terça-feira, janeiro 31, 2012

Eu Li: Passagem para o Inverno - Conto da Série Os Encantados do Ferro - Julie Kagawa

Este é um conto intermediário entre os dois primeiros livros da série Encantados do Ferro, e sua sinopse, bem como a resenha, contém spoilers do livro anterior.


Título :
Passagem para o Inverno
Autor :
Julie Kagawa
Editora:
Underworld
Onde Comprar:
Lojinha da Underworld

Meghan Chase era uma garota comum... até descobrir que, na verdade, é uma princesa encantada. Depois de escapar das garras do letal encantado de Ferro, Meghan precisa agora cumprir sua promessa de voltar à igualmente perigosa Corte de Inverno com seu amor proibido, o Príncipe Ash. Mas, antes, Meghan tem um pedido: ela quer ir visitar Puck, seu melhor amigo e servo de seu pai, o Rei Oberon – que sofreu ferimentos graves quando a defendia dos Encantados de Ferro. Mas o desvio de Meghan e Ash não passa despercebido. Eles chamam a atenção de um antigo e poderoso caçador – um inimigo que nem mesmo Ash pode conseguir derrotar...


A estória desse conto começa logo depois de Meghan Chase resgatar seu irmão Ethan das garras do Rei do Ferro, Machina, e devolvê-lo para sua casa.  Para que pudesse salvar seu irmão, Maghan fez um acordo com Ash para que ele a ajudasse e em troca, iria voluntariamente com ele até a Corte de Inverno da rainha Mab.Mas durante a viagem deles para o Tir Na Nog, eles são seguidos por alguma critura super poderosa, que eles ainda não sabem qual é.

É um conto pequeno, mas muito interessante. Nele Ash ainda não incorporou totalmente o espírito de Princípe do Inverno e ainda se mostra uma pessoa sensível e gentil em relação à Meghan. E por mais que se ele pudesse escolher não levaria Meghan para seu reino, ele fez uma promessa, que para os encantados é um compromisso que não pode ser desfeito.

Apesar do conto possuir apenas 50 páginas, há muitas aventuras, confissões e cenas fofas entre Ash e Meghan. Eu acho importante a leitura dele antes de iniciar o segundo livro. Entende-se melhor o clima do início do segundo livro a partir da leitura desse, mas não é necessário, claro.Leiam e  morram de vontade de inciar A Filha do Ferro.



segunda-feira, janeiro 30, 2012

Eu Li: Confissões de um Turista Profissional - Kiko Nogueira

Título :
Confissões de um Turista Profissional
Autor :
Kiko Nogueira
Editora:
Novo Conceito
Onde Comprar:
Saraiva | Submarino| FNAC

Quem gosta de viajar, e viaja mesmo (isto é, não faz turismo para inglês ver), sente uma vontade danada de falar a verdade sobre os lugares que visitou. Coisas como: vale a pena todo aquele trabalho no Louvre para não ver a Monalisa? Existe algum lugar mais insalubre do que uma barraca de praia no Nordeste? Ou ainda: por que o Brasil precisa de mais uma obra de Oscar Niemeyer, o veterano arquiteto que deixa um rastro de concreto aonde quer que vá? Mas falar essas coisas é, no mínimo, tornar-se um chato. Pois Jota Pinto Fernandes, alter ego de Kiko Nogueira, é o chato que vive em cada viajante. Corajoso e desbocado o suficiente para dizer o que as agencias e seu amigo que acabou de chegar de Nova York nunca falarão. Escrito pelo ex-diretor da revista Viagem e Turismo e do Guia Quatro Rodas, da Editora Abril, Confissões de um Turista Profissional é uma leitura para quem quer olhar as lindas fotinhos do celular, e pensar: " E não é que era isso mesmo...?"




Esse livro é bem fininho e bem rápido de ler. Nas suas 94 páginas ele faz comentários sobre o que observou durante todas as viagens que fez ao longo de sua vida. São observações às vezes engraçadas, às vezes sérias, e muitas tem um quê de crítica à algumas atitudes dos turistas e dos países que procuram atrair turistaa, incluindo o Brasil. Você sabia que o governo já ofereceu cursos de inglês para as garota de programa atenderem melhor os clientes? Pois é..depois reclamam do que os turistas pensam sobre o Brasil.

Interessante é que enquanto vamos lendo acabamos nos identificando com o que ele diz, porque muitas vezes pensamos o mesmo que ele a respeito de algumas situações em nossas viagens, mas acabamos não externando esses pensamentos.

Eu recomendo livro, pois é bem facil de ler e trata de assuntos interessantes. Além de você se identificar com algumas das opiniões que ele tem, ainda abre os olhos para outros aspectos antes não notados. 


domingo, janeiro 29, 2012

[Resultado] Promoção de Natal

Oi leitores, vamos conhecer o(a) ganhador(a) da Promoção de Natal? A promoção terminou dia 25 e no total foram 777 entradas \o/

O número sorteado foi......


E o ganhador(a) é.......

Essa Semana #24

Essa Semana...Meme semanal hospedado pelo Lost in Chick Lit,  onde compartilhamos pequenas informações sobre a nossa semana  literária. Tendo como principal objetivo encorajar a interação entre os  blogs literários brasileiros, fazer amizades e conhecer um pouquinho  mais sobre outras pessoas apaixonada por literatura. Tem interesse em  participar? Saiba como aqui!



~> Leitura do momento:
   A Filha do Ferro - Julie Kagawa

~> Li essa semana: 
   O Nome do Vento - Patrick Rothfuss
   O Segredo de Chimneys - Agatha Christie
   Passagem para o Inverno - Julie Kagawa
   
~>Resenhei essa semana:
   Eu Li: Química Perfeita - Simone Elkeles

sábado, janeiro 28, 2012

Lançamentos da Novo Conceito e Galera


Beijada  por um Anjo 5 - Revelações - Elizabeth Chandler

Depois que Ivy descobre que Tristan está no corpo do assassino Luke, a vida deles toma um outro rumo. Tristan se esconde da polícia e Ivy não sabe onde localizá-lo. Para piorar as coisas, Beth está cada vez mais distante e estranha, e só Ivy sabe o que realmente está acontecendo com ela.
Ao descobrir o paradeiro de Tristan, Ivy não se contém e corre para ele, apesar do risco de ver seu amor descoberto. Para conquistar sua liberdade, Tristan, com a ajuda da namorada, tentará descobrir em que encrenca se meteu o garoto que lhe empresta o corpo. E, na busca de evidências, Tristan e Ivy percebem que existem mistérios sobre os quais eles não têm controle e que podem levá-los por um caminho sem volta. Além disso, a interferência de Tristan sobre o destino de Ivy deverá ser punida duramente. Pode ser que um deles não viva por muito mais tempo. 



Um Mundo Brilhante - Tammy Greenwood

Quando o professor Ben Bailey sai de casa para pegar o jornal e apreciar a primeira neve do ano, ele encontra um jovem caído e testemunha os últimos instantes de sua vida. Ao conhecer a irmã do rapaz, Ben se convence de que ele foi vítima de um crime de ódio e se propõe a ajudá-la a provar que se tratou de um assassinato.

Sem perceber, Ben inicia uma jornada que o leva a descobrir quem realmente é, e o que deseja da vida. Seu futuro, cuidadosamente traçado, torna-se incerto, pois ele passa a questionar tudo à sua volta, desde o emprego como professor de História, até o relacionamento com sua noiva. Quando a conheceu, Ben tinha ficado impressionado com seu otimismo e sua autoconfiança. Com o tempo, porém, ela apenas reforçava nele a sensação de solidão que o fazia relembrar sua infância problemática. 
Essa procura pelas respostas o deixará dividido entre a responsabilidade e a felicidade, entre seu futuro há muito planejado e as escolhas que podem libertá-lo da delicada teia de mentiras que ele construiu. 
Esta, enfim, é uma história fascinante sobre o que devemos às pessoas, o que devemos a nós mesmos e o preço das decisões que tomamos.


 Presentes da Vida - Emily Giffin


(continuação do livro O Noivo da Minha melhor amiga. Pode conter spoilers do livro anterior)


Darcy Rhone sempre teve todos os homens aos seus pés. Tinha um emprego glamouroso, um seleto círculo de amizades e um noivo perfeito, Dexter Thaler. No entanto, tudo mudou quando Darcy se envolveu com o melhor amigo de seu noivo... Seu noivado acabou e perdeu sua melhor amiga, Rachel. Incapaz de assumir responsabilidades e de enfrentar todo esse mal-estar, Darcy foge para Londres, para a casa de um amigo de infância, imaginando que poderia passar uma borracha em tudo isso. Mas, para seu desânimo, Londres se torna um mundo estranho, onde seus truques de sedução não mais funcionam e onde sua sorte parece ter se evaporado. Sem amigos nem família, Darcy precisa dar novo rumo à sua vida e, assim, começa uma linda trajetória rumo ao crescimento e ao amor.

Anjo Mecânico - As Peças Infernais 1 - Cassandra Clare


Quando Tessa Gray, uma jovem de dezasseis anos, atravessa o oceano para se reunir ao irmão, o seu destino é a Inglaterra do reinado da rainha Vitória e aventuras aterrorizantes aguardam-na no Mundo-à-Parte de Londres, onde vampiros, bruxos e outras personagens sobrenaturais palmilham as ruas iluminadas a gás. Apenas os Caçadores de Sombras, guerreiros que se dedicam a livrar o mundo de demónios, conseguem manter a ordem no caos. Raptada pelas misteriosas Irmãs Escuras, membros de uma organização secreta chamada Clube Pandemonium, Tessa fica a saber que também pertence ao Mundo-à-Parte e que possui uma habilidade rara: o poder de se transformar, quando quer, noutra pessoa. Além disso, o Magister, a figura misteriosa que dirige o clube, tudo fará para reclamar o poder de Tessa para si. Sem amigos e perseguida, Tessa refugia-se junto dos Caçadores de Sombras do Instituto de Londres, que lhe juram encontrar o irmão se usar o seu poder para os ajudar. Em breve se sente fascinada, e dividida, entre dois amigos: James, cuja beleza frágil esconde um segredo mortal, e Will, um rapaz de olhos azuis, cujo humor cáustico e temperamento volúvel mantêm toda a gente à distância... ou seja, todos menos Tessa. Enquanto a investigação os vai arrastando para o âmago de uma conspiração tenebrosa que ameaça destruir os Caçadores de Sombras, Tessa percebe que poderá ter de escolher entre salvar o irmão e ajudar os seus novos amigos a salvar o mundo... e que o amor pode ser a magia mais perigosa de todas.
Lançamento em Maio - BookTrailer

Quero logo que chegue maio !!!!!

[Editado - Resultado] [Promoção] Kit A Janela de Overton

Lembram quando eu fiz uma promoção no facebook valendo esse kit? Pois é, eu fiz, sorteei, entrei em contato, e nunca recebi resposta. Por causa dos diversos problemas , falta de tempo, universidade,estágio, eu adiei o segundo sorteio, e quando fui fazer, surpresa!, a promoção não estava mais lá.  Eu pensei bastante no que eu ia fazer e resolvi colocar essa promoção novamente no ar, dessa vez pelo Rafflecopter, que é mil vezes melhor que utilizar o Google Docs.
Então, desculpas pessoal, e participem novamente sim? =D

(Se o Rafflecopter não estiver aparecendo, espere uns instantes enquanto ele carrega ^^)



a Rafflecopter giveaway

sexta-feira, janeiro 27, 2012

Eu Li: O Segredo de Chimneys - Agatha Christie


Título :
O Segredo de Chimneys
Autor :
Agatha Christie
Editora:
Record
Onde Comprar:
Walmart | Cia das Letras | Saraiva | Submarino| FNAC

O jovem Anthony Cade volta à Inglaterra depois de mais de vinte anos afastado do país com a missão de entregar os manuscritos com as memórias do conde Stylptitch a uma editora e cartas de um chantagista à bela Virginia Revel. Os originais e as cartas são roubados, e Anthony ajuda Virginia a esconder da polícia o cadáver encontrado na casa dela. Na mesma noite, o príncipe da Herzoslováquia é assassinado no palácio de Chimneys, onde está escondido um valioso diamante. Para desvendar o mistério e recuperar o manuscrito, o superintendente Battle, da Scotland Yard, conta com a ajuda do aventureiro Anthony. Envolvidos nesse suspense – no qual a romancista concentrou seu característico senso de humor – estão também o célebre ladrão “rei Victor”, o pomposo funcionário público George Lomax, o colecionador de livros raros Hiram Fish, o magnata Isaacstein e o velho proprietário de Chimneys, lorde Caterham, que só pretende, inutilmente, que o deixem em paz.




Inaugurando a seção com classe temos a Rainha do Crime, Agatha Christie. Já li alguns livros dela, não tanto quanto eu gostaria, e foi principalmente por isso que criei essa seção, como uma oportunidade de ler mais livros dela, mas não só dela, claro.

A história começa quando Jimmy McGrath procura seu amigo Anthony  Cade,  que está na África, para dar-lhe uma missão: entregar os manuscritos com as memórias do conde Stylptitch para um editora na Inglaterra, em troca de 250 libras. Anthony teria que realizar outra pequena proeza: achar a dona de um maço de cartas fervorosas da mesma para seu amante. A assinatura das cartas diz que a dama em questão se chama Virginia Revel. Anthony, crendo que a missão é relativamentre fácil, aceita e parte para a Inglaterra.

Porém lá, diante da investida de vários pessoas para que ele não entregue as memórias para publicação, ele fica curioso e resolve ler os manuscritos a fim de descobrir qual o motivo de tanta preocupação. Mas na mesma noite seu quarto é invadido e o ladrão, pensando que estava de posse dos manuscritos, acaba levando o maço de cartas. Porém Anthony reconheceu o ladrão como sendo o garçom que levara seu jantar na mesma noite, e começa a investigá-lo, e acaba se metendo em um trama de assassinatos, que ligam estranhamente a dona das cartas com o dono dos manuscritos.

Creio que é impossível não se envolver nos mistérios  criados pela Agatha. Tem uma hora que a trama se torna tão enrolada, tão cheia de pontas soltas, que você continua a leitura nem que seja para descobrir como a autora vai fazer pra encaixar tudo em uma história só. Eu tinha minhas suspeitas de quem seria o assassino da trama, ai aconteceu uma coisa e mudei meu foco, ai aconteceu outra coisa e mudei meu foco de novo rsrsrs. Quando eu finalmente tinha certeza do que estava acontecendo a autora vem e muda tudo de novo. Sério, ela me deixou doidinha. Mas no final as coisas realmente se encaixam. Não foi da maneira emocionante e totalmente surpreendente presente em outros livros da autora, mas mesmo assim foi, e óbvio, que eu nunca considerei suspeito o assassino. 

De qualquer forma, nunca desistirei de tentar descobrir o assassino. Eu recomendo muito romance policial porque ajuda no nosso raciocínio lógico. Sempre que você tenta fazer associações lógicas entre as pistas você está estimulando seu cérebro. Sem contar que é divertido !!!!!!


quarta-feira, janeiro 25, 2012

Eu Li: O Nome do Vento - Patrick Rothfuss




Título :
O Nome do Vento - A Crônica do Matador do Rei - Primeiro Dia
Autor :
Patrick Rothfuss
Editora:
Arqueiro
Onde Comprar:
Saraiva | Submarino| FNAC

Ninguém sabe ao certo quem é o herói ou o vilão desse fascinante universo criado por Patrick Rothfuss. Na realidade, essas duas figuras se concentram em Kote, um homem enigmático que se esconde sob a identidade de proprietário da hospedaria Marco do Percurso.Da infância numa trupe de artistas itinerantes, passando pelos anos vividos numa cidade hostil e pelo esforço para ingressar na escola de magia, O nome do vento acompanha a trajetória de Kote e as duas forças que movem sua vida: o desejo de aprender o mistério por trás da arte de nomear as coisas e a necessidade de reunir informações sobre o Chandriano - os lendários demônios que assassinaram sua família no passado.
Quando esses seres do mal reaparecem na cidade, um cronista suspeita de que o misterioso Kote seja o personagem principal de diversas histórias que rondam a região e decide aproximar-se dele para descobrir a verdade.
Pouco a pouco, a história de Kote vai sendo revelada, assim como sua multifacetada personalidade - notório mago, esmerado ladrão, amante viril, herói salvador, músico magistral, assassino infame.
Nesta provocante narrativa, o leitor é transportado para um mundo fantástico, repleto de mitos e seres fabulosos, heróis e vilões, ladrões e trovadores, amor e ódio, paixão e vingança.

Tenho tido muita sorte com os livros lidos nesse inicio de ano. Todos foram leituras ótimas, e O  Nome do Vento não foi diferente. Eu já disse na resenha de As Crônicas da Terra do Lago, que leituras desse tipo, em um mundo totalmente diferente do que conhecemos e com um caráter épico me atraiam, mas que constantemente essas estórias eram excessivamente descritivas. Pois bem, meu maior medo ao solicitar o livro para resenha foi que ele fosse ser assim, apesar de todos os elogios que ele recebeu. Veja bem, a maioria dos elogios vieram de pessoas que leram O Senhor dos Anéis e gostaram, sendo que eu nem consegui passar da página 100. Sente o drama!

Mas foi perfeito, sem descrições excessivas sobre o mundo em que a trama se passa, na verdade sem quase nenhuma descrição. O autor deixou muitas coisas para que o leitor descobrisse, intuísse. Ele estimulou nossa imaginação. E é um livro muito fácil de ler e entender, apesar da falta de detalhes. É uma narrativa muito diferente do que eu imaginava, e eu amei!

Kote é um homem enigmático, dono de uma hospedaria chamada Marco do Percurso, situada em uma cidadezinha calma que parece se situar no meio do nada. Ele tem a companhia de Bast, um rapaz que trabalha com ele na hospedaria e é seu aprendiz. Certo dia um morador da cidade é atacado por uma estranha criatura similar a um aranha, mas grande como uma roda de carroça e com patas afiadas como laminas, capazes de cortes bem profundos. Kote sabe o nome da criatura, Scrael, mas disfarça dizendo que ouviu o nome em uma história...

Quando um Cronista chega a cidade o passado de Kote é contado para nós através de suas próprias palavras, para que o Cronista escreva um livro contando a verdadeira história: Kote na verdade é Kvothe, um personagem lendário das histórias de seu mundo, chamado de "O Sem Sangue", " O Matador do Rei", "O Arcano"....Jovem, não alcança ainda os trinta anos, mas cheio de história pra contar e rugas de preocupação no rosto...

Noite outra vez. A Pousada Marco do Percurso estava em silêncio, e era um silêncio em três partes. (...) O homem tinha cabelos ruivos de verdade, vermelhos como a chama. Seus olhos eram escuros e distantes, e ele se movia com a segurança sutil de quem conhece muitas coisas.
Dele era a Pousada Marco do Percurso, como dele era também o terceiro silêncio. Era apropriado que assim fosse, pois esse era o maior silêncio dos três, englobando os outros dentro de si. Era profundo e amplo como o fim do outono. Pesado como um  pedregulho alisado pelo rio. Era o som paciente -  som de flor colhida - do homem que espera a morte.

Kote começa a contar sua história do momento em que, aos 11 anos e viajando com a trupe de artistas Edena Ruh, da qual ele e sua família fazem parte, se encontra com um velho idoso chamado Abenthy. Abenthy, ao discutir com alguns homens, acaba provocando uma rajada de vento furiosa. Curioso, Kvothe se aproxima e Abenthy questiona se a trupe não está precisando de um ajudante. Kvothe diz que sim e assim se inciam os anos de aprendizagem nas mais diversas ciências que Kvothe terá com Ben.  E através de Ben ele conhecerá os artifícios da mente e aprenderá um tipo diferente de magia, a magia feita com a mente. É que Abenthy é um arcanista, um homem conhecedor pleno dos artifícios da mente. Ele estudou no Arcanum, na Universidade, o que se torna o sonho de Kvothe.A partir de então muitas coisas acontecem, muitas coisas mesmo. E Kvothe se vê diante de um grupo de assassinos que habita as canções folclóricas e lendas de muita gente: o Chandriano. 

É realmente um livro épico! Um história totalmente nova, em um ambiente totalmente novo e com um aspecto novo: a simpatia. Simpatia é um tipo de magia, mas que é criada pela mente, a partir do exercício mental e da associação de objetos com outros parecidos com ele. É meio dificil de explicar, só lendo pra entender. E leia! Vale muito à pena! Você não para de querer saber mais sobre como Kvothe se tornou Kote, como sua lenda se formou, as pessoas que passaram por sua vida, e claro, seu encontro com o Chandriano.

Não me considerem maluca, mas eu adorei a simpatia. Até tentei fazer os exercícios mentais de Abenthy! É que, ao contrário de Harry Potter (que eu amo) onde a magia nasce com os bruxos, essa outra magia pode ser aprendida a partir desses exercícios mentais. É mais..próximo da realidade talvez? Enfim, adorei esse aspecto! 

Nunca vou conseguir dizer o quanto gostei em uma resenha. Quero logo por minhas mãos em O Temor do Sábio, que é um bíblia de tão grande, mas que deve conter aventuras e tanto e ser mais perfeito que esse. Se você gosta de épicos, não perca tempo.



terça-feira, janeiro 24, 2012

Na Tela #2 - Diários do Vampiro - The CW

            


Essa seção mostra filmes, séries e minisséries de TV que foram adaptadas dos livros para as telas


The Vampire Diaries - Diários do Vampiro - The CW (2009 - atualmente)


A série segue os eventos na cidade de Mystic Falls, Virginia. Uma pequena cidade fictícia assombrado por seres sobrenaturais. O foco principal da série é o triângulo amoroso entre a protagonista, Elena Gilbert (Nina Dobrev) e os irmãos, Stefan (Paul Wesley) e Damon Salvatore (Ian Somerhalder). Os dois tem um passado sombrio. Mais tarde, a luz é lançada sobre o misterioso passado da cidade, envolvendo a maléovola ancestral de Elena, Katherine, que busca vingança contra a cidade, os irmãos e sua decendente, Elena.Elena sempre foi uma ótima estudante, linda, popular e envolvida com a escola e seus amigos. Quando o semestre começa Elena fica fascinada com o novo garoto da escola Stefan Salvatore, e ela não sabe que ele é um vampiro de séculos. Enquanto Stefan luta para viver em paz com os humanos, seu irmão Damon é a personificação da violência e brutalidade.                                                                           FONTE                                    


 1ª Temporada  - Resumo (pode conter spoilers)

A série segue a vida de Elena Gilbert (Nina Dobrev) uma garota de 17 anos de idade, que se apaixona por um vampiro de 162 anos chamado Stefan Salvatore (Paul Wesley). Sua relação se torna cada vez mais complicada com a chegada do cruel e malvado irmão mais velho de Stefan, Damon (Ian Somerhalder), que também é um vampiro. Ele retorna com um plano para causar estragos na cidade e também para planejar uma vingança contra seu irmão mais novo. Ambos os irmãos começam a mostrar afeição pela Elena, principalmente por causa de sua semelhança com o antigo amor dos irmãos, Katherine. Ao passar dos episódios, é revelado que Elena, é decendente de Katherine, que eventualmente retorna com planos contra o trio.
A série é situada na cidade fictícia de Mystic Falls, Virginia, uma cidade carregada de história sobrenatural desde o assentamento de migrantes provenientes da Nova Inglaterra no final do século 17. Outras histórias giram em torno dos outros habitantes da cidade, mais notavelmente o irmão mais jovem de Elena, Jeremy Gilbert (Steven R. McQueen), a melhor amiga de Elena, Bonnie Bennett (Katerina Graham), a amiga próxima de Elena, Caroline Forbes (Candice Accola), o amigo de infância de Elena, Tyler Lockwood (Michael Trevino) e o ex-namorado, Matt Donovan (Zach Roerig). A política da cidade é coordenada pelos descendentes das famílias fundadoras, todos incluem o "Conselho das Famílias Fundadoras". Algumas das famílias fundadoras de Mystic Falls incluem os Salvatores, os Gilberts, os Fells, os Forbes e os Lockwoods. Eles guardam a cidade principalmente de vampiros, embora eles parecem ser esquecidos em outras ameaças sobrenaturais.

 2ª Temporada  - Resumo (Contém spoilers da 1ª e da 2ª Temporadas)

Os irmãos Stefan e Damon Salvatore lutaram pelo amor de Elena, mas as coisas ficaram ainda mais complicadas. No final da primeira temporada vivenciamos ao lado deles uma das piores noites de Mystic Falls com a volta da vingativa Katherine, a overdose de Jeremy e o acidente de Tyler, Matt e Caroline. Agora, a presença de Katherine complicará ainda mais o triângulo amoroso, e os moradores de Mystic Falls terão que encarar um perigo novo e ameçador. Novas amizades e alianças se concretizarão, antigos aliados se tornarão inimigos e vários corações ficarão despedaçados. Stefan e Damon ainda terão que enfrentrar um inimigo muito mais forte do que jamais poderiam imaginar. Também o aparecimento do vampiro Original,Klaus,que quer de qualquer jeito a morte de Elena,o sacrifício final que Stefan tem que enfrentar e finalmente o beijo (verdadeiro) e o possível novo romance entre Elena e Damon.
3ª Temporada - Resumo ( Contém spoilers da 1ª, 2ª e 3ª Temporadas)
Logo na terceira temporada, os Salvatore já não são atingidos fisicamente e emocionalmente por Katherine Petrova, embora Stefan esteja sendo manipulado por Klaus seu amor luta mais forte por Elena. No episódio 5, Klaus junto com sua irmã Rebecca, descobrem que para criar os híbridos não é preciso matar Elena, mas sim após a transformação, beber o sangue de Elena. E Matt, acaba se conformando que sua namorada Caroline Forbes é uma vampira, sua ex-namorada (Elena Gilbert), estava envolvida com Stefan Salvatore (Vampiro), sua irmã (Vick Donovan) morreu vampira, sua amiga Bonnie é uma Bruxa e seu amigo Tyler é um Lobisomem. Quando Rebecca, conta a Klaus que Stefan estava protegendo Elena, acaba jogando-lhe uma hipnose tão forte, que é capaz de não sentir nada por seu verdadeiro amor, mas isso não impede que faça as coisas protegendo Damon, seu irmão. Alguns episódios antes da noite do Baile, Katherine, Jeremy, Damon e Bonnie descobrem uma tumba onde está preso um poderoso "Vampiro Original" chamado Mikael que é pai de Klaus, Rebecca e Elijah, que se alimenta de sangue de vampiros, que depois o libertam e pedem a sua ajuda para deter Klaus e ele diz que quer matá-lo por destruir sua esposa. Quando chega na noite do Baile, Elena tranca Rebecca em uma tumba para não impedir seu plano de matar Klaus. Mas na hora em que Damon iria o matar devido a Mikael ter sido morto por Klaus, Stefan o impede e em troca Klaus dá a Stefan a liberdade. Mais tarde Stefan vinga-se de Klaus, pegando todas as suas lembranças de seus parentes.               


Livro versus Série de TV


(Esta é a comparação baseada em mim, fã, então não esperem algo digno de um crítico famoso okay? rsrsrsr)
Eu sempre procuro ler os livros antes de ver suas adaptações. Não é regra, mas quase sempre os livros são bem superiores às séries ou filmes que são feitos a partir deles. Há muitos exemplos disso em relação às telonas: Percy Jackson e o Ladrão de Raios (uma bosta), As Cronicas de Nárnia (os três filmes são chatinhos...mas a esperança é a ultima que morre) , entre outros..... Nas séries de Tv isso é mais difícil de acontecer, principalmente em séries com poucos episódios, como as minisséries produzidas pela BBC e adaptadas de clássicos da literatura. 
Diários do Vampiro começou relativamente fiel ao livro. A Elena do livro é loira e delicada, e possui uma irmãzinha caçula. Já a Elena da série é morena, e possui um irmão mais novo, já adolescente, que possui um papel relativamente importante na série. A Elena do livro tem amigas diferentes da Elena da série, mas nada de muito grave. O modo como o inicio da série e o inicio do livro se desenvolvem é bem parecido, mas para por aí. Na verdade, o produtor da série quis enfeitar a trama criada pela J.L. Smith. Acrescentou novos problemas, novos personagens, novos perigos, mas a essência do livro continua a mesma. Nessa terceira temporada fica bem claro que ele não deixou os livros de lado, pois o enredo da temporada atual é muitíssimo bem adaptado dos quinto e sexto livros da série, respectivamente, Anoitecer e Almas Sombrias, e não fica deslocado em relação às temporadas anteriores. Dá a impressão de que foi tudo muito bem planejado. 
Já em relação aos personagens há algumas diferenças mais marcantes. A Elena do livro é enjoada que só ela. De vez em quando ela faz coisas que dá vontade de matá-la, mas a Elena da série é mais sensata, mais madura em relação aos seus problemas e ao seu amor vampiro. A Elena do livro é infantil. O Stefan do livro é bem melhor do que o Stefan da série, pois ele é menos meloso em relação à Elena, menos 'cheio de dedos'. Já em relação ao Damon é mais difícil de dizer. Eu sou apaixonada pelo Damon da série, pois sempre achei o Damon do livro malvado demais, e sem o sarcasmo presente na série. Mas nesses últimos livros eu conheci um aspecto do Damon que não tinha sido muito explorado até então, que é a bondade e o amor que ele esconde bem fundo pra ninguém ver. Na série esse aspecto é explorado desde a primeira temporada, mas nos livros isso só aconteceu recentemente. 
Concluindo, eu gosto tanto da série quanto dos livros e acho interessante que você que vê a série de TV também leia os livros e faça suas comparações, e vice-versa. Há aspectos que eu gosto mais em um do que em outro, por isso que é difícil escolher um só pra recomendar. Mas a série é nota 10, vale à pena conferir. Sem contar que o ator que faz o Damon compensa qualquer outro defeito, asuhauhshuahushua.

=*

sexta-feira, janeiro 20, 2012

Eu Li: Química Perfeita - Simone Elkeles




Título :
Química Perfeita
Autor :
Simone Elkeles
Editora:
Underworld
Onde Comprar:
Saraiva | Submarino| FNAC

Os garotos do instituto Fairfiel, do subúrbio de Chicago, sabem que South Side e North Side não se misturam. Assim, quando a líder de torcida Brittany Ellis e o marginal Alex Fuentes são obrigados a trabalhar juntos como parceiros de laboratório na aula de química, os resultados prometem ser explosivos. Mas nenhum deles estava pronto para a reação química mais surpreendente de todas: O amor. Poderão romper os preconceitos e estereótipos que os separam?


Fiquei super feliz quando soube que a Editora Underworld publicaria essa série da autora Simone Elkeles aqui no Brasil. É uma série muito bem falada lá fora e estava há muito tempo na minha wishlist internacional, mas eu sempre ia adiando a compra....Mas quando lançou aqui eu não adiei mais e comprei o meu exemplar. Li o livro em umas três horas e nem almocei por causa dele. 

Eu sei que muita gente que leu a sinopse logo pensou que é mais um livro clichê sobre dois jovens de classes diferentes, mas a verdade é que eu nunca vi um clichê tão bem desenvolvido e, de certa forma, até inédito. Alex e Brittany são sim de classes diferentes, mas os verdadeiros problemas não tem muito a ver com isso. Brittany é um patricinha fútil ( fui redundante?) por fora, pois é mais fácil fingir ser uma coisa que não é do que mostrar seu verdadeiro eu, mas por dentro sofre a pressão de ser perfeita, já que sua irmã mais velha, a qual ela ama mais que tudo, tem deficiência mental, e se depender da mãe da duas, será mandada para algum sanatório longe de Brittany. Assim, ela tem que cuidar para que ninguém se sinta 'incomodado' pela presença de sua irmã na casa. Já Alex, o marginal, entrou pra essa gangue por motivos que eu vou deixa-los descobrir por si mesmos.

O importante e interessante é que ao longo da história vamos descobrindo que os nossos protagonistas são muito mais do que aparentava ser na sinopse do livro. São seres humanos com problemas e dilemas que não imaginaríamos ao olhar para o sorriso de Brittany e o olhar provocante de Alex na capa do livro. É aquela velha lição de não julgar as pessoas pelas aparências, e nem os livros pelas capas. E eu não estou exagerando quando digo que esse livro é perfeito.

Eu também, apesar de querer lê-lo há tempos, não esperava que ele fosse me surpreender tanto, nem que a história fosse ser mais profunda do que uma mera história de um casal de classes diferentes, mas é, e isso que me fez gostar tanto dele. Eu ri, chorei, gritei e esbravejei com Alex em pensamentos, chutei a bunda magra da Brittany, e adoreeeei o final. Não esperava por ele, o que foi melhor ainda =)

É impossível não gostar nem um pouquinho que seja do livro. Você que não leria por causa da sinopse e/ou da capa (que eu adorei), dê um chance ao livro. Pra mim ele se tornou um daqueles livros que volta e meia você sente saudade dos personagens e vai até a estante reler um pouco da história deles. Agora mesmo, só de fazer a resenha, já deu vontade de reler algum trecho, pena que o livro está bem longe no momento =/ Espero que o segundo livro seja lançado logo ( cada livro conta a história de um irmão Fuentes, sendo que Alex é o mais velho dos três). A editora caprichou no livro e espero que a próxima capa siga o mesmo padrão que essa =D

segunda-feira, janeiro 16, 2012

Eu Li: O Trono De Fogo (As Crônicas dos Kane #2) - Rick Riordan


Título :
O Trono de Fogo - As Crônicas dos Kane
Autor :
Rick Riordan
Editora:
Intrinseca
Onde Comprar:
Saraiva | Submarino | FNAC

Os deuses do Egito Antigo foram libertados, e desde então Carter Kane e sua irmã, Sadie, vivem mergulhados em problemas. Descendentes da Casa da Vida, ordem secreta que remonta à época dos faraós dominam por completo – refugiados na Casa do Brooklin, local de aprendizado para novos magos, eles correm contra o tempo. Seu inimigo mais ameaçador Apófis, está se erguendo, e em poucos dias o mundo terá um final trágico. Para terem alguma chance de derrotar as forças do caos, precisarão da ajuda de Rá, o deus sol. Despertá-lo não será fácil: nenhum mago jamais conseguiu. Carter e Sadie terão de rodar o mundo em busca das três partes do Livro de Rá, para só então começarem a decifrar seus encantamentos. E é claro, ninguém faz ideia de onde está o deus. 


Confesso que desde que ganhei esse livro de amigo invisível no Natal eu tenho adiado a leitura. Eu li A Pirâmide Vermelha logo que lançou e eu não lembrava de alguns detalhes. É que eu não estou tão familiarizada com os deuses egípcios tanto quanto eu estou com os deuses gregos... Mas ontem finalmente li a minha resenha do primeiro livro, o que me refrescou a memória, e comecei a ler o segundo livro. Bom, não consegui parar.


Não foram necessárias nem 10 páginas para que eu estivesse totalmente envolvida na história. O Rick tem esse talento natural de escrever histórias cativantes e envolventes, e os personagens só tem evoluído desde o primeiro livro, que foi mais introdutório, nos mostrando quem os irmãos eram, suas histórias, e nos introduzindo à mitologia egípcia. Mas neste segundo livro já começamos com Carter dizendo que os Kane e seus aliados tem apenas 5 dias para despertar Rá e evitar que Apófis, o caos, seja libertado e controle o mundo. Daí em diante os irmãos precisam correr contra o tempo para encontrar e decifrar as três partes do livro de Rá, para que possam despertar o deus, depois de acha-lo (o que é mais um problema) e Rá possa defender o mundo de Apófis.


Além de já não terem tempo suficiente para todo esse problema com Rá, ainda terão que fazer escolhas difíceis em relação a esse tempo. Carter, coitado, terá que escolher entre ajudar sua irmã ou ir atrás de uma pista sobre o paradeiro de Zia, entre outras decisões complicadas....


Mas apesar das partes 'tensas' do livro, um deus que Bastet convoca para ajudar os Kane, Bes, é responsável por momentos hilários durante a história!!!! Ele é o deus anão e seu poder ofensivo é tão besta e tão engraçado que ele só pode assustar os monstros de tanto rir. Só de lembrar eu começo a rir rsrsrsrsrs


Eu adorei as aventuras de livro e seus novos personagens, tanto deuses quanto magos. Me surpreendi com as atitudes de algum deles e com o que Rick tem dado a entender a respeito do destino de alguns outros. Não sei se essa série vai terminar bem do jeito que eu considero bom pra todos eles, mas eu não vejo a hora de saber como tudo acaba.


P.S. Ah, que capa linda!! Não tem nada de muito surpreendente em relação a brilhos, alto relevos e tal, mas essas cores da capa são muito lindas! E a diagramação continua 10.



terça-feira, janeiro 10, 2012

A blogueira está de férias..e o blog, como está???

O meu maior  medo antes de entrar de férias era não conseguir manter o blog em pé. Eu ainda não tive condições de comprar um notebook, mas consegui comprar um Smartphone por um preço super camarada e estava contando totalmente com ele para poder atualizar o blog. E quem disse que eu consegui? Meu navegador se recusava a me deixar editar o campo da postagem, e depois de milhões de tentativas (quando a TIM me deixava acessar a internet) e milhões de atualizações, eu resolvi procurar um outro modo.
Minha esperança cresceu quando eu achei no Android Market um aplicativo para o blogger. Finalmente eu ia poder postar normalmente...mas cade que eu conseguia baixar e instalar o aplicativo? O download ficava reiniciando, e quando ele completava o aplicativo não conseguia ser instalado. Tentava baixar de novo e um dia,  mas precisamente quinta-feira passada, eu consegui baixar e instalar o aplicativo.
Vocês devem estar se perguntando por que eu não usei o computador de outra pessoa: bem, eu estou na casa da minha tia, e ela não tem computador. Sério, ela tem aversão a esse tipo de tecnologia. E não tem  lan house, cyber café perto da sua casa? Não sei, e meu pai jamais me deixaria explorar São Paulo sozinha. Assim, só me restava esperar o aplicativo funcionar.
Funcionou, e eu consegui fazer duas, na verdade três, com ela: 'Essa Semana #21, #22 e #23', e 'Eu Li: Marina - Carlos Ruiz Zafon', e essa agora. Vocês viram que não saíram muito boas né? Mas infelizmente terá que ser assim até eu voltar para minha terra, Belém do Pará, lá pelo dia 20 de Janeiro.
Peço mil desculpas a a vocês pela falta de atualizações, noticias, resenhas, promoções....Eu pensei nesse blog constantemente durante essa minhas férias. Vocês não tem noção de quantas noites eu passei lendo os livros para cumprir os prazos das parcerias e fazer resenhas pra vocês, e quantas vezes eu já refiz uma resenha por não estar satisfeita com ela. E eu sei que elas estão longes de serem perfeitas, mas o que importa é que eu não desisti e vou continuar tentando. Já dediquei muito tempo a esse blog, e jamais deixaria de cuidar dele por vontade própria.As condições não estão favoráveis, mas vou continuar fazendo postagens semi-configuradas pelo aplicativo do blogger.
Mil desculpas mas uma vez, e preparem-se que quado estiver em Belém e de posse do  meu pc eu tentarei compensar com promoções e também com novas colunas, e colunistas, que eu pretendo trazer para o blog.

xoxoxoxoxo

segunda-feira, janeiro 09, 2012

Eu Li: Marina - Carlos Ruiz Zafón



 
Título :
Marina
Autor :
Carlos Ruiz Zafón
Editora:
Suma
Onde Comprar:
Saraiva | Submarino | FNAC

Neste livro, Zafón constrói um suspense envolvente em que Barcelona é a cidade-personagem, por onde o estudante de internato Óscar Drai, de 15 anos, passa todo o seu tempo livre, andando pelas ruas e se encantando com a arquitetura de seus casarões. É um desses antigos casarões aparentemente abandonados que chama a atenção de Oscar, que logo se aventura a entrar na casa. Lá dentro, o jovem se encanta com o som de uma belíssima voz e por um relógio de bolso quebrado e muito antigo. Mas ele se assusta com uma inesperada presença na sala de estar e foge, assustado, levando o relógio. Dias depois, ao retornar à casa para devolver o objeto roubado, conhece Marina, a jovem de olhos cinzentos que o leva a um cemitério, onde uma mulher coberta por um manto negro visita uma sepultura sem nome, sempre à mesma data, à mesma hora. Os dois passam então a tentar desvendar o mistério que ronda a mulher do cemitério, passando por palacetes e estufas abandonadas, lutando contra manequins vivos e se defrontando com o mesmo símbolo - uma mariposa negra - diversas vezes, nas mais aventurosas situações por entre os cantos remotos de Barcelona. Tudo isso pelos olhos de Oscar, o menino solitário que se apaixona por Marina e tudo o que a envolve, passando a conviver dia e noite com a falta de eletricidade do casarão, o amigável e doente pai da garota, Germán, o gato Kafka, e a coleção de pinturas espectrais da sala de retratos.

Creio ser impossível não se deixar envolver pela escrita do Zafón. Desde o começo da leitura. A nova estória do autor me envolveu sem dó nem piedade. Foi horrível ter que interromper a leitura por causa provas da faculdade, e como eu não queria correr com a leitura, deixei o livro para ler durante as férias. Assim que eu retomei a leitura não consegui parar mais. E mais uma vez um livro de Zafón me fez chorar. A sinopse acima resume bem o livro sem contar spoilers, e se eu acrescentar informações o risco de contar alguma coisa indevida é muito grande,mas vocês podem ter certeza de que vão encontrar personagens cativantes, intrigantes, cheios de mistérios e adoráveis, que não deixam nada a desejar aos célebres personagens de A Sombra do Vento. Também é um livro que nos faz acreditar estar indo por um caminho e de repente acabamos sendo levados para outro, mas intrigante ainda. Adorei as 'reviravoltas' . Enfim, adorei o livro e recomendo fortemente.

É impossível não se deixar envolver pela história contada, mais impossível ainda é não chorar com o final. É daqueles finais típicos do autor: não completamente felizes nem completamente infelizes, que te deixam nostálgico e pensativo sobre muitas coisas...



sábado, janeiro 07, 2012

Essa Semana #21, #22 e #23

Essa Semana...Meme semanal hospedado pelo Lost in Chick Lit,  onde compartilhamos pequenas informações sobre a nossa semana  literária. Tendo como principal objetivo encorajar a interação entre os  blogs literários brasileiros, fazer amizades e conhecer um pouquinho  mais sobre outras pessoas apaixonada por literatura. Tem interesse em  participar? Saiba como aqui!


~> Leitura do momento:
  O Trono de Fogo - Rick Riordan
 
~> Li essa semana: 
   Tiger's Quest - Colleen Houck
   White Cat - Holly Black
Lola and The Boy Next Door - Stephanie Perkins    
~> Resenhei essa semana:
Nada =/ Agora que eu consegui fazer um post pelo aplicativo do blogger para o Android,este post, então isso é meio que um teste pra ver se esse post vai sair todo desconfigurado ou não. Se não sair, amanhã eu postarei a resenha de Marina, okay??
 ~> Super Posts:


~> Ultima Compra:
  Não estou podendo comprar livros, mas como estou viajando, tenho comprado alguns souvenirs, como umas do Hopi Hari e lápis da Pinacoteca, coisas assim =)
     
~> Desejo Comprar Urgentemente:
Livros, de preferência alguns da minha lista de livros em inglês.

~> Conversa imaginária com personagem fictício:
Cassel ( White Cat), seu gatoooooo!!!!!!
Cricket ( Lola and The Boy Next Door), você é um amor, seu lindo! Larga a Lola e fica comigo!!!!
Aiai,admito que eu sou uma piriguete literária!!! rsrsrsrsrsrs
~> Estado de Espírito Literário:
    Com tempo, mas sem livros pra ler, PQP.

~> I'm in mood for (gênero literário do momento): 
     Romance não sobrenatural, de preferência =D


~> Hey, Mr. Postman( última coisinha que chegou do correio)
Nada =/
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Garota Pai D'égua - Todos os direitos reservados.
Criado por: Bianne Souza.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo