domingo, janeiro 19, 2014

Na Tela #4 - Dracula

Olá leitores!

Como estamos nas leituras? Algum livro que gostariam de recomendar?

Nesse novo post do #NA TELA, estaremos adentrando no mundo dos clássicos da literatura mundial. Por isso necessitamos de um pequeno resgate contemporâneo. Vampiros, quem nunca os encontrou de repente inseridos em seus livros? Séries de livros como Crônicas Vampirescas, Crepúsculo, House of night, A caçadora, Lazarus, Anjos da noite, Night Huntress, Irmandade da Adaga Negra, dentre muitos outros... Tornam essa figura mitológica parte da cultura pop nos dias de hoje, facilmente você encontra livros que tenham se não, um dos personagens vampiresco, mas todo um clã sugador de sangue.

Porém, a recomendação do dia é: retornemos aos clássicos!

Esta singela blogueira não esta querendo induzir vocês a largarem seus romances agora, e partirem diretamente aos clássicos. O que estou tentando sugerir é: vamos dar uma oportunidade à origem dos fatos?


Então gente, após todo o meu drama acima (queen of drama), acho que já podemos deduzir de qual livro e sua adaptação estaremos ´´falando`` hoje, não é? Vamos saborear um pouco do romance gótico escrito em 1897 pelo autor irlandês Bram Stoker, denominado de Dracula. 

Em Dracula, o autor baseou-se no fabulário húngaro do século XVIII para criar a história do Conde da Transilvânia, que se tornou o típico representante do mito do vampiro. Nesse livro, o leitor deve se preparar para penetrar num universo completamente gótico e envolvido por terror.
                                                               - Editora Martins Claret
Considerações da Blogueira parte 1: a foto ao lado é a capa do livro que possuo. Para começar os clássicos eis aí uma boa dica, pois que essa edição já vem com três livros.


Bem, o livro já começa colocando você em alerta, porque inicia com uma pequena reportagem de jornal, que o autor coloca, para materializar o personagem vampiro, alegando que enquanto ele estava escrevendo o livro, fatos estranhos aconteciam em outros locais do mundo.


Para você que já leu algumas das minhas resenhas no blog, deve saber que eu não gosto muito de livros que são narrados por várias pessoas de forma intercaladas, acho um pouco confuso. E este livro é um grave caso disso! Entre recortes de jornal, telegramas, diários de praticamente todos os envolvidos, como Jonathan Harker, Mina Harker, Lucy Westenra, Dr. Seward, e lógico que por Van Helsing. Todos eles se relacionando para contar como o misterioso conde entrou na vida deles e o que aconteceu desde então. 

De uma forma bem ampla, eu gosto muitíssimo de livros que tenham personagens vampirescos. Este romance é muito maduro com relação a descrição do personagem com presas, bem escrito (apesar da cacofonia de personagens) e curiosamente envolvente.

Ambientada por volta dos anos de 1890, Dracula é descrita como uma ´´grande novela internacional que é jovem, sexy e sobrenatural`` e ´´ uma mistura de Ligações Perigosas e Os Tudors``. A trama acompanhará o vampiro (Jonathan Rhys Meyers), que chega a londres fingindo ser um empresário chamado Alan Grayson, que pretende levar ciência moderna para a sociedade vitoriana. Na verdade, ele quer se vingar das pessoas que arruinaram a sua vida há séculos. No meio do plano, ele se apaixona por uma mulher, Mina Murray (Jessica De Goum), que parece ser uma reencarnação de sua falecida esposa.    (Site Omelete)

Considerações da Blogueira parte 2: Sabemos que as adaptações para o cinema baseadas no livro de Stoker, são muitas, e bem variadas...rsrsrs...a série que escolhi é relativamente nova, só possui 6 episódios ate o presente momento. Mas, o que me chamou a atenção nela, e não aos filmes como um todo, me fazendo relacionar o livro a série neste post, é o caráter fotográfico que me encantou, no quesito fotografia, figurino e ator principal a série já me ganhou. Visivelmente um romance gótico, as características encontradas em Alan Grayson, como sendo calculista, brutal, e sensual fazem você ficar cativada.

Eis um vislumbre do que encontrar na série:



Considerações finais: é de conhecimento geral entre leitores que adaptações de livros para as telas normalmente deixam os leitores um pouco decepcionados em alguns pontos. As adaptações nunca vão substituir a emoção de ler o livro, e não vão conseguir adaptar fielmente para os filmes, mais, é sempre bom dar uma oportunidade para as adaptações, pois quem não gosta de ver as tentativas de dar formas e cores aos seus personagens favoritos? 

Então gente, fica a mega dica!

Não esqueçam de comentar e sugerir novos livros e adaptações para o próximo na tela.

3 comentários:

  1. Eu tenho muita vontade de ler Drácula, mas ainda não consegui comprar o livro. :/
    Vi o primeiro episódio da série, mas como acompanho outras a mais tempo acabei enrolando para continuar a ver a adaptação.
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  2. Bom "House of Night" ser citada na mesma resenha que o clássico do Bram é quase um sacrilégio, mas tudo bem hahahaha.
    A obra do Bram não e só mais uma. Ela é a mais importante obra de vampiros que já foi escrita, não só porque é a primeira que romanceia a figura do 'vampiro' mas também porque é este livro que vai dar origem a todos os personagens que a gente conhece hoje. Sem a obra de Stoker, não teríamos nenhum Edward ou Lestat para amar hoje em dia =D Também acho que ele ser escrito de forma epistolar também dá mais dinâmica à leitura.
    Agora, sobre a série gostei da adaptação e da ambientação e me apaixonei pelo cuidado com a cenografia e o vestuário...Assistir Dracula é como ser transportado pra Londres do século XIX...muito bom!
    Espero que dê certo.!

    ResponderExcluir
  3. Olá! :)

    Nunca pensei em ler o livro, acredita?! Sei lá, acho que sou muito molenga hahaha. Não sei!
    Já quanto a série, eu comecei a assistir e não me cativou :( Não me senti motivada a continuar, apesar de gostar da atuação do ator (The Tudors, beijos)... não rolou amor.

    Beijos!
    Mi
    Inteiramente Diva

    ResponderExcluir

Quer fazer um blogueira feliz? Então deixa um comentário neste post! Você vai fazer todo o trabalho valer a pena rsrs
Mas tem um porém: Comentários ofensivos serão deletados.

Muito Obrigada por comentar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo