando por seu instrutor de luta, Dimitri Belikov. Dimitri é um professor já adulto e muito responsável, claro que não vai dar mole para uma aluna.
Ou vai?

This is insane mexxxxxmo!

Para evitar os temíveis spoilers, vou parar o resumo por aqui.
Caso vocês tenham pulado tudo que escrevi acima, abaixo darei 3 motivos do porque causa, razão ou circunstância vocês devem ler "Academia de Vampiros". Venham:

1. TODOS OS LIVROS DA SÉRIE JÁ FORAM LANÇADOS; INCLUSIVE NO BRASIL! 

Conheço algumas pessoas que só querem ler séries com os livros já todos lançados porque ou não gostam de esperar, ou querem evitar sofrimento. Portanto, dampirinhos, não há desculpas nesse quesito.
Os 6 livros da série foram lançados em terras tupiniquis pela editora Agir. As capas são feias sim, eu sei, mas há boatos que Richelle Mead foi amaldiçoada. A mulher tem 5 séries e TODAS as capas originais, sem exceção, são feias que doem. Mas, óh, quem vê capa não vê coração quando se fala de Richelle Mead. Já li 4 séries completas e essa mulher é foda!

Capas gringas
A ordem dos livros no Brasil são: "O beijo das sombras"; "Aura Negra"; "Tocada pelas Sombras"; "Promessa de Sangue"; "Laços do Espírito" e "Último Sacrifício".

 2. HISTÓRIA, NARRATIVA, PERSONAGENS: FEELS!

Eu sei que a temática vampiros é meio tensa desde "Crepúsculo" (vocês são uns chatos! É amor!), mas "Academia de Vampiros" não tem N.A.D.A. a ver com "Crepúsculo". Acho que ambos os livros foram lançados no mesmo período, em 2007, 2008, e a maior preocupação de Richelle Mead era que se parece com "Harry Potter". Li umas entrevistas dela falando a respeito disso. "Harry Potter" também se passa em uma escola e tem suas aventuras mas "Academia de Vampiros" é bem único!

Richelle Mead se inspirou em mitos romenos (inclusive os nomes de vários personagens são do leste europeu) e visualizando a série por um todo, sua história é realmente inteligentíssima. Sério, é bem estruturado e super bem escrito.
Não sei o que atraí vocês em um livro, mas o que me pega pelo pé é: enredo, narrativa e personagens. E Richelle me pegou pelos dois pés!
Sua narrativa é fluída com um quê de humor negro. E esse é seu estilo (já li quase tudo disponível dessa mulher e sei do que estou falando). Ela é irônica, tratante, por vezes malvada mesmo, e claro que isso reflete em seus personagens. Richelle Mead não tem UM personagem idiota (os que aparentam costumam dar uma dor de cabeça que vocês nem imaginam). 
Todos os seus personagens, sobretudo suas protagonistas, são cheias de personalidade e muito atrativas.
No caso de "Academia de Vampiros", Rose é tão BADASS, MAS TÃO BADASS que ninguém a segura! Ninguém, amigos!

Você vai ter que passar por mim

A construção de enredo é interessante e o grande "porquê" da série vai sendo desvendado no decorrer dos livros; mesmo que cada livro tenha seu foco em certo propósito.
Os próprios personagens crescem muito com a evolução da história. A mudança é incrivelmente perceptível do começo para o fim da série.
Queria poder elevar meu espírito em teorias mas aí entraríamos no terreno de "Bloodlines" e ainda é não é hora. Mas aguardem.

3. TEM BATALHAS, SANGUE E... MORTE!

Esse tópico é especialmente para os chatinhos de plantão que acham que "Academia de Vampiros" é só mais uma historinha de amor de vampirinhos. Francamente, todo mundo gosta de um amorzinho gostoso vezequando, gente. EU GOSTO. GOSTO MESMO. QUERO E QUERO. QUERO AMOR, QUERO ATOS CALIENTES! 

Então, okay, a história tem romance sim, mas queridos, a narrativa é de uma aluna guardiã. No primeiro momento, ou seja, no livro 1, teremos basicamente a tensão escolar e as atividades de Rose que em suma é: lutar. Mas há surpresas significativas no começo da série.
E no futuro (a partir do 2° livro para ser mais exata), o negócio vai esquentar! As superficialidades vão ficando para segundo plano, a história vai pegar um ritmo mais tenso e pessoas morrerão. (WHY, RICHELLE?!)
Durante a série acontece muitas batalhas importantes e tensões dignas de ataques cardíacos (meu caso, claro). Os dampiros lutam por seu objetivo sem hesitar e mesmo alguns moroi vão bater de frente com seus tabus para lutar. Há muito sangue, dor, sofrimento. AI.

Para quem não sabe, existe uma adaptação de "Academia de Vampiros" que, para a minha tristeza infinita, flopou. Eu sei que coisas flopam mas queria tanto que tivesse dado certo. *Chutando pedrinhas* 
Mas nem tudo são flores, né non?

Bem, espero que eu tenha acordado vocês para a vida! Ler "Academia de Vampiros" é obrigatório para quem curte YA e uma ótima experiência para quem quer conhecer o gênero. 
Espero que tenham gostado e vão ler, vão. 

Beijos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo