quinta-feira, abril 09, 2015

Eu Li: O Rei - J R Ward


Título:
O Rei
Autora:
J R Ward
Editora:
Universo dos livros
Onde Comprar:
Fnac | Submarino | Saraiva
Depois de recusar seu trono por séculos, Wrath, filho de Wrath, finalmente assumiu o manto de seu pai – com a ajuda de sua amada companheira. Mas a coroa pesa fortemente em sua cabeça. Enquanto a guerra com os Redutores continua, e a ameaça vinda do Bando de Bastardos está chegando perto de acontecer, ele é forçado a fazer escolhas que põe tudo e todos em risco.
Beth Randall pensou que sabia no que estava se metendo quando ela se relacionou com o último vampiro puro-sangue no planeta: não seria nada fácil. Mas quando ela decide que quer ter um filho, percebe que não estava preparada para a resposta de Wrath – ou a distância que essa decisão criaria entre eles.
A questão é: o amor verdadeiro vencerá?

Hello amadinhos de plantão! Como vai o paginômetro de vocês?

Minha vida literária está cada vez mais agitada, se não estou cobrindo algum evento das editoras, estou fazendo resenhas ou conversando sobre livros (no Twitter ou no Instagram) e fazendo minha listinha mental, isso quando não acho várias dicas legais no Instagram e faço o screenshot básico nosso de cada dia na tela do celular para salvar a imagem linda dos livros.

Dessa vez, estou aqui para compartilhar minhas impressões sobre um livro, que foi extremamente aguardado entre as I.A.N fãs. Me considero uma delas, não tão eufórica, mas uma delas.

"O rei" é o último livro lançado, por enquanto, da saga da Irmandade da Adaga Negra. Venho percebendo que desde o livro do Quinn (Amante Finalmente) a autora vem desfocando gritantemente o casal que deveria ser o foco de toda a ação (em vários sentidos). No livro Amante Finalmente, os dramas familiares, sim, pois não tem como dizer que eles todos morando em uma casa (enorme/castelo/mansão), com seus respectivos pares e filhos, mais um monte de Dogens (empregados) não são uma família enorme, vem ganhando maior espaço na trama.

Então se você não gosta de livros que são contados na perspectiva de várias pessoas, não indico os últimos livros dessa saga vampiresca! #DICA1.

Além dos demais membros expressarem um pouco como as coisas estão indo com cada um deles após 12 livros, o livro ´´teoricamente`` tem como casal principal nossa amada primeira família. Teoricamente porque posso contar no mínimo uns 4 casais (Assail e Sola, Trez e Selena, Layla e Xcor, assim como conta a história dos pais do Wrath) se formando no livro, fora a primeira família, e engordando a já grande família da irmandade.

Wrath e Beth retornam para mostrar que em meio a calmaria, as coisas sempre podem ficar de cabeça para baixo, no olho do furacão. Particularmente, gosto de pensar que tudo só foi por água abaixo, por culpa inconscientemente do Zsadist (lindo, e meu IAN favorito) ou seja o que desandou nesse livro, vem sendo remoendo desde o livro Amante Desperto. 

Por que? Porque ele engravidou a Bella. E uma certa rainha ficou morrendo de inveja!

Uma das coisas que já escutei por aí, foi que a primeira família é muito certinha, e a Beth, submissa....óooooooooo...se fosse de fato assim não tinha ocorrido esse livro contando a guerra que foi ela querer um filho e o Wrath, não! Essa informação nem pode ser considerada um spoiler, pois já era um fato mais que esperado!

O Wrath continua sendo um vampiro/rei impossível, daquelas pessoas que você nem sabe quando respirar e quando não. Cada noite mais raivoso por ter que assumir o legado de seus pais, quando o que ele queria mesmo era estar nas ruas lutando. E como se já não fosse um saco fazer isso, ainda tem a glymera e o conselho que não vão com a cara dele.

Em contra partida temos a shellan dele que nesse livro tá uma pentelha de tanto que ela perturba, por que quer um filho. Só que os receios dele são mais do que louváveis, pois quando uma vampira engravida ela pode morrer no parto, e ele não quer perder a Beth, e ela não quer entender isso.

Enquanto isso, os irmãos sombra se encontram em uma situação delicada e acabam indo morar na casa da irmandade. Trez adora, porque ao que tudo indica, ele meio que é fã do Wrath, e também porque assim ele pode ficar mais perto da escolhida Selena, e o Iam nunca tem opinião sobre muita coisa, e acaba com um gato preto apaixonado por ele, e ele tem uma cozinha industrial onde ele pode descontar sua raiva cozinhando para a Rainha.

Alguns membros da irmandade são mais participativos que outros nesse livro. Como o próprio Zsadist e o John Matheus. Um fato legal do livro, é que acontece o casamento mais engraçado de toda a saga, só não posso dizer quem casa com quem, por que aí já é demais. Vai ler o livro!

No todo, gostei do livro, e ele me instigou a shippar muito o novo casalzinho da vez o Assail e a Sola, só que a autora conseguiu procrastinar o final deles para os próximos livros. O final, e as reviravoltas vão explodir a sua mente bookaholic, e vão te fazer gostar e não gostar do final. #PACIÊNCIA

Agora estou no aguardo do lançamento do próximo que vai contar a história dos irmãos sombras, agora, qual deles eu ainda não sei!

Fica a dica!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo