quarta-feira, janeiro 31, 2018

Master post - Georgina Kincaid - Quem vê capa não vê coração

Vamos falar de livros incríveis de capas feias, @?!

Que sou fã de Richelle Mead todo mundo sabe; inclusive já falei sobre a série "Academia de Vampiros" aqui no blog e adivinhem? Também tem capas feias. A Richelle deve ter alguma maldição, provavelmente. Claro que precisamos levar em consideração a questão de gostos pessoais. Mas se tiver alguma alma que ache as capas da série "Georgina Kincaid" bonitas, se acuse.


Não sei se vocês conhecem Richelle Mead e sua fama (muito merecida) de fabulosa escritora de romances que envolvem fantasia.
Sou completamente apaixonada e entregue ao seu estilo pois ela tem algo muito subjetivo; Todos os seus livros tem esse quê que deixa o leitor em êxtase. Seus personagens são maravilhosos, terríveis, irônicos e com a língua afiada. E os diálogos inteligentes, engraçados e com boas doses de sarcasmo também são sua marca registrada. Acho que ela segue um padrão e, confesso, AMO isso. 
Assim como Rose, de Academia de Vampiros e Eugênie, de Dark Swan, a série em questão nos traz uma protagonista forte e atrevida. Só antencipo que essa série é muita adulta. *Insira Peppa Pig dançando funk* 

Os seis livros da série já foram publicados no Brasil pela Editora Planeta (o ultimo saiu em 2012) e vieram todos como as da gringa (isso mesmo que vocês estão pensando: feios). Talvez vocês vejam esses livros na livraria e deem uma risadinha sarcástica achando que é só uma história de nada mas cá estou para livrá-los desse mal que é: não julgar o livro pela capa! Vamos à eles!

terça-feira, janeiro 30, 2018

Eu Li: Uma Dobra no Tempo - Uma Dobra no Tempo #1 - Madeleine L'Engle


Essa edição está espetacular!

Título:
Um Dobra no Tempo
Autora:
Madeleine L'EngleEditora:
Harper Collins
Série:
Uma Dobra no Tempo


Adicione ao Skoob


Um clássico da fantasia e da ficção científica emerge!
Era uma noite escura e tempestuosa; a jovem Meg Murry e seu irmão mais novo, Charles Wallace, descem para fazer um lanche tardio quando recebem a visita de uma figura muito peculiar.
“Noites loucas são a minha glória”, diz a estranha misteriosa. “Foi só uma lufada que me pegou de jeito e me tirou da rota. Descansarei um pouco e seguirei meu rumo. Por falar em rumos, meu doce, saiba que o tesserato existe, sim.”
O que seria um tesserato? O pai de Meg bem andava experimentando com a quinta dimensão quando desapareceu misteriosamente... Agora, com a ajuda de três criaturas muito peculiares, chegou o momento de Meg, seu amigo Calvin e Charles Wallace partirem em uma jornada para resgatá-lo. Uma jornada perigosa pelo tempo e o espaço. 
Uma dobra no tempo é uma aventura clássica, que serviu de inspiração para os mestres da fantasia e da ficção científica do mundo, agora adaptada para os cinemas pela Disney. Junte-se à família Murray nesta jornada, entre criaturas fantásticas e novos mundos jamais imaginados.

Como a própria sinopse diz Uma Dobra no Tempo é um clássico de fantasia e ficção científica. Mas como um livro infantil consegue misturar ambos? Essa é a maior magia desse livro!

segunda-feira, janeiro 29, 2018

Eu Li: Brisingr - Ciclo da Herança #3 - Christopher Paolini


Título:
Brinsgr
Autor:
Christopher Paolini
Editora:
Rocco
Série:
Ciclo da Herança


Adicione ao Skoob


Em Brisingr, Eragon e seu dragão, Saphira, conseguiram sobreviver à batalha colossal na Campina Ardente contra os guerreiros do Império. No entanto, Cavaleiro e dragão ainda terão de se deparar com inúmeros desafios. Eragon se vê envolvido numa série de promessas que talvez não consiga cumprir, como o juramento a seu primo, Roran, de ajudá-lo a resgatar sua amada Katrina das garras de Galbatorix. Todavia, Eragon deve lealdade a outros também. Os Varden precisam desesperadamente de sua habilidade e força, assim como elfos e anões. Com a crescente inquietação dos rebeldes e a iminência da batalha, Eragon terá de fazer escolhas que o levarão a atravessar o Império, viajando muito além. Escolhas que poderão submetê-lo a sacrifícios inimagináveis? Conseguirá o jovem unir as forças rebeldes e derrotar o Império?

ATENÇÃO
Brisingr é o terceiro livro do Ciclo da Herança e essa resenha pode conter alguns spoilers dos livros anteriores. Caso queira saber mais sobre a série você pode ler a resenha de Eragon AQUI e de Eldest AQUI.

sexta-feira, janeiro 26, 2018

Eu Li: Uma noite com Grace Kelly - Libby Lomax #3 - Lucy Holliday

Título:
Uma noite com Grace Kelly
Autor:
Lucy Holliday
Editora: 
Harper Collins
Ano:
2017
Série:
Libby Lomax


Libby pode ser lenta, mas finalmente se deu conta do que demorou tanto para perceber... Embora agora ela tenha se convencido de que seu melhor amigo, Olly, é seu verdadeiro amor, o rapaz parece ter enfim partido pra outra... O destino realmente não dá descanso pra Libby!
Mesmo quando as coisas parecem estar melhorando com um possível romance no horizonte, a vida de Libby nunca é tão simples assim. É claro que o sofá encantado não deixaria por menos e surgiria com mais uma convidada surpreendente... Grace Kelly e seu icônico vestido de casamento, convencida de que é Libby que não pertence a esta realidade!
Mas talvez Grace seja a companhia perfeita para o momento atual da vida da atrapalhada Libby. Ela definitivamente não acredita em finais de contos de fada, e é bom Libby escutá-la desta vez... 

ATENÇÃO!!! Este livro é o último de uma trilogia, a resenha pode conter spoilers. Confira a resenha de Uma noite com Audrey Hepburn aqui e de Uma noite com Marilyn Monroe aqui!

quinta-feira, janeiro 25, 2018

Quinta em Outra Língua #66 - Night of Cake & Puppets - Laini Taylor & Jim Di Bartolo




Título: 
Night of Cake & Puppets
Autora: 
Laini Taylor 
Ilustrador:
 Jim Di Bartolo 
Série: 
Feita de Fumaça e Osso
Editora: 
Brown Books for Young Readers



Mesmo sendo pequena, Zuzana não é conhecida por ser tímida. Sua melhor amiga, Karou, a chama de “fada radical”, é dito que seus “olhos de voodoo” congelam o sangue e até mesmo seu irmão mais velho tem medo de sua fúria. Mas quando se trata do simples assunto de falar com Mik, ou “Garoto do violino”, sua coragem a deserta. Agora, basta! Zuzana está determinada a investir, e ela possui uma magia e um plano. É uma maravilhosamente elaborada caça ao tesouro de um plano que vai levar Mik por toda Praga em uma noite fria de inverno antes de leva-lo ao real tesouro: Ela mesma! O Garoto Violino não vai saber o acertou.

Cut the cake! 

quarta-feira, janeiro 24, 2018

#Diferentona 01 - O amor nos tempos do cólera - Gabriel García Márquez





Título: 
O amor nos tempos do cólera
Autor: 
Gabriel García Márquez
Editora: 
Record 

Ainda muito jovem, o telegrafista, violinista e poeta Gabriel Elígio Garciá se apaixonou por Luiza Márquez, mas o romance enfrentou a oposição do pai da moça, coronel Nicolas, que tentou impedir o casamento enviando a filha ao interior numa viagem de um ano. Para manter seu amor, Gabriel montou, com a ajuda de amigos telegrafistas, uma rede de comunicação que alcançava Luiza onde ela estivesse. Essa é a história real dos pais de Gabriel García Márquez e foi ponto de partida de "O amor nos tempos do cólera", que acompanha a paixão do telegrafista, violinista e poeta Florentino Ariza por Fermina Daza.

Olá, leitores!
Vamos inaugurar a coluna #Diferentona com um livro que AMO e configura na lista dos meus favoritos da vida.
"O amor nos tempos do cólera" é grandioso. Saindo de mim, pode até soar exagerado mas... não.
O autor, Gabriel García Márquez, ou Gabo para os íntimos (eu), foi vencedor do Prêmio Nobel de Literatura em 1982 e isso não foi aleatório, amigos. 
O livro em questão foi lançado em 1985 e conhecemos a história de amor e solidão de Florentino Ariza pela singular Fermina Daza; um amor obstinado que espera mais de meio século para se tornar possível.
Um amor de cartas, corações partidos, lágrimas e serenatas que despertou em mim algo indescritível. 
Mais que uma história de amor, o livro narra as histórias dos amores que surgiram por causa de um amor infeliz; alguns fatos tão fugazes, outros tão intempestivos... essa linha atemporal que o autor nos joga mexe com os sentidos e, sobretudo, com os sentimentos.

"Florentino Ariza não deixara de pensar nela um único estante desde que Fermina Daza o rechaçou sem apelação depois de uns amores longos e contrariados, e haviam transcorrido a partir de então cinquenta e um anos, nove meses e quatro dias."

terça-feira, janeiro 23, 2018

Eu Li: Solteira até Sábado - Catherine Bybee

Título:
Solteira até sábado
Autora:
Catherine Bybee
Editora:
Verus
Ano:
2017
Série:
Noivas da Semana #4


Karen Jones: a loira estonteante se casou com um astro de Hollywood, porém é ela quem desempenha diariamente um papel — o de esposa feliz. Um ano atrás, ela concordou em se casar com um ator famoso para dissipar rumores sobre a vida pessoal dele. Agora seu divórcio se aproxima, assim como um pagamento de cinco milhões de dólares. No entanto, conforme Karen se prepara para abandonar com elegância seu casamento arranjado, ela conhece o cunhado, um homem lindo de morrer. Zach Gardner: o pedaço de mau caminho de cabelos escuros e olhos azuis aparece sem ser convidado na festa de um ano de casamento de Michael e Karen, determinado a conhecer a esposa que seu irmão escondeu da família inteira. Mas faíscas voam no instante em que ele e Karen se encontram. Quando o casal famoso decide visitar a família Gardner, Karen precisa esconder o segredo do marido e de seus parentes bisbilhoteiros... incluindo Zach, o homem que talvez seja o verdadeiro amor da vida dela.

Oi, gente! A pergunta de hoje é: tem alguma coisa dentro do contexto ou como elemento na história de um livro que incomoda vocês? Acredito já ter exposto isso em alguma outra resenha mas é cabível aqui dizer que eu tento. Leio outros livros para ver se consigo melhorar sobre o assunto mas ainda assim... encontrar em um livro uma personagem "cozinhando em banho maria" dois caras me incomoda muito até hoje! Para começar a resenha do livro de hoje foi preciso dizer essa minha particularidade como leitora para deixar claro minha impressão sobre o livro.

segunda-feira, janeiro 22, 2018

Eu Li: À Margem das Sombras - Anjo da Noite #2 - Brent Weeks

Título:
À Margem das Sombras
Autor:
Brent Weeks
Editora:
Arqueiro
Ano:
2017
Série:
Anjos da Noite

Adicione ao skoob

O jogo parece perdido para a cidade de Cenária.
O golpe impiedoso de Garoth Ursuul, o Deus-rei, foi bem-sucedido. Agora ele domina a cidade, enquanto os invasores de Khalidor massacram habitantes e destroem casas, lojas e esperanças. O antigo governo da cidade foi subjugado e seu líder, substituído.
A magia do Deus-rei é poderosa demais para ser controlada e sua influência se expande até os círculos mais nobres da cidade. As únicas chances de vitória nessa guerra injusta são o honrado Logan Gyre e o derramador Kylar Stern, o Anjo da Noite. Contudo, enquanto o primeiro está enclausurado na mais terrível prisão do reino, o segundo abandonou o caminho da espada e, em nome de Elene, seu grande amor, jurou nunca mais matar.
A resistência agora se resume a ladrões, comerciantes pobres e prostitutas. Mas talvez isso mude muito em breve. Ao descobrir que Logan está vivo, Kylar pode abrir mão da paz que encontrou na nova família e arriscar tudo para retornar ao caminho das sombras.

Vamos falar sobre decepções?
Primeiro, À Margem das Sombras é o segundo livros da série Anjo da Noite. O primeiro livro, Caminho das Sombras, eu resenhei AQUI.

sexta-feira, janeiro 19, 2018

Eu Li: Uma noite com Marilyn Monroe - Libby Lomax #2 - Lucy Holliday

Título:
Uma noite com Marilyn Monroe
Autor:
Lucy Holliday
Editora:
Harper Collins
Ano:
2016
Série:
Libby Lomax


Adicione ao skoob


Os últimos meses passaram como um furacão pela vida de Libby Lomax. Depois das confusões em que a atriz não tão bem sucedida se meteu com a ajuda da diva Audrey Hepburn, agora Libby está namorando o cara mais gato do planeta. Mas seu otimismo tem vida curta. Ainda bem que Libby tem outra convidada mais que especial para lhe aconselhar... Agora é torcer para que desta vez Marilyn seja a chave para finalmente colocar a vida nos eixos! 

ATENÇÃO!!! Esse livro é a continuação de "Uma noite com Audrey Hepburn" (resenha aqui!). Essa resenha pode conter spoilers do anterior.

quinta-feira, janeiro 18, 2018

Quinta em Outra Língua #65 - Burn for Me - Hidden Legacy #1 - Ilona Andrews


Título: 
Burn for me 
Autora: 
Ilona Andrews
Série: 
Hidden Legacy 
Editora: 
Avon books 



Nevada Baylor enfrenta o caso mais desafiante de sua carreira de detetive - uma missão suicida para trazer um suspeito em um caso volátil. Nevada não tem certeza de que ela tenha força para isso. Seu contestante é um Prime, o mais alto nível de usuário mágico, que pode colocar qualquer um e qualquer coisa em chamas.
Então ela foi sequestrada por Connor "Mad" Rogan - um bilionário obscuramente tentador com poderes igualmente devastadores. Dividida entre querer correr ou se render à sua atração esmagadora, Nevada deve unir forças com Rogan para se manter viva.
Rogan está atrás do mesmo alvo, então ele precisa de Nevada. Mas ela está sob sua pele, fazendo com que ele se preocupe com alguém além de si mesmo e isso é novo. E, como Rogan aprendeu, o amor pode ser tão perigoso quanto a morte, especialmente no mundo mágico.
Resultado de imagem para power gif
Nada é o que parece galera!

quarta-feira, janeiro 17, 2018

Meta para 2018 : Vergonha na cara - Finalizar séries de livros


Quero começar este post pedindo perdão pela minha total falta de vergonha na cara. 
Sério, me desculpem! 

Sabe quando tu AMAS os livros mas não finaliza a série? Prazer, Fernanda. 
Algumas dessas séries já terminaram HÁ ANOS! Eu devo ter algum problema pois eles estão na minha estante apenas me esperando mas, enfim, nem sei mais o que escrever. Simplesmente não sei porque ainda não as concluí porém para 2018 a minha vida vai mudar, irmãos! 

Amém!
Abaixo selecionei 5 séries para passar o ano de 2018 sem pendências. Algumas vocês não vão acreditar.

terça-feira, janeiro 16, 2018

Eu Li: Um Beijo à Meia-Noite - Eloisa James

Título:
Um Beijo à Meia-Noite
Autora:
Eloisa James
Editora:
Arqueiro
Ano:
2017
Série:
Contos de fadas #2

Adicione ao skoob


Kate Daltry é uma jovem de 23 anos que não costuma frequentar os salões da alta sociedade. Desde a morte do pai, sete anos antes, ela se vê praticamente presa à propriedade da família, atendendo aos caprichos da madrasta, Mariana. Por isso, quando a detestável mulher a obriga a comparecer a um baile, Kate fica revoltada, mas acaba obedecendo. Lá, conhece o sedutor Gabriel, um príncipe irresistível. E irritante. A atração entre eles é imediata e fulminante, mas ambos sabem que um relacionamento é impossível. Afinal, Gabriel já está prometido a outra mulher – uma princesa! – e precisa com urgência do dote milionário para sustentar o castelo. Ele deveria se empenhar em cortejar sua futura esposa, não Kate, a inteligente e intempestiva mocinha que se recusa a bajulá-lo o tempo todo. No entanto, Gabriel não consegue disfarçar o enorme desejo que sente por ela. Determinado a tê-la para si, o príncipe precisará decidir, de uma vez por todas, quem reinará em seu castelo. Um beijo à meia-noite é um conto de fadas inspirado na história de Cinderela. Com um estilo que combina graça, encanto e sedução, Eloisa James escreve uma narrativa envolvente, com direito a fada madrinha e sapatinho de cristal.
O conto de fadas da Cinderella nunca foi uma das minhas histórias de ninar favoritas... até esse livro!

Era uma vez... um rei em uma terra tão tão distante que resolveu se aliar a um clérigo com ideias progressistas bem retrogradas, se é que deu para me entender, e por causa dessa parceria todas as pessoas que desafiavam moralmente ou pessoalmente essa nova ordem foram "convidadas" a se retirar do reino afim de que essa nova imagem do reino fosse melhor aderida pela massa ingênua. Acontece que uma das pessoas que desafiavam essa nova ordem, era um dos irmãos do rei vigente, ou seja, um príncipe.

segunda-feira, janeiro 15, 2018

Pipoca da Semana - Voldemort: A Origem do Herdeiro

Título: 
Voldemort: Origins of the Heir
Voldemort: A Origem do Herdeiro
Ano: 
2018
Direção: 
Gianmaria Pezzato
Produção: 
Tryangle Films
Duração: 
55 minutos


Um filme independente criada por fãs da saga Harry Potter.
Depois de sua formatura na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, Tom Riddle desaparece. Ele volta dez anos depois, com novos poderes e um novo nome. Sua jornada em busca dos segredos da magia negra mudou profundamente ele, e dois velhos conhecidos vão atrás para detê-lo antes que ele atinja seu objetivo: a imortalidade.

É isso, pessoal! Temos uma nova coluna começando hoje: Pipoca de Semana é a nossa coluna de resenhas de filmes (os que não são adaptações; as adaptações vão continuar aparecendo no Na Tela) e não tem forma melhor de começar do que falando do universo Harry Potter. Só que o filme que temos hoje não é oficial, mas sim, uma fanfic produzida por um pequeno estúdio italiano, que ganhou a atenção de todo mundo quando foi liberado o trailer a seguir há alguns meses:



domingo, janeiro 14, 2018

[Especial CCXP 2017] - Os Melhores Stands

Iron Studios destruindo (quase literalmente) tudo
Olá, pessoal. Cá estou eu novamente para falar mais um pouco sobre o que rolou na CCXP 17. Hoje vou falar sobre os melhores stands que foram preparados para a feira. Vamos lá.

sábado, janeiro 13, 2018

Novidades! Coluna #Diferentona

Olá, leitores mais lindos do Brasil! 
Como vai essa força hoje?

Hoje preciso sentar com vocês para termos "a conversa". Vamos falar sobre sexo? Também e eventualmente. Mas primeiramente venho apresentar uma proposta nova que consiste em um projeto pessoal que planejei para 2018: a coluna #Diferentona. 

Essa coluna foi pensada para alguns de vocês que, como eu, eventualmente fogem um pouco da temática primordial que trabalhamos aqui no blog Garota Pai D'Égua. Em sua maioria, nossos posts falam sobre romance - contemporâneos, históricos e de época, fantasia, YA, hot e geeks. Sejamos sinceros, nosso conteúdo é muito variado pois somos 7 colunistas com gostos e preferências distintas. Dá um caldinho bom e diverso. 

Eu adoro? Sim.
Eu me amarro? Claro. 

Mas eventualmente fico em uma vibe mais fechada. Me refiro à alguns autores que podemos apontar como "cults". Por exemplo, amo Austen e as Brontë mas também sou enlouquecida de amor por Gabriel García Márquez e Pablo Neruda. De nacionais, adoro a prosa de Chico Buarque, Caio Fernando Abreu e Clarice Lispector. Vocês provavelmente já devem ter ouvido falar desses autores e lido algo sobre eles, mas dificilmente foi aqui no Garota Pai D'Égua (na verdade, tem uma resenha de "O ovo apunhalado" de Caio Fernando Abreu que saiu no blog em 2013. Confiram aqui que o negócio vai ser nesse nipe.) (Esse livro é fantástico, leiam!).

Sendo assim, coloquei como uma das metas de ano novo escrever mais sobre esses autores que adoro mas que não estava compartilhando diretamente com os leitores do blog. Vejam bem, eu falo muito sobre vários deles, mas principalmente no meu twitter e nos encontros do PA Book Club então decidi trazer isso um pouco para vocês neste novo ano.

quarta-feira, janeiro 10, 2018

Eu Li: Bela - Ket Strapazzon

Título:
Bela 
Autora:
Ket Strapazzon 
Editora:
Amazon
Ano:
2016
"Era uma vez...
Bela é uma jovem cheia de responsabilidades, sempre pronta para ajudar os outros nem que tenha que deixar seus próprios sonhos de lado para isso. Quando o pai, que ela ama acima de tudo, se envolve em uma dívida, ela se oferece para pagar em troca da segurança dele. Em Rose Hill, a mansão coberta de hera e cheia de segredos em que Bela vai trabalhar, fantasmas do passado ecoam entre móveis antigos e livros empoeirados. E é em Rose Hill que ela vai descobrir que as paredes abrigam muito mais do que sussurros e ruídos inexplicáveis... Existe uma Fera à espreita, acompanhando todos os seus passos."

Olá, leitores! 

Hoje darei a dica de um livro nacional muito gostosinho daqueles que se lê em uma sentada. 
"Bela" é o livro de lançamento de Ket Strapazzon e foi publicado na Amazon para e-book. O valor é módico e custa muito pouco para a graciosidade que a história nos apresenta. É um livro pequeno e adorável que tem como inspiração o clássico "A Bela e a Fera" e ainda identifiquei um forte pé em "Jane Eyre". 

Bela é uma moça pobre porém batalhadora que mora com o pai doente. Sua mãe faleceu em sua infância e com ela se foi a vontade de viver do pai. Ele entrou em profunda depressão e a criou até que ela tivesse idade o suficiente para trabalhar e ajudar em casa. Sua relação com o pai é de puro amor e Bela faz de tudo para aliviar suas dores - do corpo e do coração. 

terça-feira, janeiro 09, 2018

Eu Li: Vacas - Dawn O'Porter

Título:
Vacas
Autora:
Dawn O'Porter
Editora:
HaperCollins Brasil
Ano:
2017


Adicone ao skoob



Um pedaço de carne; feito para reproduzir; além da sua data de vencimento; parte do rebanho.
Mulheres não têm que se encaixar em estereótipos.
Tara, Cam e Stella são estranhas vivendo suas próprias vidas da melhor forma que podem, apesar de poder ser difícil gostar do que você vê no espelho quando a sociedade grita que você devia viver de um jeito específico.
Quando um evento extraordinário cria laços invisíveis de amizade entre elas, a catástrofe de uma mulher vira a inspiração de outra, e uma lição para todas.
Às vezes não tem problema não seguir o rebanho.
Vacas é um livro poderoso sobre três mulheres julgando uma à outra, mas também a si mesmas. Entre todo o barulho da vida moderna, elas precisam encontrar suas próprias vozes.

“Vacas – Nem toda mulher quer ser uma princesa” foi publicado pela Happer Collins no final do ano passado e chegou em minhas mãos perto do natal. E que presentão, hein! O livro vai tratar basicamente sobre feminismo na figura de três personagens extremamente diferentes e como cada uma reage e interage com suas particularidades e como o feminismo é capaz de alcançar a todas.

As mulheres em questão são Tara, Stella e Cam. Elas vivem na mesma cidade e não se conhecem pessoalmente e cada uma tem uma trajetória singular.

Tara é produtora de TV que precisa lidar com o machismo de seus colegas de trabalho rotineiramente. Ela tem uma filha pequena que cria sozinha – por sua escolha – e vê sua vida dá um nó quando um vídeo intimo seu é viralizado na internet. Em sua parte da história podemos visualizar a força de destruição que a internet pode ter na vida de uma pessoa. E existem vários casos reais que comprovam esse fato.
Stella é uma jovem mulher que perdeu recentemente sua irmã gêmea e agora vive sozinha com um parceiro que aparenta não estar tão afim dela. Passamos alguns capítulos para descobrir um mistério sobre uma doença que assola sua vida e como esse fato vai interferir diretamente em seu emocional e em algumas de suas atitudes.
Cam e uma blogueira feminista muito conhecida e aclamada. Mas claro que como toda boa feminista que se preze, ela sofre alguns ataques na internet mas já aprendeu a lidar com eles. Cam parte do princípio que ser uma mulher independente, sem filhos e sem compromisso sério não faz dela incompleta. Muito pelo contrário. Diferente de sua mãe e suas irmãs que escolheram ter família e filhos, Cam escolheu viver sozinha mas alguns fatos poderão alterar a perspectiva que ela passa para seus leitores.

quinta-feira, janeiro 04, 2018

Eu li: A Pedra Pagã - A Maldição de Hallow #3 - Nora Roberts

Título: 
A Pedra Pagã 
Autora: 
Nora Roberts 
Série: 
A Sina dos Sete
Editora: 
Arqueiro


Partilhando visões de morte e fogo, os irmãos de sangue Cal, Fox e Gage, e as mulheres ligadas a eles pelo destino, Quinn, Layla e Cybil, não podem ignorar o fato de que o demônio está mais forte do que nunca e que a batalha final pela cidade de Hawkins Hollow está a poucos meses de acontecer.
A boa notícia é que eles conseguiram a arma necessária para deter o inimigo ao unir os três pedaços de jaspe-sanguíneo. A má notícia é que ainda não sabem como usá-la e o tempo está se esgotando.
Compartilhando o dom de ver o futuro, Cybil e Gage podem descobrir a resposta para esse enigma se trabalharem juntos. Só que, além de não terem nada em comum, os dois se recusam a ceder aos próprios sentimentos. Um jogador profissional como Gage sabe que se entregar a uma mulher como Cybil – com a inteligência, a força e a beleza devastadora dela – pode ser uma aposta muito alta. E qualquer erro de estratégia pode significar a diferença entre o apocalipse e o fim do pesadelo para Hawkins Hollow.
Em A Pedra Pagã, Nora Roberts encerra a emocionante trilogia A Sina do Sete, uma história sobre família, amor e amizade que consegue arrancar arrepios e suspiros de seus leitores.


RUFEM OS TAMBORES QUE O TERCEIRO LIVRO CHEGOU E EU TO EMPOLGADA! 


Resultado de imagem para witch gif
Bellatrix nessa cena é sempre apropriado hehe

quarta-feira, janeiro 03, 2018

Eu Li: O Teorema Katherine - John Green

Título:
O Teorema Katherine
Autor:
John Green
Editora:
Intrínseca
Ano:
2013

Adicione ao Skoob

Após seu mais recente e traumático pé na bunda - o décimo nono de sua ainda jovem vida, todos perpetrados por namoradas de nome Katherine - Colin Singleton resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e o melhor amigo no carona, o ex-criança prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar o fora, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que tornará possível antever, através da linguagem universal da matemática, o desfecho de qualquer relacionamento antes mesmo que as duas pessoas se conheçam.
Uma descoberta que vai entrar para a história, vai vingar séculos de injusta vantagem entre Terminantes e Terminados e, enfim, elevará Colin Singleton diretamente ao distinto posto de gênio da humanidade. Também, é claro, vai ajudá-lo a reconquistar sua garota. Ou, pelo menos, é isso o que ele espera.

Depois de anos no forno, John Green finalmente lançou outro livro! Yay! 
Atualmente estou no meio da leitura de "Tartarugas até lá embaixo" e enquanto eu não termino para dividir com vocês, trarei a dica de um outro livro muito legal que adorei do autor (cês podem conferir outras dicas aqui, aqui e aqui). Então, vem comigo!

Venga
“O Teorema Katherine” é o terceiro livro de John Green publicado no Brasil (para a festa dos nerdfighter) e conta a história de Colin Singleton, um garoto viciado em anagramas e “célebre menino prodígio, célebre veterano de conflitos Katherinícos, célebre nerd e sitzpinkler*.”
Colin não foge das características dos personagens de John Green: nerd, fofo e apaixonado. O problema de Colin é que ele sofre de um estranho caso de circulo vicioso em seus relacionamentos amorosos: Katherine(s).

Logo após levar um pé na bunda de sua décima nona Katherine, seu melhor amigo, Hassan, o convence a pegar o Rabecão de Satã, carro de Colin, e sair pela estrada.
Em sua parada em Gunshot, Colin tem seu momento “Eureka”. Ele decide criar o ~Teorema da Fundamentação da Previsibilidade das Katherines~ que, em tese, prevê a duração de relacionamentos e determina quem será o Terminante e o Terminado. O livro é recheado de gráficos que, honestamente, não entendi nada (e nem me culpo por ser péssima em matemática, pois o criador do supracitado teorema é um prodígio, e eu... bem... não).

terça-feira, janeiro 02, 2018

Eu Li: Mister O - Lauren Blakely

Título:
Mister O
Autora:
Lauren Blakely
Editora:
Faro editorial
Ano:
2017

Adicione ao Skoob


Nick Hammer tem a vida que todo cara sempre sonhou: dinheiro e mulheres lindas aos seus pés, que não esperam nada em troca além do melhor sexo de suas vidas. E tudo isso graças ao seu personagem, Mister Orgasmo, que saiu das páginas dos gibis para ganhar um programa na televisão. Agora Nick se tornou o mentor sexual de homens ao redor do mundo e o objeto de desejo de todas as mulheres. Para para Nick, e seu alter ego Mister O, a receita é simples: dar prazer, sempre! 
Mas tudo isso pode estar em risco quando um pedido acontece. Harper, A irmã de seu melhor amigo, Spencer Holiday, também quer aprender as valiosas lições de Nick e Mister O. Harper é divertida, inteligente, linda e irresistivelmente sexy. E lutar contra o desejo de ter ela em sua cama será o pior pesadelo de Nick. Mister O vai conseguir “salvar” essa mocinha e ainda não ferrar a relação com o seu melhor amigo? Um romance divertido, leve, sexy e que vai arrancar suspiros dos leitores. Afinal, não dizem que o amor e a amizade andam lado a lado? Talvez eles até possam dormir na mesma cama.

Ok, você pode estar se perguntando: poxa Anne, um livro nesse naipe hot logo no início do ano? Então, bem-vindo 2018! E sim, vamos começar já com um livro de arrancar suspiros. Mas calminha aí que, apesar da capa ser muito provocante, o livro está mais para aqueles romancinhos que começam inocentes e seguem mais intensos depois, o tipo de livro que alguns de nós tanto adoramos. Afinal, temos que começar o ano de alma leve e inspiradora, não é mesmo?

segunda-feira, janeiro 01, 2018

Eu Li: Pule, Kim Joo So - Gaby Brandalise

Título:
Pule, Kim Joo So
Autora:
Gaby Brandalise
Editora:
Verus
Ano:
2017

Adicone ao skoob



O que você faria se precisasse escapar da sua própria vida? Um história inspirada em dramas coreanos
Marina vive em Curitiba, atormentada pelas agressões do ex-namorado. So vive em Seul, preso a uma culpa da qual não consegue se livrar. Em mundos tão distantes, mas carregando dores parecidas, a história dos dois vai se cruzar e fazer com que eles finalmente tomem o controle da própria vida, encontrando o ponto de virada que sempre buscaram. Pule, Kim Joo So é uma história ágil e original, que vai surpreender e divertir da primeira à última linha.

Oi gente... vim aqui hoje compartilhar com vocês um dos meus últimos surto de 2017!  

Estava eu crente que já tinha encontrado o melhor livro do meu ano de leitora há algum tempo atrás, mas estava enganada. Eis que o blog recebe a prova do livro "Pule, Kim Joo So" e quando a Fernanda viu do que se tratava me perguntou se eu queria resenhar um livro que é inspirado em dramas coreanos? Obvio que eu respondi um sonoro SIIIMMMMMMMM. Fiquei muito feliz por ver finalmente o livro que tenha o foco em doramas e não em cultura kpop no geral. Afinal, apesar de gostar de kpop e tals... meu maior amor são os doramas.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo