quarta-feira, setembro 14, 2016

Eu Li: A Garota do Calendário - Fevereiro - Audrey Carlan

Título:
A Garota do Calendário - Fevereiro
Autora:
Audrey Carlan
Editora:
Verus
Série:
A Garota do Calendário #2

Adicione ao Skoob


Ela precisava de dinheiro. E nem sabia que gostava tanto de sexo. O fenômeno editorial do ano e best-seller do New York Times, USA Today e Wall Street Journal

Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato.
A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. 
Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... 
Em fevereiro, Mia vai passar o mês em Seattle com Alec Dubois, um excêntrico artista francês. No papel de musa, ela vai embarcar em uma jornada de descobertas sexuais e lições sobre o amor e a vida que permanecerão com ela para sempre.
Gente, que série de livros hots é essa? #MeAbana

Vou logo avisando que se você não curti muito spoiler, melhor parar de ler essa resenha por aqui mesmo. Talvez você não saiba (ainda) mais está série é composta de 12 livrinhos (um para cada mês) e cada um deles tem por volta 140 páginas. Então além do livro ser muito rápido para ser lido, pense em como poderia eu fazer a resenha de um livro tão fininho sem contar alguns detalhes que podem acabar se tornando spoiler?

Nossa personagem principal continua sendo a nada convencional Mia Saunders. Um agarota de 24 anos que está arcando com muitas responsabilidades de uma vez só: pagar as contas do hospital do seu pai que continua internado em coma; pagando as despesas relacionadas a faculdade de sua irmã (que mais parece uma filha) que é o seu orgulho e faz de tudo para que ela se torne alguém importante na vida. 

Além disso ela tem que dar um jeito de pagar o débito absurdo que o pai dela fez com um agiota, que por sinal é o ex dela, e que insiste em cobrar da família (das filhas do cara) o débito. Ela definitivamente se anula, coloca sua vida em stand by, para dar o maior suporte às duas pessoas que são de suma importância para ela. E para melhorar a situação ela acha (neura) que pode ter se apaixonado pelo seu primeiro cliente!

Bem, problemas a parte, ela tem que continuar com seu trabalho de acompanhante para a empresa Exquisite, que é da sua tia Millie. Nesse mês a tia dela mandou ela modelar para um Francês mundialmente famoso por seu um exímio fotógrafo/pintor e ele mora em Seatle.

Preparem os seus remédios de pressão e deixem o coração em casa, pois nessa viagem vamos conhecer o artístico, tatuado e Sexy Alec Dubois. Um jovem muito viril e artista que está com uma exposição marcada e precisa terminar seus quadros, mas para isso ele precisa que a Mia descubra o quão bela e sexy ela é, sem ser vulgar. E vai usar todo o seu charme e corpo para fazer a Mia se ver de verdade. 

Mia sabe que consegue atrair a atenção de um cara em segundos, ela sabe que mesmo não tendo as medidas da mais bela modelo da Victoria Secret (ela tem mais massa em algumas partes essenciais) consegue sempre o cara que se sente atraída. E quando ela chega no estúdio de Alec, e coloca os olhos nele ela sabe que não tem como fazer o trabalho desse mês sem ir para a cama com o pintor/fotógrafo.

No início desse aprendizado e convivência a Mia se sentiu meio suja, ela achou de neurar pensando que talvez ela esteja se tornando uma prostituta, no decorrer da história vemos como a Mia vai entendendo melhor o que é ser uma acompanhante. E não se importar muito com o que as pessoas acham do trabalho dela, o que importa mesmo é o que ela acha. No início a Mia também não consegue ver o que Alec insiste em ver quando olha para ela. Mas aos poucos Mia vai aprendendo um novo significado para a palavra amor, e de quebra ainda vai de fato ver quem é a mulher em que si tornou refletida não só nas telas de Alec, mas na vida real também. 

Mia sai para a sua próxima missão depois de fevereiro, com a alma renovada e tranquila sobre o que está fazendo com o seu corpo. Alec consegue fazer com que ela se veja e se valorize, e ainda explica a ela o conceito pelo qual ele vive, que é o amor livre. Ou seja, enquanto ele está com ela, ele ama somente a ela, mas quando chegar o próximo mês ele vai amar outras e assim a vida segue...

Mia parte para Chicago com um novo amigo, o nosso sexy Sr. Dubouis.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo