quinta-feira, fevereiro 28, 2019

Na Tela #24 - Homem Aranha no Aranhaverso

Título:
Homem Aranha no Aranhaverso
Ano:
2019
Direção:
Peter Ramsey, Bob Persichetti, Rodney Rothman
Produção:
Sony Pictures
Duração:
111 minutos

Após ser atingido por uma teia radioativa, Miles Morales, um jovem negro do Brooklyn, se torna o Homem-Aranha, seguindo os passos de Peter Parker. Entretanto, ao descobrir que o Rei do Crime está trabalhando em um a máquina especial para buscar realidades alternativas, ele é surpreendido com a presença de vários aranhas vindos de dimensões paralelas que o ajudarão a se tornar um herói de verdade.

Homem Aranha no Aranhaverso se consagrou como animação do ano no último Oscar ocorrido no dia 24/02. Quer saber mais sobre o filme? Então acompanhe esse especial!

terça-feira, fevereiro 26, 2019

Eu li: Ser Clara - Janaina Rico

Título:
Ser Clara
Autora:
Janaina Rico
Editora:
Underworld
Ano:
2012

Adicione ao Skoob

Clara é uma jovem brasiliense, de 27 anos, que está envolvida com os preparativos do casamento de sua melhor amiga, Laura. Durante a festa conhece um médico rico e famoso, o homem dos sonhos de qualquer mulher. Porém, acaba se envolvendo com um colega de adolescência. Mal sabe ela os obstáculos que viverá pela frente, tais como uma sogra desesperada e até mesmo tentativas de assassinato, até que consiga decidir o que quer da vida.
Trata-se de um livro de linguagem simples e atual, que descreve o cotidiano, os sonhos e as aventuras de uma mulher vivendo entre a realização de uma vida independente e o desejo de conhecer e viver um grande amor.
Clara, Laura, João Thomas, Léo são personagens que encontramos em nosso dia a dia, no trabalho, nos bares, nas festas. Um passeio pelos desejos e sonhos do imaginário feminino.

Sempre fui super fã de chick-Lit's. Desde que conheci Helen Fielding, de O diário de Bridget Jones, e esse gênero inovador entrou na minha vida, declarei amor eterno à ele.
Então pensem na minha animação quando há anos atrás me deparei com um evento do livro "Ser Clara" em Belém!
Naquela época tinha pouco contato com chick-lits declarados nacionais (já estava na época de surtar por Carina Rissi mas ainda estava meio sozinha pois, naquele tempo, a edição de "Perdida" era da editora Baraúna e poucas pessoas a conheciam) então a perspectiva de conhecer mais uma autora e ter mais um livro autografado me deixou feliz da vida. 
A autora Janaina Rico é super auto-astral e me deixou curiosíssima pra ler sua obra. 
Muito bem, eu li e me diverti demais!

sexta-feira, fevereiro 22, 2019

4 Adaptações literárias para o Oscar 2019

Olá, leitores!

A transmissão do Oscar 2019 irá ao ar no dia 24 de fevereiro e claro que estamos animados para mais um ano de premiações de filmes considerados incríveis pela crítica especializada. 
Particularmente, já assisti alguns e tenho meus favoritos, como qualquer ser humano.
No entanto, visto que somos um blog literário, no post de hoje vamos falar sobre alguns dos filmes indicados em categorias - que não necessariamente para melhor filme - que são adaptações de livros publicados em português.
Vocês já conhecem algum da lista abaixo? 

Confere!

quarta-feira, fevereiro 20, 2019

Eu Li: Amor nas Highlands - Suzanne Enoch

Título:
Amor nas Highlands
Autora:
Suzanne Enoch
Editora:
Gutenberg
Ano:
2018
Série:
Highlands #2

Adicione ao Skoob


Graeme, Visconde de Maxton e líder de um clã nas Highlands, possui mais inimigos do que amigos, incluindo seu vizinho, o temido Duque de Lattimer. Apesar disso, Graeme só pensa no bem-estar de seu povo e não procura confusão com os outros clãs. Mas quando seus estúpidos irmãos mais jovens sequestram Lady Marjorie, a irmã do duque, todos os planos de Graeme vão por água abaixo…
Marjorie Forrester é, por consequência, uma inimiga de seu clã, e capturá-la deixa Graeme no meio de um impasse: se entregá-la ao chefe do clã Maxwell, a jovem pode ser morta; se a deixar ir embora, seus irmãos poderão ser condenados. E se entregá-la ao Duque de Lattimer, Graeme é quem acabará morto.
O que o highlander deve fazer, além de manter a garota por perto até pensar no próximo passo? E como conter a atração inesperada que está surgindo entre eles?
Em Amor Nas Highlands, da autora best-seller do The New York Times Suzanne Enoch, você descobrirá o que o amor e a guerra têm em comum, e como a paixão pode surgir das formas mais improváveis.

Oi, gente! E as leituras deste ano estão fluindo? Ou a ressaca literária ainda assola o meio de vocês? Vocês sabem que romances de época sempre me ajudam a melhorar os ânimos e folego de leitura, ainda mais se neles tiverem escoceses de kilt (amo/quero). E pensando nisso, e em como o livro roubou a minha atenção, a resenha de hoje é dedicada a todos aqueles leitores amados que já se meteram em aventuras furadas com seus irmãos mais novos!

segunda-feira, fevereiro 18, 2019

Na Tela #23 - Dumplin' - Julie Murphy


Título:
Dumplin'
Autora:
Julie Murphy
Editora:
Valentina

Adicione à sua estante

Especialmente para os fãs de John Green e Rainbow Rowell, apresentamos uma destemida heroína e sua inesquecível história sobre empoderamento feminino, bullying, relação mãe e filha, e a busca da autoaceitação. Sob um céu estrelado e ao som de Dolly Parton, questões como o primeiro beijo, a melhor amiga, a perda de alguém que amamos demais e “estou acima do peso e ninguém tem nada com isso” fazem de Dumplin’ um sucesso que mexerá com o seu coração. Para sempre. Gorda assumida, Willowdean Dickson (apelidada de Dumplin’ pela mãe, uma ex-miss) convive bem com o próprio corpo. Na companhia da melhor amiga, Ellen, uma beldade tipicamente americana, as coisas sempre deram certo... até Will arrumar um emprego numa lanchonete de fast-food. Lá, ela conhece Bo, o Garoto da Escola Particular... e ele é tudo de bom. Will não fica surpresa quando se sente atraída por Bo. Mas leva um tremendo susto quando descobre que a atração é recíproca. Ao contrário do que se imaginava – a relação com Bo aumentaria ainda mais a sua autoestima –, Will começa a duvidar de si mesma e temer a reação dos colegas da escola. É então que decide recuperar a autoconfiança fazendo a coisa mais surreal que consegue imaginar: inscreve-se no Concurso Miss Jovem Flor do Texas – junto com três amigas totalmente fora do padrão –, para mostrar ao mundo que merece pisar naquele palco tanto quanto qualquer magricela.


Vocês também são altamente influenciados a ler livros para poder assistir as adaptações sem culpa ou sou apenas eu? 

Dia 08 de fevereiro estreou na Netflix o filme baseado na obra da autora Julie Murphy, que no Brasil é publicado pela Editora Valentina. A leitura já era uma meta antiga, pois sempre ouvi falar muito bem, no entanto, apenas quando senti o hype nas redes sociais foi que corri para conhecer a história. E que oportunidade maravilhosa! 
"Dumplin'" trata sobre temáticas como descobertas, auto-aceitação e laços afetivos. Desde já antecipo que adorei. 
Farei considerações a respeito das duas formas de arte - literatura e filme - sobre a obra e convido a vocês a virem comigo! 

sexta-feira, fevereiro 15, 2019

[Listopia] - Quatro Séries Favoritas da Nora Roberts



Olá! Sei que demorei uma vida para escrever essa listopia mas aqui está ela: a segunda parte dos meus livros favoritos da Norinha e dessa vez vamos falar sobre as séries ou trilogias. 
Toda minha saga com a Nora se baseou em livros chaves que me fizeram amar muito a autora e essas histórias. Todos os livros dela têm algo especial para mim, mas esses são meus favoritos.

´Você parece normal, mas na verdade é realmente emocionalmente danificado´

quarta-feira, fevereiro 13, 2019

#Diferentona 05 - Capitães da Areia - Jorge Amado


Título:
Capitães da Areia
Autor:
Jorge Amado
Editora:
Companhia das Letras


Desde o seu lançamento, em 1937, Capitães da Areia causou escândalo: inúmeros exemplares do livro foram queimados em praça pública, por determinação do Estado Novo. Ao longo de sete décadas a narrativa não perdeu viço nem atualidade, pelo contrário: a vida urbana dos meninos pobres e infratores ganhou contornos trágicos e urgentes.
Várias gerações de brasileiros sofreram o impacto e a sedução desses meninos que moram num trapiche abandonado no areal do cais de Salvador, vivendo à margem das convenções sociais. Verdadeiro romance de formação, o livro nos torna íntimos de suas pequenas criaturas, cada uma delas com suas carências e suas ambições: do líder Pedro Bala ao religioso Pirulito, do ressentido e cruel Sem-Pernas ao aprendiz de cafetão Gato, do sensato Professor ao rústico sertanejo Volta Seca. Com a força envolvente da sua prosa, Jorge Amado nos aproxima desses garotos e nos contagia com seu intenso desejo de liberdade.

Depois de um longo e tenebroso inverno, a coluna #Diferentona voltou! 
Para quem já tinha esquecido (rsss), relembrem a proposta do projeto AQUI

Eu poderia chorar muitas pitangas sobre falta de tempo hábil e poucas leituras concluídas - e seria tudo verdade -, porém, também quero apontar a minha falha de estar consumido poucos livros de temáticas mais clássicas. 
O livro em questão, por exemplo, li em meados de 2018 e de lá para cá se li mais 2 livros do nipe foi demais. 
No entanto, quero muito mudar essa rotina e adicionar mais essas leituras diferenciadas das temáticas abordadas no blog, sobretudo de autores nacionais, em minhas listas para 2019. 

segunda-feira, fevereiro 11, 2019

Eu Li: Um marido de faz de conta - Julia Quinn

Título:
Um marido de faz de conta
Autora:
Julia Quinn
Editora:
Arqueiro
Ano:
2019
Série:
Os Rokesbys #2

Adicione ao Skoob


Enquanto você dormia…

Depois de perder o pai e ficar sabendo que o irmão Thomas foi ferido durante uma batalha nas colônias, Cecilia Harcourt tem duas opções igualmente terríveis: se mudar para a casa de uma tia solteira ou se casar com um primo vigarista. Então ela cruza o Atlântico, determinada a cuidar de seu irmão pelo tempo que for necessário. Só que, após uma semana sem conseguir localizá-lo, ela acaba encontrando seu melhor amigo, o lindo oficial Edward Rokesby. Ele está inconsciente, precisando desesperadamente de cuidados, e Cecilia promete salvar a vida desse soldado, mesmo que para permanecer ao lado dele precise contar uma pequena mentira...

Eu disse a todos que era sua esposa
Quando Edward recobra a consciência, não entende nada. A pancada na cabeça o fez esquecer tudo que aconteceu nos últimos três meses, mas ele certamente se lembraria de ter se casado. Apesar de saber que Cecilia Harcourt é irmã de Thomas, eles nunca foram apresentados. Mas, já que todo mundo a trata como esposa dele, deve ser verdade.
Quem dera fosse verdade…
Cecilia coloca o próprio futuro em risco ao se entregar completamente ao homem que ama. Mas quando a verdade vem à tona, Edward talvez também tenha algumas surpresas para a nova Sra. Rokesby.

Todos sabemos o que dizem sobre as mentiras, não é mesmo? Basta uma pequenina de brincadeira para que ela vire uma bola de neve! E é assim que nosso livro começa. Mas antes de aprofundarmos mais no assunto, vale lembrar que o livro é o volume dois de uma série nova de Julia Quinn, então ler essa resenha pode ter algum efeito na sua leitura. Esteja avisado!

sábado, fevereiro 09, 2019

Eu Li: A esposa do soldado - Merline Lovelace

Título:
A esposa do soldado
Autora:
Merline Lovelace
Editora:
Cherish Book
Ano:
2019
Séries:
Trilogia Os Garret´s de Wyoming #1

Adicione ao skoob

Compre na Amazon

Determinada a encontrar seu marido desaparecido, Julia Bonneaux e sua filha partem em uma perigosa jornada ao Wyoming. Mas ao chegar ao Forte Laramie, Julia reencontra o Major Andrew Garret, o homem com quem se casara secretamente seis anos atrás, um espião da união, que a traíra e que ela acreditara estar morto. Agora ela precisa de sua ajuda, e Andrew se vê dividido entre o dever e o desejo, entre os mal entendidos do passado e a promessa de um novo começo.

Uma das coisas que mais gosto dentro dos romances de época é a capacidade ou criatividade das autoras em explorar várias possibilidades dentro de um período histórico que não vivemos, se dedicarem em pesquisar costumes, tradições e relações, de forma a contar posteriormente uma história fictícia e ainda fazer críticas ocultas contemporâneas nas entrelinhas que os leitores mais assíduos conseguem pegar 'logo de cara'. Demostra um tato com as palavras ou mesmo uma habilidade que é de deixar seus fãs cada vez mais apaixonados. E sempre procuramos por mais.

E pensando nessa 'sede' por mais livros e autores dentro desse gênero maravilhoso é que apresento a vocês Merline Lovelace atualmente lançada pela Cherish Books Br. Vamos conhecer um pouquinho dessa mulher poderosa dentro e fora dos livros?


quinta-feira, fevereiro 07, 2019

Quinta Em Outra Língua #76 - Lançamentos Mais Aguardados de 2019 - Parte 3


Vocês devem estar pensando: nossa, sério que ainda tem mais lançamentos esse ano? 
E a resposta é: SIM! Tudo culpa de uma escritora bastante conhecida por todos nós, que ama acabar com o nosso psicológico e mexer com o nosso emocional. 
Cassandra Clare, esse post é pra você!(Pareceu uma declaração, mas estou em um nível louco de ansiedade por causa dessa mulher). Enfim, aqui vamos nós.

Meu nível de desespero é: 

terça-feira, fevereiro 05, 2019

Evento: PA Book Club temático sobre Mulheres Negras

Olá, leitores!

Todo primeiro sábado de mês é dia de PA Book Club em Belém. Costumamos nos reunir na livraria FOX, a partir das 9h, para uma roda de conversa para falarmos sobre livros e, claro, indicarmos títulos e autores para os colegas. 
Vocês podem conferir a agenda de eventos do PA Book Club na página do facebook

Os sobreviventes do encontro perto às 13 horas 

Normalmente, realizamos eventos com temas de forma alternada; um mês, livre, outro mês com tema de escolha do grupo. 
Sendo assim, no mês de janeiro realizamos um evento de tema livre e em fevereiro foi concordado pela maioria o tema: Mulheres negras. 
E que tema relevante, amigos! 

segunda-feira, fevereiro 04, 2019

Lançamento: Princesa Implacável - Mary Oliveira

Título:
Princesa Implacável
Autora:
Mary Oliveira
Editora:
Independente
Ano:
2019
Formato:
E-book

Adicione ao skoob

Encontre na Amazon


Hannah é princesa de uma sociedade machista, possui uma coroa que não lhe dá poderes, é a única herdeira de uma dinastia e o maior problema com o qual o Conselho de seu principado precisava lidar... até se livrarem dela com um casamento.

Privada de sua liberdade e escolhas, ela é obrigada a se casar com Henry, que a surpreende em sua noite de núpcias, oferecendo um acordo.
O problema inicia quando ela começa a descobrir os perigos e conspirações que estavam por trás de seu casamento, entende os motivos que levaram Henry a oferecer-lhe aquele acordo e admite que o sorriso dele a desestrutura com mais facilidade do que consegue impedir.
Escolher entre sua liberdade, suas responsabilidades com seu povo e seu casamento parecia simples... até seus sentimentos e desejos entrarem em conflito.

Que tal começar a semana com um surto "fã girl"?

Para você que acompanha as resenhas e posts no blog não vai ser estranho encontrar novamente o nome "Mary Oliveira" por aqui, afinal de contas, em outubro do ano passado, tive meu primeiro surto sobre o trabalho dessa mesma autora. Não sei como ela passou a ter esse poder todo para que com palavras consiga despertar esse meu lado deslumbrado! 

Quem já leu essa duologia (veja aqui a resenha desses livros) vai entender e saber porque como ela passou a ser uma de minhas autoras contemporâneas nacionais favoritas.

sexta-feira, fevereiro 01, 2019

Eu Li: A torre do amor - Eloisa James

Título:
A torre do amor
Autora:
Eloisa James
Editora:
Arqueiro
Ano:
2018
Série:
Contos de fadas #4

Adicione ao Skoob


Quando Gowan, o magnífico duque de Kinross, decide se casar, seu plano é escolher uma jovem adequada e negociar o noivado com o pai dela. Ao conhecer Edie no baile de apresentação dela à sociedade, ele acredita que, além de linda, ela também seja a dama serena que ele procura e imediatamente pede sua mão.

Na verdade, o temperamento de Edie é o oposto da serenidade. No baile, ela estava com uma febre tão alta que mal falou e não conseguiu prestar atenção em nada, nem mesmo no famoso duque de Kinross. Ao saber que seu pai aceitou o pedido do duque, ela entra em pânico. E quando a noite de núpcias não é tudo o que podia ser...
Mas a incapacidade de Edie de continuar escondendo seus sentimentos faz com que o casamento deles se desintegre e com que ela se recolha à torre do castelo, trancando Gowan do lado de fora.
Agora o poderoso duque está diante do maior desafio de sua vida. Nem a ordem nem a razão funcionam com sua geniosa esposa. Como ele conseguirá convencê-la a lhe entregar as chaves não só da torre, mas também do próprio coração?

Admito que ao terminar de ler este livro, o pensamento insistente de que o enredo do tinha tudo para dar errado ficou ali na surdina rondando minha mente por vários dias. E depois amadurecida a ideia da história em minha mente e coração pude concluir que Eloisa James só pode ser uma fada, bruxa, feiticeira ou afins... porque ela consegue te encantar com a forma que tem de contar histórias. Essa mulher definitivamente sabe contar uma p@#$ história!

O livro resenhado hoje tem vários elementos que me encantam muitíssimo em um romance de época, alguns deles são: Uma mocinha com gênio forte, um castelo nas terras altas, um crossover ligeiro e um nobre highlander que usa kilt! Vamos logo a resenha?

Quinta Em Outra Língua #75 - Lançamentos Mais Aguardados de 2019 - Parte 2

Chegamos à segunda parte dessa lista levemente interminável, agora temos dois livros new-adult, mas a maioria continua de jovens adultos mesmo :D. Temos mais um livro da Leigh Bardugo, dois livros da Rainbow Rowel *-* Tudo isso para mostrar que 2019 promete!

vamos começar essa festa!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo