quarta-feira, julho 06, 2016

Eu Li: A dama da meia-noite - Tessa Dare


Título:
A dama da meia-noite
Autora:
Tessa Dare
Editora:
Gutenberg
Série:
Spindle Cove

Adicione ao Skoob

Pode um amor avassalador apagar as marcas de um passado sombrio?

Após anos lutando por sua vida, a doce professora de piano, Srta. Kate Taylor, encontrou um lar e amizades eternas em Spindle Cove. Mas seu coração nunca parou de buscar desesperadamente a verdade sobre o seu passado. Em seu rosto, uma mancha cor-de-vinho é a única marca que ela possui de seu nascimento. Não há documentos, pistas, e nem ao menos lembranças

Depois de uma visita desanimadora para sua ex-professora, que se recusa a dizer qualquer coisa para Kate, ela conta apenas com a bondade de um morador de Spindle Cove, o misterioso, frio e brutalmente lindo, Cabo Thorne, para voltar para casa em segurança. Embora Kate inicialmente sinta-se intimidada por sua escolta, uma atração mútua faísca entre os dois durante a viagem. Ao chegar de volta à pensão onde mora, Kate fica surpresa ao encontrar um grupo de aristocratas que afirma ser sua família.
Extremamente desconfiado, Thorne propõe um noivado fictício à Kate, permitindo-lhe ficar ao seu lado para protegê-la e descobrir as reais intenções daquela família. Mas o noivado falso traz à tona sentimentos genuínos, assim como respostas às perguntas de Kate.

Acostumado com combates e campos de batalhas, Thorne se vê na pior guerra que poderia imaginar. Ele guarda um segredo sobre Kate e fará de tudo para protegê-la de qualquer mal que se atreva atravessar seu caminho, seja uma suposta família oportunista ou até ele mesmo.

Oi gente, vamos fazer mais um terceiro passeio por Spindle Cove? Quem sabe tomar um banho de praia, ou respirar um ar puro? Participar das aulas de tiro oferecidas durante a semana? A diversidade de entretenimento em Spindle Cove é vasta.

Hoje estaremos falando/escrevendo sobre um livro cheio de mistérios e arrepios do passado! O livro é basicamente é a descoberta de vários esqueletos e fantasmas no passado do casal principal.

A principal pergunta que permeia o livro é: O que acontece quando duas pessoas com um passado obscuro, assustador, cheio de lacunas e segredos e ainda por cima...extremamente cabeças-duras se encontram e se apaixonam? Simples, essa história absurda vira um livro chamado A dama da meia-noite! Pois é, teve horas que eu quis jogar o livro longe devido a teimosia dos personagens...ARGHHHHHH. Amados, não estou brincando ou usando uma figura de linguagem aqui não!!!!!! Eles são estupidamente cabeças-dura. E olha que pensei que eu era teimosa...

Vamos aos fatos então? Ok! Os personagens desse livro já são conhecidos nossos, ou pelo menos de quem acompanha a série, desde o primeiro livro. Ninguém mais, ninguém menos que a nossa doce, mais nem tanto assim, professora de piano Srta. Kate Taylor. Uma personagem super apagada no primeiro livro, uma rebelde no segundo e uma flor no terceiro!

Diferente do primeiro e do segundo livro, este é sem margem para dúvida, o mais intrigante e misterioso até o presente momento. Devo admitir que fiquei chocada com a resolução do mistério que ronda a trama da Srta Taylor. E por vezes até duvidei que a personagem fosse conseguir o que ela conseguiu, mas a autora soube trabalhar de forma cativante o desenrolar de tantos mistérios.

Foi um livro denso de ler devido a grande quantidade de fatos misturados com os sentimentos deles, que você tem que ligar para resolver as duas principais tramas: quem é a Sra Taylor? E quem são essas pessoas que dizem ser a família dela? E sem esquecer que escavando o passado dela, estamos escavando o passado dele, o nosso nada galante mocinho. Que resolvi conscientemente deixar o nome dele fora da resenha porque isso também seria spoiler...a meu ver. (vai logo ler o livro)

Dentre muitos mistérios, posso só colocar para vocês o principal, sem correr o sério risco de soltar nenhum spoiler. Quem é de verdade a Srta Taylor? Ela é, até esse livro, uma moça sem família, sem passado e que devido a isso apareceu em Spindle Cove para ser professora de música para as filhas das famílias abastadas que são enviadas a cidade.

E que em um dia nebuloso como outros tantos, e que tinha tudo para terminar errado, por que TODO ELE já não estava saindo como os planos dela, recebe a visita de uma família muito rica e excêntrica que chega abraçando, beijando e mostrando pinturas impróprias como se fosse a coisa mais natural do mundo, naquela época, e no meio do chá, como se estivessem falando do clima, e largam no colo dela a bombástica notícia que eles são a família dela e que ela é MUITO rica.

Como reagir, se no mesmo instante que ela descobre isso, ela também fica noiva? E do cara mais improvável do mundo, e que sempre ronda os sonhos picantes dela? (gente vale lembrar que esse é um livro de época hot...apesar de que na resenha/livro ele fica parecendo mais mistério)  E que ela ainda não sabe, mais é a única pessoa na cidade que sabe quem realmente ela é? E o que aconteceu no passado para traumatizá-la a ponto de ela esquecer de tudo.

Pois é...viu como o livro é uma nova surpresa a cada capitulo? Quase não consegui respirar direito durante a leitura, devido a esses acontecimentos.

Uma das coisas que valem muitos pontos para a autora, é que a suposta família da Srta. Taylor, na sua constituição, aborda muitos temas interessantes. Como por exemplo, quando a personagem principal da trama durante um momento familiar descobre que a nova prima tem um relacionamento de muitos anos com uma outra mulher. E que a família dela sabe e aceita elas com todo o respeito e carinho que elas merecem. Ou o primo que presa o legado e a força do nome acima do amor. Ou a tia viciada em balas de pimenta que expressa todos os seus mais picantes pensamentos em voz alta.

Enfim...o livro é um prato cheio para quem procura diversidade em um livro de época.

Espero que vocês gostem dele, tanto quanto eu.

Fica a dica!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo